MUNICIPAL WASTE MANAGEMENT: CASE STUDY OF RECYCLING IN PELOTAS, RS

Marcos Vinicius Godecke, Vandressa Siqueira Walerko

Abstract


Confronted with evidence related to the low rate of recycling in Brazil, this study takes the case of Pelotas, south of the state of Rio Grande do Sul, to discuss programs that can be implemented for increasing the efficiency of municipal collection of household recyclables. In addition to bibliographic and documentary references, uses field research and interviews with key stakeholders, including municipal technicians, recycling cooperatives and the population who use the service. As a result two programs are proposed: the extension of the agreement with the recycling cooperatives, enabling them to collect door-to-door recyclable, and environmental education of the population, aimed at raising the level of recyclables segregation in households.


Keywords


Municipal waste management; Recycling; Pelotas.

References


A CIDADE campeã da limpeza.... Veja, Edição Especial: Sustentabilidade, nº 2249, dezembro de 2011.

AGUIAR, A. As Parcerias em Programas de Coleta Seletiva de Resíduos Sólidos Domésticos. Dissertação na Faculdade de Saúde Pública da USP. São Paulo, 1999.

AQUINO, I. F. et al. A organização em rede dos catadores de materiais recicláveis na cadeia produtiva reversa de pós-consumo da região da grande Florianópolis: uma alternativa de agregação de valor. Gest. Prod., São Carlos, v. 16, n. 1, p. 15-24, jan.-mar. 2009.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE EMPRESAS DE LIMPEZA PÚBLICA E RESÍDUOS ESPECIAIS (ABRELPE). Panorama dos Resíduos Sólidos no Brasil 2012. Disponível em: . Acesso em: 01 jul. 2013.

BARBIERI, J. C. Gestão Ambiental Empresarial: conceitos, modelos e instrumentos. 3 ed. São Paulo: Saraiva, 2011.

BRASIL. Atlas da Economia Solidária no Brasil 2005. Brasília: MTE, SENAES, 2006.

BARBIERI, J. C. Lei 12.305, de 2 de agosto de 2010. Institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos; altera a Lei no 9.605, de 12 de fevereiro de 1998; e dá outras providências.

BARBIERI, J. C. Plano Nacional de Resíduos Sólidos: Versão Preliminar para Consulta Pública. Brasília : Ministério do Meio Ambiente, setembro de 2011.

CALDERONI, S. Os Bilhõe$ Perdido$ no Lixo. 4ª Ed. São Paulo: Humanitas Editora / FFLCH / USP, 2003.

CÂMPELO, G. No México, lixo reciclável poderá ser trocado por alimento. Ambiental Sustentável, 16 de fevereiro de 2012. Disponível em: . Acesso em 17 ago. 2013.

CANÇADO, A. C. A Construção da Autogestão em Empreendimentos da Economia Solidária: Uma Proposta Metodológica Baseada em Paulo Freire. In: SILVA JUNIOR, J. P. et al. Gestão Social: Práticas em Debate, Teorias em Construção. Juazeiro do Norte, julho de 2008.

COMPROMISSO EMPRESARIAL PARA A RECICLAGEM (CEMPRE). Pesquisa Ciclosoft 2012. Dispopnível em: . Acesso em 9 ago. 2013.

GODECKE, M. V. Estudo das Alternativas de Valorização Econômica para a Sustentabilidade da Gestão de Resíduos Urbanos no Brasil. Dissertação – Mestrado em Economia do Desenvolvimento – PUCRS, Porto Alegre, 2010.

GODECKE, M. V. et al. Gestão de Resíduos Sólidos Urbanos no Brasil: o caso de Canoas, RS. Rev. Elet. em Gestão, Educação e Tecnologia Ambiental, v(7), nº 7, p. 1430-1439, MAR-AGO, 2012.

GONÇALVES-DIAS, S. L. F. Catadores: uma perspectiva de sua inserção no campo da indústria de reciclagem. Tese apresentada no Programa de Pós-Graduação em Ciência Ambiental da USP. São Paulo, 2009.

GRIPPI, S. Lixo: Reciclagem e sua História: Guia para as prefeituras brasileiras. Rio de Janeiro: Interciência, 2ª ed., 2006.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE). Cidades. Disponível em: . Acesso em: 02 ago. 2013.

INSTITUTO DE PESQUISAS APLICADAS (IPEA). Pesquisa sobre Pagamento por Serviços Ambientais Urbanos para Gestão de Resíduos Sólidos. Relatório de Pesquisa. Diretoria de Estudos e Políticas Regionais, Urbanas e Ambientais (Dirur). Brasília, 2010.

MARCONI, M. A.; LAKATOS, E. M. Fundamentos de Metodologia Científica. 5 ed. São Paulo: Atlas, 2003.

MONTEIRO, J. H. P. et al. Manual de Gerenciamento Integrado de resíduos. Rio de Janeiro: IBAM, 2001.

PREFEITURA MUNICIPAL DE PELOTAS (PMP). Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos (PGIRS): Diagnóstico. Julho/2012. CD-ROM.

PRODANOV, C. C.; FREITAS, E. C. Metodologia do Trabalho Científico: Métodos e técnicas da Pesquisa e do Trabalho Acadêmico. Novo Hamburgo: Feevale, 2009.

ROSSETTO, A. M. et al. Políticas Públicas Integradas como Caminho para o Desenvolvimento. In: SIPPI 2009, maio de 2009, São Bernardo do Campo. Anais eletrônicos.. São Bernardo do Campo: Universidade Metodista de São Paulo, 2009, p.255-270.

SERVIÇO AUTONOMO DE SANEAMENTO DE PELOTAS (SANEP). Material para TCC [mensagem pessoal]. Recebida por em 26 jul. 2013.

SERVIÇO BRASILEIRO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS (SEBRAE). Cadeia produtiva de produtos reciclados: Cenários econômicos e estudos setoriais. Recife, 2008.a

SERVIÇO BRASILEIRO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS (SEBRAE).. Políticas Públicas: conceitos e práticas. Belo Horizonte: Sebrae/MG, 2008.b




DOI: https://doi.org/10.5902/2236117016179



DEAR AUTHORS,

PLEASE, CHECK CAREFULLY BEFORE YOUR SUBMISSION:

- IF ALL AUTHORS "METADATA" (ORCID, LINK TO LATTES, SHORT BIOGRAPHY, AFFILIATION) WERE ADDED,

- THE CORRECT IDIOM YOUR SECTION,

- IF THE HIGHLIGHTS WERE ADDED,

- IF THE GRAPHIC ABSTRACTS WAS ADDED,

- IF THE REVIEWERS INDICATION WAS DONE,

- IF THE REFERENCES FORMAT ARE CORRECT(ABNT)

- IF THE RESOLUTION YOUR FIGURES (600 DPI) ARE SUITABLE

*******************************

PREZADOS AUTORES,

POR FAVOR, VERIFIQUE ATENTAMENTE ANTES DA SUBMISSÃO: 
- SE OS METADADOS (ORCID, LINK PRO LATTES, CURTA BIOGRAFIA E AFILIAÇÃO) DE "TODOS" OS AUTORES FORAM ADICIONADOS, 
- IDIOMA, 
- SE OS HIGHLIHTS FORAM ADICIONADOS, 
- SE O GRAPHICAL ABSTRACT FOI ADICIONADO, 
- SE A INDICAÇÃO DOS REVISORES FOI FEITA, 
- SE O FORMATO DAS REFERÊNCIAS ESTÁ ADEQUADO (ABNT) 
- SE A RESOLUÇÃO SUAS FIGURAS (600 DPI) ESTÁ ADEQUADA.

 

This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.

 

**************************************************

WE ARE ON FACEBOOK! (You are our guest!)

 

Digital Object Identifier (DOI): 10.5902/22361170

Contact: reget.ufsm@gmail.com

...................................................................................


Accesses since 19/06/2012

...................................................................................

Sponsors: