TRANSGÊNICOS: A VISÃO DE ALUNOS DO ENSINO FUNDAMENTAL DE UMA ESCOLA DO MUNICÍPIO DE JACIARA-MT SOBRE OS ALIMENTOS GENETICAMENTE MODIFICADOS

Dionísio Garcia de Souza, Leonice Alves Bezerra, Jorge Luiz da Silva, Simone da Silva Santos

Resumo


Este trabalho foi realizado com o intuito de sensibilizar e informar os alunos do Ensino fundamental da Escola Estadual Santo Antônio, localizada na cidade de Jaciara-MT, sobre os organismos geneticamente modificados (OGMs) ou simplesmente, os transgênicos. Para isso, mostrou-se aos educandos a presença dos transgênicos na vida cotidiana das pessoas, principalmente na alimentação. Dentro deste contexto, explicou-se os conceitos relacionados ao assunto, tais como o entendimento sobre a estrutura do DNA (ácido desoxirribonucleico) e transgenia. Buscou-se o entendimento do assunto por meio de aulas expositivas e dialogadas, onde foram aplicados questionários, com o objetivo de avaliar o conhecimento prévio dos alunos. Também foram realizadas atividades lúdicas (como jogos de quebra-cabeça, cartas e montagens) e práticas (extração do DNA da cebola). Vale ressaltar que em cada atividade, eram abertos os debates, verificando a sensação e reação dos discentes, analisando o nível de aprendizagem. Como resultado, percebeu-se que a inserção a atividades práticas, lúdicas e dinâmicas, torna o aprendizado mais eficiente e prazeroso, fazendo com que o momento da aula seja melhor aproveitado, evidenciando a obtenção de resultados satisfatórios dentro do ensino de Ciências, e quais as vantagens de trabalhá-las na Educação Básica.

Palavras-chave


Transgênicos. DNA. Alunos. Ensino

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, Gustavo Calixto Scoralick de e LAMOUNIER, Wagner Moura. Os alimentos transgênicos na agricultura brasileira: evolução e perspectivas. Organizações Rurais & Agroindustriais. Lavras, v. 7, n. 3. P. 345-355, 2005.

AZEREDO, R. M. A. Biotecnologia e segurança alimentar - Saiba como o DNA pode enriquecer os alimentos. São Paulo: Nobel, 2003. Cap. 1.pag. 13-31.

BRASIL. Decreto n.º 4.680, de 24 de abril de 2003. Regulamenta o direito à informação assegurada pela Lei n.º 8.078, de 11 de setembro de 1990, quanto aos alimentos e ingredientes alimentares destinados ao consumo humano ou animal que contenham ou sejam produzidos a partir de organismos geneticamente modificados, sem prejuízo do comprimento das demais normas aplicáveis. Diário Oficial, Brasília, DF, 24 de abril de 2003.

DELIZOICOV, Demetrio. Ensino de ciências: fundamentos e métodos. 3ª edição. São Paulo: Cortez 2009.

DRIVER, R., SQUIRES, A., RUSHWORT, P. e WOOD-ROBINSON, V. Making Sense off Secondary Science: Research into Children’s ideas. London: Routledge, 1994.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do Oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2005.

LAURENCE, J. Biologia: Ensino Médio. Volume único. 1.ª edição. São Paulo: Nova Geração, 2005.

MACEDO, L., PETTY, A. L. S. e PASSOS, N. C. Aprender com jogos e situações-problemas. Porto Alegre: Artmed, 2000.

MARTINS, M.A.G. Ciência, tecnologia e sociedade: o desafio da interação. Resenha Cadernos de Ciência & Tecnologia, Brasília, v. 20, n. 1, p. 183-190, 2003.

MASCARENHAS, Camila Freres Dorotheu; STIPP, Nilza Aparecida Freres; CAMPOS, Ricardo Aparecido; STIPP, Marcelo Eduardo Freres. Organismos geneticamente modificados: uma abordagem sob a ótica do Direito Ambiental. Geografia (Londrina), v. 21, n. 3.p. 23-39, set/dez. 2012.

MENDONÇA, Ana Cláudia Cayres de. Transgênicos: opinião de professores e alunos de nível médio da área. Dissertação (Mestrado) – Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz. Piracicaba, 2005. p. 80.

MONQUERO, Patrícia Andréa. Plantas transgênicas resistentes aos herbicidas: situação e perspectivas. Bragantia, Campinas, v.64, n.4, p.517-531, 2005.

Organização das Nações Unidas (ONU). Relatório: “Perspectivas da População Mundial: Revisão de 2012. Disponível em: . Acesso em setembro, 2013.

PARÂMETROS CURRICULARES NACIONAIS (PCN): Ciências naturais (1.ª a 4.ª série). Brasília: MEC: SEF, 1997. V. 4.

PINHEIRO, N. A. M.; MATOS, E. A. S. A. e BAZZO, W. A. Refletindo acerca da ciência, tecnologia e sociedade: enfocando o ensino médio. Revista Iberoamericana de Educación, Madrid, n. 44, 2007. Disponível em: . Acesso em: 20 setembro. 2013.

RIDLEY, Mark. Evolução. 3.ª edição. Porto Alegre: Artmed, 2006.

ROSA, Carlos Augusto de Proença. História da ciência: a ciência e o triunfo do pensamento científico no mundo contemporâneo. Carlos Augusto de Proença. 2. ed. Brasília: FUNAG, 2012.

VALOIS, R. F., ZUELIG, K. J., HEUBER, E. S. e DRANE, J. W. Relationship between perceived life satisfaction and dieting behavior among public high school adolescentes. Eating disorders: The jornal of treatment and prevention, 11, 271-288, 2003.

VYGOTSKY, Lev Semenovich. A formação Social da Mente. Martins Fontes. 7ª edição. São Paulo 2007.




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/2236130820449

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.