Participação da cooperativa de trabalho de materiais recicláveis como modalidade da economia solidária na gestão ambiental de resíduos sólidos domiciliares: A experiência de Serra Azul (SP), brasil

Elias Antônio Vieira

Abstract


The concept of Solidarity Economy - ES used in this study refers to an area of economicexperiences, rural or urban, nonprofit, to generate employment and income with the potential toorganize and consolidate a model of production and consumption based on self-managementconference aimed at social inclusion. The aim of this paper is to describe data from theoretical andpractical reality of ES, and the application of its principles in setting up ventures for employmentgeneration and income, active environmental management of solid household waste and tailingshighlighting the experience of Serra Azul (SP), Brazil.


Keywords


Solidarity economy; Cooperative of collectors recyclable materials; Environmental management

References


ABNT - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. Referência bibliográfica. NBR. 10.004. Rio de Janeiro, 1987.

ABNT - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 6023 informação e documentação: referências - elaboração. Rio de Janeiro, 2002.

ACSELRAD, H. Sentidos da sustentabilidade urbana. In: ACSELRAD, H, A duração das cidades. Rio de Janeiro: DP&A, 2001. p. 28-55.

ALGOSOBRE vestibular. Economia de transição. Disponível em . Acesso em: 19 jan. 2006.

ALMEIDA, F. O bom negócio da sustentabilidade. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2002.

ANDRADE, M. M. Introdução à metodologia do trabalho científico. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2001.

ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE SÃO PAULO. Constituição da República Federativa do Brasil, Constituição

do Estado de São Paulo, Declaração Universal dos Direitos Humanos. São Paulo, Imprensa Oficial, 2001.

ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE SÃO PAULO. O estado dos municípios 1997 - 2000: índice paulista de responsabilidade social. São Paulo: Imprensa Oficial, 2003.

ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE SÃO PAULO. Fórum legislativo de desenvolvimento econômico sustentado: reflexões e perspectivas para o desenvolvimento paulista. São Paulo: Imprensa Oficial, 2004.

BARROS, A. J. P.; LEHFELD, N. A. S. Projeto de pesquisa: propostas metodológicas. Petrópolis, Rio de Janeiro: Vozes, 1990.

BARROS, C. M. Novos marcos jurídicos para as relações trabalhistas. O Novo Paradigma do Emprego e o Futuro das

Relações Trabalhistas. São Paulo: Adenauer, 1998. p. 27-42.

CEMPRE - COMPROMISSO EMPRESARIAL PARA A RECICLAGEM. Pesquisa Ciclosoft. Disponível em: . Acesso em 28 de maio de 2005.

CEMPRE - COMPROMISSO EMPRESARIAL PARA A RECICLAGEM.Destino dos resíduos sólidos urbanos. Disponível em: . Acesso em: 22 mar.2006.

CEMPRE - COMPROMISSO EMPRESARIAL PARA A RECICLAGEM. O que é lixo classe 1? Disponível em: . Acesso em: 22 mar. 2006a.

CEMPRE - COMPROMISSO EMPRESARIAL PARA A RECICLAGEM. Preço do material reciclável. Disponível em . Acesso em: 22 mar. 2006b.

CIDADANIA na Internet. Projeto de Lei regulamenta a profissão de catador de lixo. Disponível em:

. Acesso em: 14 set. 2005.

CORTEZ, A. T. C. A gestão de resíduos sólidos domiciliares: coleta seletiva e reciclagem – a experiência em Rio Claro / SP. 2002. 151 f. Tese (Livre docência em Recursos Naturais). Universidade Estadual Paulista, Rio Claro, 2002.

CORTEZ, A. T. C. Coleta seletiva e reciclagem de resíduos urbanos. In: CAMPOS, J. O.; BRAGA, R.; CARVALHO, P. F. (Org.). Manejo de resíduos: pressuposto para a gestão ambiental. Rio Claro: LPM / DEPLAN / IGCE / UNESP, 2002a.

ECOLOGISTAS en accion: basuras domésticas: reducir, reutilizar y reciclar. Las basuras domésticas: um gran problema com fáciles soluciones: reducir, reutilizar, reciclar, recuperar. Disponível em: . Acesso em: 29 abr. 2005.

FIRTH, R. Organização social e estrutura social. In: CARDOSO, F. H. (Org.). Homem e sociedade. São Paulo: Nacional, 1972.

GRIMBERG, E.; TUSZEL, L.; GOLDFARB, Y. Estudo sobre as cooperativas das centrais de triagem do programa coleta seletiva solidária (São Paulo). In: SEMINÁRIO NACIONAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS: PROJETOS SÓCIO-ECONÔMICOS. 7. 2004. São Paulo, SP. Resumos. São Paulo: Abes, 2004. 1 CD-ROM.

HARVEY, D. A produção capitalista do espaço. Coordenação: Antonio Robert de Moraes. Tradução de Carlos Szalak. São Paulo: Anablume, 2005.

LEFÉBVRE, H. O direito à cidade. Tradução: Rubens Eduardo Frias. São Paulo: Centauro, 2001.

LEITE, T. M. C.; CORTEZ, A. T. C. Análise do mercado brasileiro de reciclagem de resíduos sólidos urbanos e experiências de coleta seletiva em alguns municípios paulistas. In: GERARDI, L. H. O.; MENDES, I. A. (Org.) Do natural, do social e de suas interações: visões geográficas. Rio Claro: UNESP / AGETEO, 2002. p. 189-198.

MAGERA, M. Os empresários do lixo: um paradoxo da modernidade. Campinas: Átomo, 2003.

MARX, K. O pensamento vivo de Marx. Coordenação de M. Claret. Pesquisa de texto e tradução de J. G. Simões Jr. Rio de Janeiro: Tecnoprint, 1985.

MARX, K. O Capital: crítica da economia política. v. 1-3. 2.ed. Coordenação e revisão de P. Singer. Tradução R. Barbosa e

F. R. Kothe. São Paulo: Nova Cultural, 1985. 301 p. Tradução de Das Kapital – Kritik der politischen Öekonomie.

PORTUGAL, G. Catador de lixo no Brasil: o catador em São Paulo. Disponível em: . Acesso em 14 set. 2005.

ROBAZZI, M. L. Lixo: trabalhadores que lhe mantém contato ocupacional e relacionamentos entre ambos, com ênfase na cidade de Ribeirão Preto, estado de São Paulo. 1997. 203 p. Tese (Livre docência em Enfermagem). EERP / USP - Departamento de Enfermagem Geral e Especializada.

SÃO PAULO (Estado). Ministério Público do Estado de São Paulo. Inquérito Civil nº 17. Educação ambiental e gestão de resíduos sólidos domiciliares mediante coleta seletiva - programa ECOLIXO. Cravinhos: MPE, 2004.

SÃO PAULO (Estado). Ministério Público do Estado de São Paulo.Termo de Aditamento de Compromisso de Ajustamento.

Cravinhos: MPE, 2005.

SERRA AZUL (Município). Prefeitura. Departamento de Planejamento. Lei nº 958, de 05 de agosto de 2005. Dispõe

sobre autorização para o poder executivo municipal implantar o programa de renda mínima, para a implementação do programa ECOLIXO, nos termos do compromisso de ajustamento proposto pelo Ministério Público do Estado de São Paulo. Serra Azul, 2005a.

SERRA AZUL (Município). Decreto n° 015, de 13 de setembro de 2005. Dispõe sobre a regulamentação da Lei nº 958, de 5 de agosto de 2005, que autoriza o poder executivo municipal a implantar o programa de renda mínima, para implantação do

programa ECOLIXO, nos termos do compromisso de ajustamento proposto pelo Ministério Público do Estado de São Paulo. Serra Azul, 2005b.

SINGER, P. Trabalho informal: origens e evolução. Mapa do trabalho informal. In: JAKOBSEN, K.; MARTINS, R.; DOMBROWSKI, O. (Org.). São Paulo: Abramo, 2000. p.11-13.

SUGIMOTO, D. Economia solidária: uma outra economia é possível e acontece. In: SEMINÁRIO NACIONAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS: PROJETOS SÓCIO-ECONÔMICOS. 7.2004, São Paulo, SP. Resumos. São Paulo: Abes, 2004. 1 CDROM.

TESCH, W. O espaço das cooperativas de trabalho no futuro do mercado laboral. O Novo Paradigma do Emprego e o Futuro das Relações de Trabalho: série Pesquisas. nº 10. São Paulo. p. 75-86. 1998.

URENHA, I. M. Estudo socioeconômico de catadores de lixo de Serra Azul, SP. Serra Azul, 2005.

VIEIRA, E. A. A questão ambiental do resíduo / lixo em Ribeirão Preto, SP. 2002. 153 f. Dissertação (Mestrado em Geografia). Universidade Estadual Paulista. Rio Claro, SP.

VIEIRA, E. A. Lixo – problemática socioespacial e gerenciamento integrado: o exemplo de Serra Azul/SP. 2006. 199 f. Tese

(Doutorado). Universidade Estadual Paulista. Rio Claro, SP.




DOI: https://doi.org/10.5902/223611702413



DEAR AUTHORS,

PLEASE, CHECK CAREFULLY BEFORE YOUR SUBMISSION:

- IF ALL AUTHORS "METADATA" (ORCID, LINK TO LATTES, SHORT BIOGRAPHY, AFFILIATION) WERE ADDED,

- THE CORRECT IDIOM YOUR SECTION,

- IF THE HIGHLIGHTS WERE ADDED,

- IF THE GRAPHIC ABSTRACTS WAS ADDED,

- IF THE REVIEWERS INDICATION WAS DONE,

- IF THE REFERENCES FORMAT ARE CORRECT(ABNT)

- IF THE RESOLUTION YOUR FIGURES (600 DPI) ARE SUITABLE

*******************************

PREZADOS AUTORES,

POR FAVOR, VERIFIQUE ATENTAMENTE ANTES DA SUBMISSÃO: 
- SE OS METADADOS (ORCID, LINK PRO LATTES, CURTA BIOGRAFIA E AFILIAÇÃO) DE "TODOS" OS AUTORES FORAM ADICIONADOS, 
- IDIOMA, 
- SE OS HIGHLIHTS FORAM ADICIONADOS, 
- SE O GRAPHICAL ABSTRACT FOI ADICIONADO, 
- SE A INDICAÇÃO DOS REVISORES FOI FEITA, 
- SE O FORMATO DAS REFERÊNCIAS ESTÁ ADEQUADO (ABNT) 
- SE A RESOLUÇÃO SUAS FIGURAS (600 DPI) ESTÁ ADEQUADA.

 

This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.

 

**************************************************

WE ARE ON FACEBOOK! (You are our guest!)

 

Digital Object Identifier (DOI): 10.5902/22361170

Contact: reget.ufsm@gmail.com

...................................................................................


Accesses since 19/06/2012

...................................................................................

Sponsors: