Relações de gênero e ascensão feminina no ambiente organizacional: um ensaio teórico

André Ribeiro de Oliveira, Luiz Eduardo Gaio, Carlos Alberto Grespan Bonacim

Abstract


As mudanças ocorridas nas últimas décadas estabeleceram uma nova forma de relacionamento entre os seres humanos. As mulheres estão, cada vez mais, deixando de pertencer à esfera privada do lar para ocuparem um lugar na sociedade que já não comporta mais apenas figuras masculinas. Por meio deste trabalho, procurou-se delinear a trajetória de luta das mulheres nesse sentido, desde o início da empreitada feminista até os dias atuais, além de ilustrar o panorama organizacional brasileiro no que tange à participação feminina no mercado de trabalho, por meio de uma caracterização dos avanços referentes às questões de relações de gênero. Para tanto, realizou-se uma pesquisa bibliográfica sobre gênero, movimento feminista e participação das mulheres no mercado de trabalho. A confecção deste estudo permitiu concluir que, apesar de ainda existirem alguns entraves, há uma tendência de maior valorização das mulheres, além disso, a sociedade e as organizações estão se dispondo a enfrentar as conseqüências desse novo contexto e ampliar o enfoque diretivo e a tomada de decisão para a inserção dos valores femininos, respeitando a percepção das mulheres tanto nas questões sociais como nas organizacionais.




DOI: https://doi.org/10.5902/198346591279


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

  

   

       

 

------

Revista de Administração da UFSM. Brazilian Journal of Management

Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil, eISSN 1983-4659