Efeitos de atributos ambientais na biodiversidade de formigas sob diferentes usos do solo

Gustavo Correiro do Amaral, André Barbosa de Vargas, Fábio Souto Almeida

Resumo


O objetivo foi avaliar a influência de variáveis ambientais sobre a fauna de formigas em um fragmento de floresta nativa e em áreas sob cultivo orgânico. Os dados foram coletados no município de Seropédica-RJ, nas estações chuvosa e seca, nas seguintes áreas: plantação de bananas (Musa pariadisiaca L.); agrofloresta; cafezal (Coffea conephora Pierre) sombreado com Gliricidia sepium (Jacq.); fragmento de floresta (8 ha) em estágio intermediário de sucessão secundária. Para a amostragem, foram utilizadas cinco unidades amostrais por área, cada uma composta por três armadilhas de queda tipo pitfall e uma parcela de 1 m² onde foi extraída a cobertura morta/ serapilheira, que foi peneirada e alocada no extrator de Winkler. Foram coletadas 53 espécies de formigas, ocorrendo maior riqueza de espécies na agrofloresta (38 espécies), seguida do cafezal (31 espécies), floresta secundária (29 espécies) e plantação de bananas (28 espécies). Na estação seca houve o efeito do tipo de uso do solo e da profundidade de serapilheira sobre a riqueza e diversidade de espécies de formigas. Nas duas estações, a composição de espécies de formigas variou significativamente entre todas as áreas estudadas. O aumento da heterogeneidade estrutural do ambiente e da profundidade de serapilheira em áreas cultivadas proporcionou maior riqueza e diversidade de espécies de formigas, além de mudanças na composição de espécies. Desta forma, pela diversidade de espécies cultivadas e estratos vegetais que apresentam, os sistemas agroflorestais funcionam como alternativa às monoculturas. Principalmente, no que se refere à proteção da biodiversidade, já que estes ambientes apresentam maior disponibilidade de recursos alimentares e de locais para a nidificação, não somente para a fauna de formigas.


Palavras-chave


Conservação; Formicidae; Sistemas agroflorestais

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, F.S.; QUEIROZ, J.M. ; MAYHE-NUNES, A.J. Distribuição e abundância de ninhos de Solenopsis invicta Buren (Hymenoptera: Formicidae) em um agroecossistema diversificado sob manejo orgânico. Floresta e Ambiente, Seropédica, v.14, p.34-44, 2007.

ALMEIDA, F.S.; MAYHE-NUNES, A. J.; QUEIROZ, J. M. The Importance of Poneromorph Ants for Seed Dispersal in Altered Environments. Sociobiology, v. 60, p. 229-235, 2013.

AZEVEDO, F.R.; MOURA, M.A.R.; ARRAIS, M.S.B.; NERE, D.R. Composição da etnomofauna da Floresta Nacional do Araripe em diferentes vegetações e estações do ano. Revista Ceres, Viçosa, v. 58 n. 6, p. 740-748, 2011.

BACCARO, F.B.; FEITOSA, R.M.; FERNANDES, F.; FERNANDES, I.O.; IZZO, T.J.; SOUZA, J.L.P.; SOLAR, R. Guia para os gêneros de formigas do Brasil. Manaus: INPA, 2015. 388p.

BRÜHL, C. A.; ELTZ, T.; LINSENMAIR, K. E. Size does matter–effects of tropical rainforest fragmentation on the leaf litter ant community in Sabah, Malaysia. Biodiversity & Conservation, Dordrecht, v. 12, n. 7, p. 1371-1389, 2003.

CARRASCOSA, V.A.C. Importância da heterogeneidade e quantidade de recursos na riqueza e redundância funcional de formigas arborícolas. Pós-Graduação em Ecologia e Evolução (Mestrado), Universidade Federal de Goiás, 48f., 2014.

CLARKE, K.R. Non-parametric multivariate analyses of changes in community structure. Australian Journal of Ecology, Brisbane, v.1, p.117-143, 1993.

CHRISTIANINI AV, MAYHÉ-NUNES AJ, OLIVEIRA PS. The role of ants in the removal of nonmyrmecochorous diaspores and seed germination in a neotropical savanna. Journal of Tropical Ecology 2007; 23: 343–51.

EMBRAPA. Embrapa Monitoramento por Satélite: banco de dados climáticos do Brasil. Disponível em: . Acesso em: 03 abril, 2016.

ESTRADA, M.E. A diversidade e o papel da fauna de formigas em áreas agrícolas submetidas ao cultivo orgânico e convencional. Dissertação (Mestrado em Fitossanidade e Biotecnologia Aplicada) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, 2017.

GASTON, KJ. Global patterns in biodiversity.Nature. 405, 220-227. 2000.

GOTELLI, N.J.; ELLISON, A.M.; DUNN, R.R.; SANDERS, N.J. Counting ants (Hymenoptera: Formicidae): biodiversity sampling and statistical analysis for myrmecologists. Myrmecological News, Innsbruck, n.15, p.13-19, 2011.

GOMES, D.S.; ALMEIDA, F.S.; VARGAS, A.B.; QUEIROZ, J.M. Resposta da assembleia de formigas na interface solo-serapilheira a um gradiente de alteração ambiental. Iheringia. Série Zoologia, Porto Alegre, v. 103, p. 104-109, 2013.

