ANÁLISE DE CONFLITOS E DO PROCESSO DECISÓRIO: SIMULAÇÃO DO GABINETE DE CRISES

Gabriel Mendes, Graciela de Conti Pagliari

Resumo


O objetivo do trabalho é contribuir para a discussão sobre a utilização de metodologia pedagógica ativa, sobretudo, através de exercícios de simulação em sala de aula. No trabalho explora-se a aplicabilidade das simulações associadas à formação teórica em sala, o formato em que a atividade pode se desenvolver e a integração do exercício na avaliação acadêmica do estudante. O trabalho tem como base as experiências de simulações do Gabinete de Crises da Presidência da República no curso de graduação em Relações Internacionais da Universidade Federal de Santa Catarina.  Os resultados observados permitiram a implantação da atividade na estrutura da disciplina em que foi realizada e apontaram que a didática ativa complementa a teoria e a enriquece por meio da sua instrumentalização.


Palavras-chave


Relações Internacionais; simulação; Gabinete de Crises

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL (Estado). Constituição (2008). Decreto nº 6.703, de 18 de dezembro de 2008. Estratégia Nacional de Defesa. Disponível em: . Acesso em: 18 jul. 2016.

CORRÊA, Claudio Rodrigues; MEDEIROS, Sabrina Evangelista. Jogos e Cenários: Simulações em Benefício da Defesa. 2013.

COUTO, José Alberto Cunha. O Gabinete de Segurança Institucional: o gerenciamento de crises. In: Congreso Internacional del CLAD sobre la Reforma del Estado y de la Administración Pública, 8, 2003, Panamá. Disponível em: . Acesso em: 18 jul. 2016.

COUTO, José Alberto Cunha; SOARES, José Antônio de Macedo. Gabinete de Crises: Fernando Henrique, Lula e Dilma. Campinas: Facamp, 2013.

GRUPO DE ELABORAÇÂO DE CENÁRIOS PROSPECTIVOS. Do Eldorado à Selva: Cenários da Integração Sul-Americana até 2030. São Paulo: Editora Unesp, 2014.

MARINHA DO BRASIL. Laboratório de Simulações e Cenários. Simulações, Cenários e Jogos de Guerra: abordagens teóricas. Disponível em: . Acesso em: 15 jul. 2016.

ROCHA, Raquel Maria de Almeida; PALACIOS JUNIOR, Alberto Montoya Correa. As Simulações como Instrumento Pedagógico em RI: aplicação de exercício transdisciplinar em Análise de Processo Decisório e Geopolítica. Belo Horizonte: 2015.

TRINDADE, Marcos da Costa; FARAH, Miriam Medeiros de Godoy. Gabinete de crises. In: CONGRESSO CONSAD DE GESTÃO PÚBLICA, 3, 2010, Brasília. Disponível em: . Acesso em: 18 jul. 2016.




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/2357797524634

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Revista InterAção