GESTÃO DE RESÍDUOS PÓS CONSUMO: UMA PROPOSIÇÃO DE LOGÍSTICA REVERSA PARA O ESMALTE DE UNHAS

Sergio Thode Filho, Marcelo Fonseca Monteiro de Sena, Isadora Bastos Talhas, Julieta Laudelina Paiva, Mônica Regina da Costa Marques

Abstract


No Brasil, perde-se cerda de 8 bilhões de reais por ano em matérias-primas que possuem potencial para recuperação/reciclagem, no entanto resíduos como vidro, plástico, alumínio, papel, papelão, são pouco utilizados. Diferentemente de outros países, no Brasil ainda não há legislação que estabeleça uma coleta seletiva para resíduos como o do esmalte de unhas. Poucas são as iniciativas privadas e não há contrapartida por parte do governo. Países como França, EUA, Inglaterra, integram o esmalte de unha à categoria de resíduos domésticos perigosos, e há coletas específicas para tais resíduos. Devido a escassez de trabalhos científicos, principalmente nacionais, sobre os impactos associados ao descarte inadequado do esmalte de unhas, os dados utilizados para elaboração das bases conceituais para o modelo de logística reversa foram principalmente oriundos dos levantamentos realizados por Thode-Filho et al. (2014). Portanto, a proposição do modelo de logística reversa objetivado neste trabalho corrente representa os dados qualitativos e quantitativos do município de Duque de Caxias, no entanto podem ser entendidos e aplicados de forma comparativa em qualquer município do Brasil. Este trabalho demonstrou, ainda que preliminarmente, a existência de metodologias e mecanismos para a mitigação dos impactos ambientais gerados pelos resíduos do esmalte de unhas. No entanto, são necessários estímulos, conscientização da população e o desenvolvimento de políticas públicas para que se torne efetivo o que é apresentado e demonstrado teoricamente.

Keywords


Logística Reversa; Esmalte de unha, Impacto Ambiental.

References


ABRE. (2013). Associação Brasileira de Embalagem. Online News. Disponível em: . Acesso em 10 out. 2013.

ABRELPE (2013). Panorama dos Resíduos Sólidos do Brasil. São Paulo: ABRELPE.

BARBIERI, J. C. (2007).Gestão Ambiental empresarial: conceitos, modelos e instrumentos. 2a ed. São Paulo: Saraiva.

BERTAGLIA, P. R. (2003). Logistica e gerenciamento da cadeia de abastecimento. São Paulo: Saraiva.

BRASIL. Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio. (2000). Metodologia de gestão para adensamento de cadeias produtivas. Brasília: MDIC: SEBRAE.

BRASIL. Presidência da República. Lei nº 12.305, de 2 de agosto de 2010. Institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos; altera a Lei no 9.605, de 12 de fevereiro de 1998; e dá outras providências. Diário Oficial da [União]. Brasília, DF, 3 agosto 2010a.

BRASIL. Presidência da República. Regulamenta a Lei no 12.305, de 2 de agosto de 2010, que institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos, cria o Comitê Interministerial da Política Nacional de Resíduos Sólidos e o Comitê Orientador para a Implantação dos Sistemas de Logística Reversa, e dá outras providências. Diário Oficial da [União]. Brasília, DF, 23 dez. 2010b.

BRASIL. Ministério do Meio Ambiente. Logística Reversa. Disponível em: . Acesso em: 30 jan. 2014.

CAMPOS, H. K. T. (2012) Renda e evolução da geração per capita de resíduos sólidos no Brasil. Revista Eng. Sanit. Ambient., Rio de Janeiro, v. 17, n. 2, p. 171-180.

CHAVES, G. L. D.; BATALHA, M. O. (2006). Os Consumidores Valorizam a Coleta de Embalagens Recicláveis? Um Estudo de caso da Logística Reversa em uma Rede de Hipermercados. Revista Gestão & Produção, São Paulo, V.13, n3, p.423, set-dez.

FEIFEI, S. (2013). Nail Polish Sales Hit Record $768 Million in U.S. Time Style. Disponível em: Acesso em: 15 jan. 2014.

GONÇALVES, P. (2006). Gestão de Resíduos Sólidos: Conceitos, Experiências e Alternativas. In: SEMINÁRIO CADEIA PRODUTIVA DA

RECICLAGEM E LEGISLAÇÃO COOPERATIVISTA, 2006, Juiz de Fora. Anais... MG: Juiz de Fora.