GOMES, J. B. V.; BARRETO, A. C.; MICHEREFF, M. F.; VIDAL, W. C. L.; COSTA, J. L. S.; OLIVEIRA-FILHO, A. T.; CURI, N. Relações entre atributos do solo e atividade de formigas em restingas. Revista Brasileira de Ciências do Solo, v. 34, p. 67-78, 2010.

HAMMER, O.; HARPER, D.A.T.; RYAN, P.D. Paleontological Statistics – PAST. 2003.Disponível em: . Acesso em: 08 janeiro 2017.

LAURANCE, W. F.; LOVEJOY, T. E.; VASCONCELOS, H. L.; BRUNA, M.; DIDHAM, R. K.; STOUFFER, P. C.; GASCON, C.; BIERREGAARD, O.; LAURANCE, S. G.; SAMPAIO, A. ecosystem decay of amazonian forest fragments: a 22-year investigation. Conservation Biology, v. 16, p. 605-618, 2002.

LASSAU, S. A.; HOCHULI, D. F. Effects of habitat complexity on ant assemblages. Ecography, v. 27, p. 157-164, 2004.

LEAL, I. R.; FILGUEIRAS, B. K. C.; GOMES, J. P.; LANNUZZI, L. & ANDERSEN, A. N. 2012. Effects of habitat fragmentation on ant richness and functional composition in Brazilian Atlantic forest. Biodiversity Conservation 21(7):1687-1701.

LOPES, D.T.; LOPES, J.; NASCIMENTO, I.C.; DELABIE, J.H. Diversidade de formigas epigéicas (Hymenoptera, Formicidae) em três ambientes no Parque Estadual Mata dos Godoy, Londrina, Paraná. Iheringia, Série Zoologia, Porto Alegre, n.100, v.1, p.84-90, 2010.

MARTINS, L.; ALMEIDA, F.S.; MAYHÉ-NUNES, A.J.; VARGAS, A.B. Efeito da complexidade estrutural do ambiente sobre a comunidade de formigas (Hymenoptera: Formicidae) no município de Resende, RJ, Brasil. Revista Brasileira de Biociências, Porto Alegre, v.9, n.2, p.174-179, 2011.

NEVES, M.C.P.; GUERRA, J.G.M.; CARVALHO, S.R.; RIBEIRO, R.L.D.; ALMEIDA, D.L. Sistema integrado de produção agroecológica ou fazendinha agroecológica do km 47. In: AQUINO A.; ASSIS, R. L. (Org.). Agroecologia: princípios e técnica para uma agricultura orgânica sustentável. Brasília: Embrapa-Informação Tecnológica, 2005. p.147-172.

PEREIRA, L.P.C.; ALMEIDA, F.S.; VARGAS, A.B.; ARAUJO, M.S.; MAYHÉ-NUNES, A.J.; QUEIROZ, J.M. Seasonal Analysis of Taxonomic and Functional Diversity of Poneromorph Ant Assemblages in the Amazon Forest. Sociobiology, n.63, v.3, p.941-949, 2016.

PERFECTO, I.; SNELLING, R. Biodiversity and the Transformation of a Tropical Agroecosystem: Ants in Coffee Plantations. Ecological Applications, Washington, v.5, n.4, p. 1084-1097, 1995.

PERFECTO, I., RICE, R. A., GREENBERG, R., & VAN der VOORT, M. E. Shade coffee: a disappearing refuge for biodiversity: shade coffee plantations can contain as much biodiversity as forest habitats. BioScience, v. 46, Oxford, n. 8, p. 598-608, 1996.

PINHEIRO, J.N.; FREITAS, B.M. Efeitos letais dos pesticidas agrícolas sobre polinizadores e perspectivas de manejo para os agroecossistemas brasileiros. Oecologia Australis, Rio de Janeiro, v.14, n.1, p.266-281, 2010.

RIBAS, C.R,; CAMPOS, R.B.F.; SCHMIDT, F.A.; SOLAR, R.R.C. Ants as Indicators in Brazil: a review with suggestions to improve the use of ants in environmental monitoring programs. Psyche, London, ID 636749, p.1-23, 2012.

ROPERO, M.C.G.; ARMBRECHT, I. Depredación por hormigas sobre la broca del café Hypothenemus hampei (Curculionidae: Scolytinae) en cafetales cultivados bajo dos niveles de sombra en Colombia. Manejo Integrado de Plagas y Agroecología, Costa Rica, v.76, p.32–40, 2005.

SANTOS, S.R.Q.; VITORINO, M.I.; HARADA, A.Y.; SOUZA. A.M.L.; SOUZA, E.B. A riqueza das formigas relacionada aos períodos sazonais em Caxiuanã durante os anos de 2006 e 2007. Revista Brasileira de Meteorologia, v.27, p.307-314, 2012.

VARGAS, A. B.; MAYHÉ-NUNES, A. J.; QUEIROZ J. M.; SOUZA, G.O.; RAMOS, E. F. Efeitos de fatores ambientais sobre a mirmecofauna em comunidade de restinga no Rio de Janeiro, RJ. Neotropical Entomology, n.36, v.1, p.28-37, 2007.




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/1980509833811