AVALIAÇÃO DA COBERTURA DE MADEIRA DE UMA EDIFICAÇÃO HISTÓRICA – CASA DA CULTURA DA COLÔNIA MURICI – SÃO JOSÉ DOS PINHAIS - PR

Ana Paula Namikata da Fonte, Rui André Maggi dos Anjos, Maiara Kovalski, Gabriel Ruiz de Oliveira, Janice Bernardo

Resumo


O objetivo desse estudo foi a realização de uma avaliação estrutural das condições da resistência mecânica e do estado de conservação da estrutura de madeira da Casa da Cultura, edifício histórico da Colônia Murici, município de São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba - PR. A avaliação estrutural foi realizada de acordo com as normas ABNT NBR 7190 (1997) - Projeto de estruturas de madeira e ABNT NBR 6123 (1988) - Forças devidas ao vento em edificações, e o diagnóstico visual seguiu as recomendações da norma italiana UNI 11119 (2004). Os resultados obtidos demonstraram danos pontuais causados por degradação física e por ataque de agentes biológicos. A partir da análise visual, um mapa detalhado dos pontos e agentes de degradação foi produzido. Através dos cálculos foi possível concluir que ainda que houvesse alterações de geometria, a estrutura ainda apresentaria resistência e não comprometeria a segurança de seus usuários. Identificaram-se, através da análise visual, insetos da ordem Coleoptera, além de fungos de podridão-parda e de podridão-mole. Porém, é recomendada a inspeção periódica para controlar o decréscimo da seção transversal do elemento estrutural para evitar o colapso da estrutura e garantir a preservação deste patrimônio.


Palavras-chave


patrimônio arquitetônico; inspeção; estruturas de madeira.

Texto completo:

PDF

Referências


ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 6123: Forças ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 7190: Projeto de estruturas de madeira. Rio de Janeiro, 1997.

AUGELLI, F. La diagnosi delle opere e delle strutture lignee. Le ispezioni. Xilema. Milano: Il prato, 2006. 165 p.

BERNARDO, J. et al. Análise estrutural da cobertura de madeira de uma edificação histórica. In: ENCONTRO BRASILEIRO EM MADEIRAS E EM ESTRUTURAS DE MADEIRAS, 13., Vitória, 2012.

BERNARDO, J. Madeira e técnica: as edificações históricas da Colônia Murici. Curitiba: [s. n.], 2013. 168 p.

BRANDI, C. Teoria da restauração. Cotia: Ateliê Editorial, 2004. 261 p.

GAMA, R. História da Técnica no Brasil Colonial. In: VARGAS, Milton (org.). História da técnica e da tecnologia no Brasil. São Paulo: Editora da Universidade Estadual Paulistana, 1994. 51 p.

CONSELHO INTERNACIONAL DE MONUMENTOS E SÍTIOS. Recomendações para análise, conservação e restauro estrutural do patrimônio arquitetônico. In: ASSEMBLÉIA GERAL DO ICOMOS, 14., 2003,Victoria Falls, Zimbabwe. Anais... 2003.

JOHNSON, H. La madera. Barcelona: Blume, 1994.

JURINA, L.; SPIGNESE, J. M. Consolidare conacciaio inox e acciaio al carbono - Recupero. Disponível em: . Acesso em: 9 dez. 2013.

LIOTTA, G.Gli insetti e i danni del legno: problemi di restauro. 3. ed. Firenze: Nardini, 1998. 150 p.

MARTINS, S. C. F.; ROSSIGNOLO, J. A. Ultrassom em madeira: diagnóstico de conservação e prevenção do patrimônio rural. Revista Complexus, São Paulo, p. 141, 2010.

MAROCHI, M. A. Imigrantes 1870 – 1950: Os europeus em São José dos Pinhais. Curitiba: Travessa dos Editores, 2006. 323 p.

MOLITERNO, A. Caderno de projetos de telhados em estruturas de madeira. 2. ed. São Paulo: Edgard Blucher, 2007.

MORESCHI, J. C. Propriedades da madeira. Curitiba: Universidade Federal do Paraná, 2010. 175 p.

NORMA ITALIANA. UNI 11119: Beni culturali Manufattilig nei Strutture por tanti degli edifici – Ispezione in sito per ladiagnosideglielementi in opera, 2004.

OLIVEIRA, A. M. F. et al. Agentes destruidores da madeira. In: LEPAGE, E. S. (Coord.). Manual de preservação de madeiras. São Paulo: IPT, 1986. v. 2, 701 p.

PEREIRA, M. R. M. Semeando iras rumo ao progresso. Curitiba: UFPR, 1996, 42 p.

SILVA, J. B. Metodologia de análise e diagnóstico da madeira na preservação do patrimônio histórico. 2008. 148 f. Dissertação (Mestrado em Tecnologia e Utilização de Produtos Florestais) - Setor de Ciências Agrárias, Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2008.

ROSS, R. et al. Comparison of several non destructive evaluation techniques for assessing stiffness and MOE of small diameter logs. In: INTERNATIONAL SYMPOSIUM ON NONDESTRUCTIVE TESTING OF WOOD, 12., 2000, Sopron. Proceedings… 2000. p. 155-163.

TAMPONE, G. Il restauro dellestrutturedilegno. Milano: HOEPLI, 1996. 401 p.

TURBANSKI, S. Murici terra nossa: 1º centenário de Fundação 1878 -1978. Curitiba: Gráfica Vicentina, 1978, 244 p.

TURBANSKI, S. Murici terra nossa :1978-2003. Curitiba: Gráfica Editora Amaro, 2005. v. 2, 85 p.

VALENTINI, J. A arquitetura do imigrante polonês na região de Curitiba. Curitiba: Instituto Histórico, Geográfico e Etnográfico Paranaense, 1982.

VIOLLET-LE-DUC, E. E. Restauração. Cotia: Ateliê Editorial, 2000.

WEIMER, G. Arquitetura popular brasileira. São Paulo: Martins Fontes, 2005.




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/1980509826473

Licença Creative Commons