LUZ, PALCO E A CARACTERIZAÇÃO DE TRADUTORES E INTÉRPRETES DE LIBRAS-PORTUGUÊS EM PEÇA TEATRAL

Neiva Aquino ALBRES, Warley Martins dos SANTOS

Resumo


Neste artigo descreve-se um caso de caracterização de tradutor-intérprete de língua de sinais em peça teatral, contribuindo para a compreensão desse tipo de atuação e das formas de produção de sentido e efeitos de sentido em espetáculo teatral. Toma-se como base autores dos estudos da tradução e interpretação (PÖCHHACKER, 2004, 2015) e estudos linguísticos, principalmente, em uma perspectiva dialógica da linguagem (BAKHTIN; VOLOCHINOV, 1997). Desenvolve-se um estudo de caso com base em documentos da peça “X-QUEM? - Origens”. Utiliza-se do roteiro, fotos e artefatos; analisa-se a presença de palco, a caracterização e a iluminação no tradutor-intérprete. Evidencia-se o diálogo entre a dimensão linguística da tradução e interpretação e a imagem, ou seja, como vê-se o corpo do tradutor em cena, discutindo-se sobre os aspectos de figurino, maquiagem, posicionamento e articulação com os personagens da peça teatral.


Palavras-chave


Interpretação simultânea artística; Esfera Teatral; Tradução e interpretação de línguas de sinais; Figurino; Maquiagem.

Texto completo:

PDF

Referências


BAKER, M.; SALDANHA, G. Routledge Encyclopedia of Translation Studies. Routledge, New York, 2009.

BAKHTIN, M. (VOLOCHÍNOV, V. N.). A interação verbal. In: BAKHTIN, M. (VOLOCHÍNOV, V. N.). Marxismo e filosofia da Linguagem. Problemas fundamentais do método sociológico na ciência da linguagem. Trad. Michel Lahud e Yara F. Vieria. 8ª ed. São Paulo: HUCITEC, 1997, p. 110-127.

BAKHTIN, M. (VOLOCHÍNOV, V. N.). Marxismo e filosofia da linguagem: problemas fundamentais do método sociológico na ciência da linguagem. São Paulo: Editora 34, 2016.

BAKHTIN, M. (VOLOCHÍNOV, V. N.). Dialogic origin and dialogic pedagogic of grammar. In: Journal of Russian and East European Psychology, v. 42 (Issue 6): 12-49, nov/dez, 2004. Disponível em: . Acesso em: 28 abr. 2020.

BAKHTIN, M. (VOLOCHÍNOV, V. N.). Para uma filosofia do ato responsável. Tradução de Valdemir Miotello e Carlos Faraco. São Carlos: Pedro & João Editores, 2010d [1920-24].

BRAIT, B. (Org.). Bakhtin: outros conceitos-chave. 2. ed. São Paulo: Contexto, 2012.

BRASIL. Lei nº 13.146, de 06 de julho de 2015. Institui a Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência (Estatuto da Pessoa com Deficiência). Diário Oficial da República Federativa do Brasil. Brasília: DF. Disponível em:

. Acesso em 28 mai. 2018.

FELÍCIO, M. D. O que é importante para uma interpretação simultânea em língua de sinais no contexto artístico? Belas Infiéis, 4(3), p. 33-48. 2016. Disponível em: . Acesso em: 28 abr. 2020.

FRISHBERG, N. Interpreting: An Introduction, rev. edn, Silver Spring, MD: RID Publications. 1990.

FOMIN, C. F. R. Interpretação do português para libras no teatro: um olhar para a compreensão de espectadores surdos. Doutorado em andamento em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem. 2018a. Dissertação. (Mestrado) – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo. Disponível em: . Acesso em: 28 abr. 2020.

FOMIN, C. F. R. Verbo-visualidade e seus efeitos na interpretação em Libras no teatro. Bakhtiniana. Revista de Estudos do Discurso, [S.l.], v. 13, n. 3, p. Port. 142-164 / Eng. 148-170, set. 2018b. ISSN 2176-4573. Disponível em: . Acesso em: 28 abr. 2020.

FOMIN, C. F. R. Educação e Cultura: experiências de tradução e de interpretação de ações educativas em instituições culturais. Palestra II Colóquio Internacional Educação de Surdos, Libras e Interpretação – CIELSI. 17 e 18 de outubro de 2019. Florianópolis: UFSC, 2019.

