Resignifying teaching about contagious diseases with an experimental approach in a science fair

Geovane Rafael Theisen, Regiane Zanovello, Stéfani Dutra Mattana, Terimar Ruoso Moresco, Tânea Maria Bisognin Garlet

Abstract


This paper presents considerations about practical activity realized in a Science Fair organized by participants of the Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência PIBID/CAPES, in the subproject of Biological Science of the Universidade Federal de Santa Maria-Palmeira das Missões. The approach was to experimentally demonstrate an disease of contagious for 6th grade students [7th grade] of the a school from primary school in Palmeira das Missões-RS. The presentation of the results of the experiment at the Fair was held by the students where the involvement and integration of the students in the activity was crucial to the successful outcome of the work. The differentiated approach to teaching given disease of contagious served to combine theory with practice and reframe conceptions of environments that non-formal education such as the shows also provide a space for socializing and meaningful dissemination of topics related to the field of Sciences.

Keywords


Science Fair; Experimental activity; Basic education; Epidemic.

References


BAZIN, M. Three years of living science in Rio de Janeiro: learning from experience.

Scientific Literacy Papers. 1987, p.67-74.

BIZZO, N. Ciências: fácil ou difícil. São Paulo: Ática. 2002.

BRASIL. Ministério da Educação. Programa Nacional de apoio às feiras de Ciências da educação Básica/FENACEB. Brasília, 2006.

BRAUN, M.C.; DE SOUZA, N.G. E; GALEAZZI, C. Um “olhar” sobre as Feiras de Ciências. Coletânea Programa Pós-Graduação em Educação, v.4, p.27-33, 1997.

CARVALHO, U. L. R.; PEREIRA, D. D.; MACEDO, E.; SILVA, K.; CIBELI, M.; FOLENA, M. A importâncias das aulas práticas de biologia no ensino Médio. X Jornada de Ensino, Pesquisa e Extensão-JEPEX, UFRPE: Recife, out., 2010.

CRUZ, D.A. Atividades prático-experimentais: tendências e perspectivas. Secretaria de Estado da Educação Superintendência da Educação Programa de Desenvolvimento Educacional – PDE. Universidade Estadual de Londrina, 2008.

FERNÁNDEZ, F. S. El aprendizaje fuera de la escuela – Tradición del pasado y desafio para el futuro. Madri: Ediciones Académicas. 2006.

FRANCISCO Jr, W. E.; FERREIRA, L. H., HARTWIG, D. R. Experimentação Problematizadora: Fundamentos Teóricos e Práticos para a Aplicação em Salas de Aula de Ciências. Química Nova na Escola, v.30, p.34-41, 2008.

LEMOS E.S. A teoria de aprendizagem significativa e sua relação com o ensino e com a pesquisa sobre o ensino. Aprendizagem Significativa em Revista/Meaningful Learning Review, v.3, p. 47-52, 2011.

LIMA, M.E.C.C.; JÚNIOR, O.G.A.; BRAGA, S.A.M. Aprender ciências – um mundo de materiais. Belo Horizonte: Ed. UFMG, 1999.

LOWMAN, J. Dominando as Técnicas de Ensino. São Paulo: Atlas. 2004.

MANCUSO, R. Feira de Ciências: produção estudantil, avaliação, consequências. Contexto Educativo. Revista Digital de Educación y Nuevas Tecnologías. Buenos Aires, v. 6, n. 1, p. 1-5, 2000.

MEZZARI, S.; FROTA, P. R. O.; MARTINS, M. C . Feiras multidisciplinares e o Ensino de ciências. Revista Electrónica de Investigación y Docencia, número monográfico, p.107-119, 2011.

MIRANDA NETO, M. H., NETO, R. B., CRISOSTIMO, A. L. Desenvolver projetos e organizar eventos na escola. Disponível em:< http://www.mudi.uem.br/index.php? option=com_content&view= article&id=330:d>. Acesso em 04 out. 2013.

MORAES, R. Construtivismo e Ensino de Ciências: reflexões epistemológicas e Metodológicas. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2000.

MOREIRA, M.A. Subsídios metodológicos para o professor pesquisador em ensino de ciências: métodos qualitativos e quantitativos. Porto Alegre: Ed. do Autor, 2008.

NEUENFELDT, A.E.; RODRIGUES, A.W.L.; OLIVEIRA, W.F. Jogos Interdisciplinares: Uma possibilidade de Interação Criativa. Caderno pedagógico, Lajeado, v.9, n.1, p.79-97, 2012.

OSMATRONI, M. J. S. Manual de Feiras de Ciências. Brasília: CNPq, AED, 1990.

PEREIRA P. C. ; FONSECA, V.B.; MANZKE, V.H.B.; BROWSKI, V.L.; MANZKE, G.R. Feiras de ciências: uma ferramenta para aprendizagem significativa?.13ª Mostra de Pesquisa, Ensino e Extensão, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Campus. Porto Alegre, 2012.

ROSA, P.R.S. Algumas questões relativas a feiras de ciências: para que servem e como devem ser organizadas. Caderno Catarinense de Ensino de Física, v.12, n.3, p. 223-228, 1995.

SILVA, L. H. de A. & ZANON, L. B. Ensino de Ciências: fundamentos e abordagens. São Paulo: UNIMEP, 2000.




DOI: https://doi.org/10.5902/2236117010985



DEAR AUTHORS,

PLEASE, CHECK CAREFULLY BEFORE YOUR SUBMISSION:

- IF ALL AUTHORS "METADATA" (ORCID, LINK TO LATTES, SHORT BIOGRAPHY, AFFILIATION) WERE ADDED,

- THE CORRECT IDIOM YOUR SECTION,

- IF THE HIGHLIGHTS WERE ADDED,

- IF THE GRAPHIC ABSTRACTS WAS ADDED,

- IF THE REVIEWERS INDICATION WAS DONE,

- IF THE REFERENCES FORMAT ARE CORRECT(ABNT)

- IF THE RESOLUTION YOUR FIGURES (600 DPI) ARE SUITABLE

*******************************

PREZADOS AUTORES,

POR FAVOR, VERIFIQUE ATENTAMENTE ANTES DA SUBMISSÃO: 
- SE OS METADADOS (ORCID, LINK PRO LATTES, CURTA BIOGRAFIA E AFILIAÇÃO) DE "TODOS" OS AUTORES FORAM ADICIONADOS, 
- IDIOMA, 
- SE OS HIGHLIHTS FORAM ADICIONADOS, 
- SE O GRAPHICAL ABSTRACT FOI ADICIONADO, 
- SE A INDICAÇÃO DOS REVISORES FOI FEITA, 
- SE O FORMATO DAS REFERÊNCIAS ESTÁ ADEQUADO (ABNT) 
- SE A RESOLUÇÃO SUAS FIGURAS (600 DPI) ESTÁ ADEQUADA.

 

This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.

 

**************************************************

WE ARE ON FACEBOOK! (You are our guest!)

 

Digital Object Identifier (DOI): 10.5902/22361170

Contact: reget.ufsm@gmail.com

...................................................................................


Accesses since 19/06/2012

...................................................................................

Sponsors: