UMA ESCUTA DISCURSIVA DOS GRITOS: DECISÕES DE SCHRÖRINGER NUM APARELHO DE ESTADO

Phellipe Marcel da Silva Esteves

Resumo


Neste artigo, pretendemos abordar alguns fenômenos discursivos em torno dos gritos dentro, em volta e relacionados às universidades. Para tal, mobilizamos a Análise do Discurso (sobretudo Pêcheux), com categorias como discursos cínico, autoritário, poder. Além disso, retomamos, de Althusser, a noção de Aparelho Ideológico de Estado, bem como a alegoria que Pêcheux acaba chamando de “efeito Münchausen”. Com isso, chegamos a uma proposta de pensar com outra alegoria, a de decisão de Schrödinger.


Palavras-chave


universidade; Escola; AIEs; movimento estudantil; gritos

Texto completo:

PDF

Referências


ALTHUSSER, Louis. “Aparelhos Ideológicos de Estado”. Trad.: Maria Laura Viveiros de Castro. In: Posições 2. Rio de Janeiro: Graal, 1980.

BALDINI, Lauro; DI NIZO, Patricia Leal. O cinismo como prática ideológica. Estudos da Língua(gem), Vitória da Conquista, v. 13, n. 2, p. 131-158, dezembro de 2015. Disponível em: http://www.estudosdalinguagem.org/index.php/estudosdalinguagem/article/view/476/429

BALDINI, Lauro; ZOPPI-FONTANA, Mónica Graciela. Universidade pública: um espaço democrático para o trabalho intelectual. In: ESTEVES, Phellipe Marcel da Silva; PAVAN, Iuri; SIQUEIRA, Mauro (orgs.). Hoje acordei pra luta!: intelectuais pela universidade pública. Rio de Janeiro: EDUERJ, 2017.

BELCHIOR. Alucinação. Álbum de música. Polygram, 1976.

DALTOÉ, Andréia da Silva; FERREIRA, Ceila Maria. Ideologia e filiações de sentido no Escola sem Partido. Linguagem em (Dis)curso, Tubarão, v. 19, n. 1, jan./abr. 2019.

DEUSDARÁ, Bruno; ESTEVES, Phellipe Marcel da Silva. A polissemia da fórmula “autonomia universitária”. Cadernos de Letras da UFF, Niterói, v. 28, n. 57, 2018. Disponível em: http://www.cadernosdeletras.uff.br/index.php/cadernosdeletras/article/view/623/297

DEUSDARÁ, Bruno; ROCHA, Décio. A interface linguagem-mundo como produção simultânea: quando estudantes enfrentam a administração central em uma universidade pública. Gragoatá, Niterói, n. 34, p. 263-280, 1. sem. 2013. Disponível em: http://www.gragoata.uff.br/index.php/gragoata/article/view/63/19

FOUCAULT, Michel. Microfísica do poder. Trad.: Roberto Machado. Rio de Janeiro: Graal, 1979.

GILLIAM, Terry (dir.). As aventuras do Barão de Münchausen. 1988.

LAZZARATO, Maurizio. Glossário do homem endividado. Trad.: Daniel P.P. da Costa. São Paulo: N-1 Edições, 2016.

MBEMBE, Achille. Necropolítica: biopoder, soberania, estado de exceção, política da morte. Trad.: Renata Santini. Ver. Téc.: Cezar Bartholomeu. Arte & Ensaios, Rio de Janeiro, n. 32. 2016 [2003]. Disponível em: https://revistas.ufrj.br/index.php/ae/article/view/8993/7169

_____. Necropolítica: biopoder, soberania, estado de exceção, política da morte. Trad.: Renata Santini. São Paulo: N-1 edições, 2018 [2003].

MODESTO, Rogério. Interpelação ideológica e tensão racial: efeitos de um grito. Littera Online, São Luís (Maranhão), n. 17, 2018. Disponível em: http://www.periodicoseletronicos.ufma.br/index.php/littera/article/view/10378/5981.

ORLANDI, Eni. A linguagem e seu funcionamento: as formas do discurso. 4. ed. Campinas: Pontes, 1996.

PÊCHEUX, Michel. Delimitações, inversões, deslocamentos. Traduzido por José Horta Nunes. Cadernos de Estudos Lingüísticos, Campinas, nº 19, p. 7-24, jul.-dez., 1990 [1982].

_____. Posição sindical e tomada de partido nas ciências humanas e sociais [1976]. Trad.: Lauro Baldini. Análise de discurso: Textos escolhidos por Eni Puccinelli Orlandi. Campinas: Pontes, 2011.

_____. Semântica e discurso: uma crítica à afirmação do óbvio. 4. ed. Trad.: Eni Orlandi et alii. Campinas: Editora da Unicamp, 2009 [1975].

RASPE, Rudolf Erich. Aventuras do barão de Münchausen. 9. ed. Trad.: Orígenes Lessa. Rio de Janeiro: Global, 2016 [1785].

SCHRÖDINGER, Erwin. Die gegenwärtige Situation in der Quantenmechanik. Die Naturwissenschaften, Berlim (Alemanha), n. 23, v. 48, 29 de novembro de 1935.

SOUZA, Pedro de. Gritos e sussurros: rasgos vocais em discurso. In: CASTELO-BRANCO, Luiza Katia Andrade; ROGRIGUES, Eduardo Alves; SANTOS, Gabriel Leopoldino (orgs.). Análise de discurso no Brasil: pensando o impensado sempre. Uma homenagem a Eni Orlandi. Campinas: RG Editora, 2011.

TAVARES, Gonçalo M. Animalescos. Porto Alegre: Dublinense, 2016.

ZOPPI-FONTANA, Mónica Graciela. Slow Science: a temporalidade da ciência em ritmo de “impacto”. Leitura, Maceió, v. 2, n. 50, 2012. Disponível em: http://www.seer.ufal.br/index.php/revistaleitura/article/view/1156/791




DOI: https://doi.org/10.5902/2179219438730

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

ISSN Versão Impressa: 1519-9894
ISSN Versão Digital: 2179-2194
DOI 10.5902/21792194
Endereço Eletrônico: www.ufsm.br/fragmentum

Fragmentum possui caráter público e gratuito, dessa forma, NÃO são cobrados custos ou taxas para submissão, processamento, publicação e leitura dos artigos.

Todo o conteúdo do periódico Fragmentum está licenciado com uma Licença Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

REDES SOCIAIS
Página da Revista no Facebook