GANZ HORWITZ, M. Demands and Strategies of Interpreting a Theatrical Performance into American Sign Language. Journal of Interpretation, v. 23. Iss. 1, Article 4. Available at: http://digitalcommons.unf.edu/joi/vol23/iss1/4. 2014. Disponível em: . Acesso em: 28 abr. 2020.

HÜLLER, A. Roteiro “X-QUEM? - Origens”. Universidade Estadual de Santa Catarina (UDESC), 2019.

HÜLLER, A. Educação e Cultura: experiências de tradução e de interpretação de ações educativas em instituições culturais. Palestra II Colóquio Internacional Educação de Surdos, Libras e Interpretação – CIELSI. 17 e 18 de outubro de 2019. Florianópolis: UFSC, 2019.

INFORME FLORIPA. X-QUEM? – Origens faz no dia 27 a segunda apresentação gratuita em Florianópolis. Disponível em: . Acesso em: 24 jun. 2020.

LICHTENSTEIN, R. F. Roy Lichtenstein Foundation. Disponível em: . Acesso em: 24 jun. 2020.

LUCENA, C. Beijo de Línguas - quando o poeta surdo e o poeta ouvinte se encontram. 154f. Dissertação (Mestrado) – Programa de Pós-graduação em Psicologia Clínica, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2017. Disponível em: < https://tede2.pucsp.br/handle/handle/20478 > Acesso em: 10 set. 2019.

PÖCHHACKER, F. Introducing Interpreting Studies. London/New York: Routledge. 2004.

PÖCHHACKER, F. The Routledge Encyclopedia of Interpreting Studies. by Routledge, New York, 2015.

RICHARDSON, M. Theatrical Interpreting: Providing Accessibility or Policing the Deaf – Hearing Border? In: University of Stirling Arts and Humanities Postgraduate Conference. 3 June 2016. Disponível em: . Acesso em: 28 abr. 2020.

RIGO, N. S. Tradução de canções de LP para LSB: identificando e comparando recursos tradutórios empregados por sinalizantes surdos e ouvintes. Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão, Programa de Pós-Graduação em Estudos da Tradução, Florianópolis, 2013. Disponível em: . Acesso em: 28 abr. 2020.

RIGO, N. S. Tradução-interpretação teatral: desafios e soluções em “O Som das Cores”. In: Congresso Nacional de Pesquisas em Tradução e Interpretação de Libras e Língua Portuguesa, 4., 2014, Florianópolis. Anais eletrônicos... Florianópolis: UFSC, 2014. Disponível em: . Acesso em: 28 abr. 2020.

SIBUL, K. The Core of Interlingual Simultaneous Theatre Interpreting. Speaker In: CONFERENCE Media for All 8. 20 May 2019. University of Tartu (Finland). Disponível em: . Acesso em: 28 abr. 2020.

SILVA NETO, V. S. da. A formação de tradutores de teatro para Libras: questões e propostas. 2017. 121 p. Dissertação (Mestrado) - Programa de Pós-graduação em Estudos da Tradução, Universidade de Brasília, Brasília, 2017. Disponível em: Acesso em: 31 mai. 2019.

SILVEIRA, N. M. B. Automaquiagem como exercício cênico. Trabalho de Conclusão de Curso. Licenciatura em Artes Cênicas. Universidade de Brasília. Brasília – DF 2016. Orientador: Prof. Dr. Jorge das Graças Veloso. Disponível em: . Acesso em: 28 abr. 2020.

SOBRAL, A. Da valoração intralinguística à transposição tradutória: uma perspectiva bakhtiana. Cadernos de Tradução, Porto Alegre, Número Especial, 2018. Disponível em: . Acesso em: 28 abr. 2020.

YIN, R. K. Estudo de caso: planejamento e métodos (4a ed.). Porto Alegre: Bookman. 2010.




DOI: https://doi.org/10.5902/2179219441826

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

ISSN Versão Impressa: 1519-9894
ISSN Versão Digital: 2179-2194
DOI 10.5902/21792194
Endereço Eletrônico: www.ufsm.br/fragmentum

Fragmentum possui caráter público e gratuito, dessa forma, NÃO são cobrados custos ou taxas para submissão, processamento, publicação e leitura dos artigos.

Todo o conteúdo do periódico Fragmentum está licenciado com uma Licença Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

REDES SOCIAIS
Página da Revista no Facebook