GESTÃO E CONTROLE DE QUALIDADE DA PRODUÇÃO DE BIOETANOL

Michael Feroldi, Mateus Barbian Urio, Paulo André Cremonez, Amanda Viana de Araújo, Joel Gustavo Teleken

Resumo


Por ser um grande produtor de cana-de-açúcar destinada a produção de etanol, o Brasil se insere no mercado internacional na qualidade de exportações do produto. Para isso, o governo vem incentivando o setor de produção para que busquem a certificação de qualidade. O presente trabalho teve por objetivo explorar de maneira prática e objetiva uma abordagem sobre os sistemas de gestão de qualidade, as regulamentações que regem as especificações e os métodos analíticos utilizados para garantir a qualidade do produto da indústria alcooleira. Pela produção de Bioetanol ser inerente a diversas variáveis que interferem em sua qualidade, avalia-se indispensável um controle rigoroso da sua produção e comercialização, para garantir maior confiabilidade ao mercado consumidor seja ele nacional ou internacional. A não conformidade com as exigências previstas por legislação pode gerar problemas de combustão, como a geração de borras, corrosão, redução de eficiência e vida útil do motor.

Palavras-chave


culturas energéticas, biocombustíveis, energias renováveis

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5902/2236130813419

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.