ESTUDO E IMPLANTAÇÃO DE PROJETO DE MONITORAMENTO DE VAZÃO DAS PRINCIPAIS NASCENTES DO LAJEADO ERVAL NOVO

Robson Evaldo Gehlen Bohrer, Marlon de Castro Vasconcelos, Luciane Sippert, Ramiro Bisognin, Eduardo Lorensi de Souza

Resumo


A captação de água perfaz o conhecimento das vazões mínimas de dado corpo hídrico, a demanda de uso, bem como de sua qualidade. Num primeiro momento, este trabalho teve por finalidade monitorar as vazões de sete nascentes no município de Três Passos - Rio Grande do Sul. As nascentes se encontram cercadas por áreas de lavoura e próximas ao antigo campo de pouso do município. As vazões foram medidas com um cano de PVC de 15 cm de diâmetro e um balde, e a vazão foi dada pelo volume acumulado no balde no período de um minuto. As nascentes foram monitoradas de setembro a novembro de 2013. A vazão variou tanto espacialmente quanto localmente. A maior vazão foi de 3,07 l/s na nascente 2 no mês de novembro, e menor 0,37 l/s na nascente 1 no mês de outubro. Com exceção da nascente 2, as outras possuem alguma forma de barramento sendo utilizada para irrigação e dessendentação. O volume de água nas nascentes resulta de seu uso direto e do uso do solo no entorno, o que favorece a diminuição da vazão e reforça a necessidade de proteção dessas áreas, principalmente com a recomposição da vegetação ciliar próxima a elas.


Palavras-chave


Monitoramento ambiental, qualidade de água, uso do solo

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5902/2236130818748

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.