Relações entre Brasil e Índia: resgate histórico e potencialidades estratégicas atuais

Edson José Neves Júnior

Resumo


As relações entre Brasil e Índia têm demonstrado crescimentosignificativo nos últimos anos, de acordo com a tendência da cooperaçãosentido Sul-Sul. Contribuiu para esse aprofundamento alguns fatores relacionadosà parceria histórica e contemporânea em fóruns internacionais denegociação multilateral, como a atuação articulada no G-20, a formação doFórum de Diálogo Índia, Brasil e África do Sul – IBAS, em 2003; e a crescenteparticipação coordenada no grupo BRIC. Em função desta recenteconvergência, resta averiguar quais os limites colocados para essa aliança equal o grau de interdependência derivado de sua aproximação. Este artigoparte da premissa que o crescimento da colaboração entre estes dois paísesocorre pela mudança na conjuntura mundial, onde um cenário multipolarse consolida em oposição às tentativas de recuperação hegemônica operadaspelos EUA, desde 2001, e também pelo aumento evidente das divergênciaseconômicas e políticas entre países desenvolvidos e em desenvolvimento.

Palavras-chave


Relações Internacionais entre Brasil e Índia; Comércio Brasil-Índia; Cooperação Sul-Sul; Fórum IBAS.

Texto completo:

PDF

Referências


CERVO, Amado Luiz. Inserção internacional: formação dos

conceitos brasileiros. São Paulo: Saraiva, 2008.

GOVERNO INDIANO - DEPARTMENT OF COMMERCE.

Export Import Data Bank. Disponível em:

eidb/ecntq.asp>, acesso em 25 de março de 2011.

GUIMARAES, Samuel Pinheiro. Desafios e dilemas dos grandes países

periféricos: Brasil e Índia. Revista Brasileira de Política Internacional

- RBPI, 1998, v. 41, n. 1, pp. 108-131.

JERVIS, Robert. Realism, neoliberalism, and cooperation:

understanding the debate. International Security, v. 24 n.1,

Verão/1999, pp. 42-63.

KEOHANE, Robert O. After Hegemony: Cooperation and Discord

in the World Political Economy. Princeton, NJ: Princeton University

Press, 1984.

LIMA, Maria Regina Soares de. A política externa brasileira e

os desafios da cooperação Sul-Sul. Revista Brasileira de Política

Internacional - RBPI, 2005, v. 48, n. 1, pp. 24-59.

McLEOD, John. History of India. Westport: Greenwood Publishing

Group, 2002.

MILNER, Helen. International Theories of Cooperation among

Nations: A Review Essay. World Politics, v. 44, n. 3, Abril/1992

MINISTÉRIO DAS RELAÇÕES EXTERIORES - MRE. Atos

Bilaterais – Índia. Disponível em:

htm>, Acesso em: 09/03/2011.

MINISTÉRIO DAS RELAÇÕES EXTERIORES - MRE.

Informações Gerais sobre o Grupo BRIC. Disponível em:

www2.mre.gov.br/dibas/informacoes_gerais_Bric.pdf>, Acesso em:

/03/2011.

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO INDÚSTRIA

E COMÉRCIO EXTERIOR – MDIC. ALICEWEB. Balança

Comercial. Disponível em:

Acesso em: 10/03/2011.

OLIVEIRA, Amâncio Jorge Nunes de; ONUKI, Janina; OLIVEIRA,

Emmanuel de. Coalizões Sul-Sul e Multilateralismo: Índia, Brasil e

África do Sul. Contexto Internacional, Rio de Janeiro, 2006, vol. 28, no

, julho/dezembro, pp. 465-504.

OLIVEIRA, Henrique Altemani de. As Parcerias Brasil-China e

Brasil-Índia: complementares ou excludentes? VI Jornadas Sobre

Triangulación. 2006. Disponível em:

Altemani.pdf>, Acesso em: 07/03/2011.

OLIVEIRA, Marcelo Fernandes de. Alianças e coalizões internacionais

do governo Lula: o Ibas e o G-20. Revista Brasileira de Política

Internacional - RBPI, 2005, v. 48, n. 2, pp. 55-69.

ONU – Organização das Nações Unidas. Comisiones principales.

Disponível em:

shtml>, Acesso em: 20/03/2011.

PINTO, Paulo Antônio Pereira. China e Índia: emergência e impacto

cultural. Revista Brasileira de Política Internacional - RBPI, 2007, v.

, n. 1, pp.86-101.

RAMPINELLI, Waldir José. A política internacional de JK e suas

relações perigosas com o colonialismo português. Lutas Sociais

(PUCSP), 2007, v. 17/18, p. 83 -98.

ROJO, Raúl Enrique. Da velha Guerra Fria ao novo “Inimigo Total”.

Disponível em:

Rojo.pdf>. Acesso em: 13/04/2011.

VIEIRA, Maíra Baé Baladão. Relações Brasil-Índia (1991-2006).

Porto Alegre: Ed. da UFRGS, 2009.

VIZENTINI, Paulo Fagundes. Os dez anos que abalaram o século 20:

a política internacional de 1989 a 1999. Porto Alegre: Novo Século,

ZEBU ONLINE. Disponível em:

index.php> Acesso em: 12/04/2011.




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/2357797512711

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais