A complexidade do conflito ambiental internacional e a mediação de conflitos. A atuação da Unidade de Apoio à Mediação da ONU

Juliano Locatelli Santos

Resumo


O presente estudo trata das características e peculiaridades do conflito ambiental, destacando os diversos aspectos que o permeiam e os interesses em disputa quando se trata de relações internacionais, ou ainda de conflitos internos no âmbito dos países. Através do relato de dois casos específicos em que melhor se podem captar algumas das características e vicissitudes típicas do conflito que envolve o meio ambiente, extraem-se alguns dos aspectos mais presentes no conflito ambiental. Por fim, a partir das características apuradas nestes casos específicos, passa-se a tratar do modo como atualmente está constituída a Unidade de Apoio à Mediação das Nações Unidas, enquanto a experiência concreta melhor formulada a nível global para o tratamento do conflito ambiental e suas particularidades. Metodologicamente, o estudo se vale da pesquisa bibliográfica e documental dedutiva e do estudo de caso, concluindo pelo entendimento de que na atualidade as Nações Unidas contem com uma estrutura de múltipla abordagem, melhor apropriada para o tratamento dos conflitos ambientais regionais e transnacionais.


Palavras-chave


Mediação de conflitos. Dano ambiental. Conflito. Organização das Nações Unidas

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, Diogo A Rezende de; PAIVA, Fernanda. Princípios da mediação de conflitos. In: Mediação de conflitos: para iniciantes, praticantes e docentes. Almeida, Tania; Pelajo, Samantha; Jonathan, Eva (Coord). Salvador: Juspidivm, 2016.

BECK, Ulrich. La sociedad del riesgo global. España: Siglo Veinteuno, 2002.

CALVET, Jordi. A paz que veio com a destruição do tsunami em Aceh. UOL, São Paulo, 26/12/2014. Uol notícias. Disponível em:. Acessado em 02/12/2017.

DIAZ, Soledad Gallego. La Haya avala a Uruguay em la ‘guerra de las papeleras’. El País. Buenos Aires, 20/04/2010. Internacional. Disponível em: https://elpais.com/internacional/2010/04/20/actualidad/1271714413_850215.html. Acessado em 04/01/2018.

ELGSTRÖM, Ole; BERCOVICH, Jacob; SKAU, Carl. Organizações regionais e mediação internacional. A eficácia dos medidadores endógenos. In Mediação Internacional. HERZ, Monica; SIMAN, Maria; DRUMOND, Paula (Org.); Petrópolis, Rio de Janeiro: Vozes, Ed. PUC-Rio, 2016. P. 286/303.

FREITAS, Gilberto Passos de; CARDOSO, Simone Alves. Esforços institucionais da ONU no apoio à mediação de conflitos e paz inclusiva. In: I Encontro de Internacionalização do CONPEDI / organizadores: Samantha Ribeiro Meyer Pflug, Luiz Henrique Urquhart Cademartori. – Barcelona: Ediciones Laborum, 2015. Vol 3, p. 365-384. Disponível em: https://www.conpedi.org.br/wp-content/uploads/2016/01/NOVO-Miolo-CONPEDI-vol.-3-em-moldes-gr%C3%A1ficos-1.pdf. Acessado em: 17/12/2017.

GALLAS, Daniel. Argentina pede ajuda ao Rei da Espanha em crise com o Uruguai. BBC. Montevideo, 04/11/2006. BBC Brasil. Disponível em: http://www.bbc.com/portuguese/reporterbbc/story/2006/11/061104_uruguaidanielfn.shtml . Acessado em 10/01/2018.

HERZ, Monica; SIMAN, Maria; DRUMOND, Paula. Debates contemporâneos e tópicos especiais em mediação internacional. In Mediação Internacional. HERZ, Monica; SIMAN, Maria; DRUMOND, Paula (Org.); Petrópolis, Rio de Janeiro: Vozes, Ed. PUC-Rio, 2016.

HIGHTON, Elena I de Nolasco. Álvarez, Gladys. Mediación para resolver conflictos. 2ª ed, 4ª reimp. Buenos Aires: Ad-Hoc, 2013.

LEITE, José Rubens Morato. Sociedade de risco e Estado. In: CANOTILHO, José Joaquim Gomes; LEITE, José Rubens Morato (Org.). Direito constitucional ambiental brasileiro. 3. ed. rev. São Paulo: Saraiva, 2010.

MEDEIROS, Marcelo de Almeida; SARAIVA, Mirian Gomes. Os atores subnacionais no mercosul: o caso das papeleiras. Revista Lua Nova, nº 78, São Paulo, p. 77-108. 2009.

NUSDEO, Fábio. Capítulo IV. Sustentabilidade. In: Sustentabilidade e temas fundamentais de direito ambiental. MARQUES, José Roberto (org). Campinas: Millenium editora, 2009. p. 149.

SMINK, Veronica. Argentina y Uruguay celebran acuerdo final por papelera. BBC, Argentina, 16/11/2010. BBC Mundo. Disponível em: http://www.bbc.com/mundo/noticias/2010/11/101115_argentina_uruguay_papelera_acuerdo_jg.shtml. Acessado em 04/01/2018.

UNITED NATIONS (ONU). Assembleia Geral. A/59/565. Report of the High-level Panel on Threats, Challenges and Change. A more security World: Our Shared Responsability, November 2004.

_____. Conciliation Resources. Learning from the Indonesia-Aceh Peace process. Policy Bief. Accord, 2008. Disponível em: http://www.c-r.org/downloads/Accord%2020_Indonesia_policybrief_2008_ENG_0.pdf. Acessado em 18/12/2017.

_____. Assembleia Geral. A/65/283. Strengthening the role of mediation in the peaceful settlement of disputes, conflict prevention and resolution, july 2011. Disponível em: https://peacemaker.un.org/sites/peacemaker.un.org/files/GARes_StrengtheningTheRoleOfMediation_ARES65283%28english%29_1.pdf. Acessado em 18/12/2017.

_____. Secretaria Geral. A/66/811. Strengthening the role of mediation in the peaceful settlement of disputes, conflict prevention and resolution. Report of the Secretary-General, june 2012. Disponível em: https://peacemaker.un.org/sites/peacemaker.un.org/files/SGReport_StrenghteningtheRoleofMediation_A66811.pdf. Acessado em 18/12/2017.

_____. Natural Resources and conflict. A guyde for mediation practitioners. Feb. 2015. Disponível em: https://peacemaker.un.org/sites/peacemaker.un.org/files/NRCMediation_UNDPAUNEP2015_0.pdf. Acessado em 18/12/2017

VASCONCELOS, Carlos Eduardo de. Mediação de conflitos e práticas restaurativas. 3ª ed, São Paulo: Método, 2014.




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/2357797532316

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Revista InterAção