INSTITUTO BRASILEIRO DA QUALIDADE E PRODUTIVIDADE. (1999) Manual de metodologia de gestão para adensamento de cadeias produtivas. Curitiba.

IPEA. (2012). Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada. Diagnóstico dos Resíduos Sólidos Industriais. Brasília. Disponível em: . Acesso em 1 Jun. 2014.

LEITE, P. R. (2011). Conselho de Logística Reversa do Brasil. Disponível em: Acesso em: 05 maio. 2013.

MACHADO, A. M., & LONGO, E. (2012). Descarte de esmalte na natureza pode poluir meio ambiente. Disponível em: . Acesso em 09 de fev. 2014.

MEIRELES, M. E. F.; ALVES, J. C. M. (2013).Gestão de resíduos: As possibilidades de construção de uma rede solidária entre associações de catadores de materiais recicláveis. Revista Eletrônica Sistemas & Gestão, Niterói, v. 8, n. 2, p. 160-170.

MONTEIRO, J. H. P.; ZVEIBIL, V. Z. (2001).Manual de gerenciamento integrado de resíduos sólidos. Rio de Janeiro: IBAM.

MUCELIN, C.A. & BELLINI, M. (2008). Lixo e Impactos Ambientais no Ecossistema Urbano. Sociedade & Natureza, Uberlândia.

PINHO, A. F.; LEAL, F.; ALMEIDA, D. A. (2007).Combinação entre as técnicas de fluxograma e mapa de processo no mapeamento de um processo produtivo. XXVII Encontro Nacional de Engenharia de Produção, Foz do Iguaçu. Anais do XXVII Enegep.

SILVA, E. R.; CARMO, E. C. L.; GONÇALVES, P.; BENTO, R. F. P.; MATTOS, U. A. O. (2010). Planejamento participativo para a implantação da coleta seletiva solidária no estado do Rio de Janeiro, RJ: Ações e resultados. In: VI Congresso nacional de excelência em gestão, 2010, Rio de Janeiro. Anais... Niterói: UFF.

SOUZA, A. G.; LOPES, A. C. V. (2008).Contribuição da Logística Reversa de Embalagens Agrotóxicas para a Preservação do Meio Ambiente: um Estudo de Caso da Aregran. In. XXVIII ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO, 2008, Rio de Janeiro. Anais... Rio de Janeiro, Abepro.

THODE-FILHO; S. CALDAS, M. A. F. (2008a). O uso da tecnologia da informação que integra a cadeia produtiva nas pequenas empresas do comércio varejista do município do Rio de Janeiro. In: IV CONGRESSO NACIONAL DE EXCELÊNCIA EM GESTÃO, 2008, Rio de Janeiro. Anais... Niterói: UFF.

THODE-FILHO, S. CALDAS, M. A. F. (2008b).O gerenciamento da informação nas micro e pequenas empresas. In: SIMPÓSIO DE EXCELÊNCIA EM GESTÃO E TECNOLOGIA, 2008, Resende. Anais... Resende: Associação Educacional Dom Bosco.

THODE FILHO, S., DA SILVEIRA MARANHÃO, F., DA PAIXÃO, C. P. S., DA COSTA, A. P. D. S., DE ALMEIDA, T. M., & TALHAS, I. B. (2014). ASPECTOS RELACIONADOS AO USO E DESCARTE DO ESMALTE DE UNHAS: UM ESTUDO PRELIMINAR NO MUNICÍPIO DE DUQUE DE CAXIAS-RJ. Revista Eletrônica em Gestão, Educação e Tecnologia Ambiental, 18, 24-29.

WANG, Y.; YU, J.; ZHAO, X.; LU, T.; DU, J.; HUANG, X. (2010). Research on the Life Cycle Analysis of the Reverse Supply Chain of the Lead Acid Batteries In: BIOINFORMATICS AND BIOMEDICAL ENGINEERING, 4rd International Conference on, 2010, Beijing. Anais… China: IEEE, p. 1-6.




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/2236117019318



This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.

 

**************************************************

WE ARE ON FACEBOOK! (You are our guest!)

 

Digital Object Identifier (DOI): 10.5902/22361170

Contact: reget.ufsm@gmail.com

...................................................................................


Accesses since 19/06/2012

...................................................................................

Sponsors: