NUTRIENTES FOLIARES DE ESPÉCIES ARBÓREAS NA MATA ATLÂNTICA: EFEITO DO TAMANHO DO FRAGMENTO

Ana Paula da Silva, Dora Maria Villela

Resumo


http://dx.doi.org/10.5902/1980509818449

O presente estudo foi desenvolvido em fragmentos de Mata Atlântica na região de baixadas do Rio de Janeiro, inseridos na área de proteção da bacia do Rio São João. O objetivo deste estudo foi testar a hipótese de que o tamanho do fragmento altera a concentração de macronutrientes em folhas de duas das principais espécies arbóreas (Guarea guidonea e Cupania oblongifolia) ocorrentes nessa área. Folhas adultas de Guarea guidonea e Cupania oblongifolia foram coletadas em três fragmentos pequenos (23 - 33 ha), três médios (130 - 155 ha) e três grandes (500 - 2300 ha). Carbono, N, Ka, Ca e, Mg foram determinados. O tamanho do fragmento em geral não afetou o estado nutricional nas folhas das espécies estudadas. No entanto, a maior concentração de Mg em folhas de Cupania oblongifolia nos fragmentos menores (5,0±0,8 mg/g) em relação aos fragmentos médios (4,0±0,3 mg/g) e grandes (3,5±0,7 mg/g) indica um efeito do tamanho do fragmento sobre este elemento.


Palavras-chave


ciclagem de nutrientes; <i>Cupania oblongifolia</i>; Floresta Tropical; fragmentação florestal

Texto completo:

PDF

Referências


AERTS, R.; CHAPIN, F. S. The mineral nutrition of wild plants revisited: re-evaluation of processes and patterns. Pp. 1-67. In: FITTER AH, RAFFAELLI DG(Ed). Advances in Ecological Research. San Diego, Academic Press, 2000.

ALLEN, S, E. Chemical Analysis of Ecological Materials. 2nd. ed. Blackwell Scientific Publications. London, 1989.

BAMBI, P. et al. Decomposição e redistribuição de nutrientes das folhas de espécies da floresta de transição Amazônia - Cerrado, MT. Ciência e Natura, Santa Maria, v. 33, n. 1, p. 17 - 31, 2011.

BOEGER, M. R. T; WISNIEWSKI, C.; REISSMANN, C. B. Nutrientes foliares de espécies arbóreas de três estádios sucessionais de floresta ombrófila densa no sul do Brasil. Acta. Botânica Brasilica., v. 19, n. 1, p. 167-181, 2005.

BRITEZ, R. M. et al. Chemical characterization of two forests on the coastal plains of the Ilha do Mel, Paraná, Brazil. Developments in Plants and Soil Sciences, v.78, p. 461-462, 1997.

CAMARGO, J. L. C.; KAPOS, V. Complex edge effects in soil moisture and microclimat in Central Amazonian forest. Journal of Tropical Ecology, v. 11, p. 205-221, 1995.

CARVALHO, F. A.; NASCIMENTO, M. T.; BRAGA, J. M. A. Composição e riqueza florística do componente arbóreo da Floresta Atlântica submontana na região de Imbaú, município de Silva Jardim, RJ. Acta Botânica Brasílica, v. 20, n. 3, p. 741-754, 2006.

CARVALHO, F. A.; NASCIMENTO, M. T.; BRAGA, J. M. A. Estrutura e composição florística do estrato arbóreo de um remanescente de Mata Atlântica. Revista Árvore, Viçosa, v. 31, n. 4, p.717-730. 2007.

CARVALHO, F. A.; NASCIMENTO, M. T.; OLIVEIRA-FILHO, A. T. Composição, riqueza e heterogeneidade da flora arbórea da bacia do rio São João, RJ, Brasil. Acta bot. bras. v. 22, n. 4, p. 929-940. 2008.

CARRERA, A. L. et al. (2003) Relationship between plant nitrogen conservation strategies and the dynamics of soil nitrogen in the arid Patagonian Monte, Argentina. Plant Soil, v. 255, p. 595–604.

CUNHA, G. M. et al. Biomassa e estoque de carbono e nutrientes em florestas montanas da mata atlântica na região norte do estado do Rio de Janeiro. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v. 33, p. 1175-1185, 2009.

DIDHAM, R. K. Altered leaf-litter decomposition rates in Tropical forest fragments. Oecologia, v. 116, p. 397-406, 1998.

DRECHSEL, P.; ZECH, W. Foliar nutrient levels of broadleaved tropical trees: a tabular review. Plant and Soil, v. 131, p. 29-46, 1991.

ESPIG, S. A. et al. Composição e eficiência da utilização biológica de nutrientes em fragmento de Mata Atlântica em Pernambuco. Ciêncial Florestal, Santa Maria. v. 18, n. 3, p. 309-316, 2008.

FRAGA, M. M. Regeneração natural de espécies arbóreas em fragmentos de Mata Atlântica na APA da bacia do rio São João, RJ. 93 f. Dissertação (Mestrado). Universidade Estadual do Norte Fluminense, Campos dos Goytacazes, RJ, 2007.

HERRERA, B.; FINEGAN, B. Substrate conditions, foliar nutrients and the distributions of two canopy tree species in a Costa Rican secondary rain forest. Plant and Soil., v. 191, p. 259-267, 1997.

KAPOS, V. et al. Edge-related changes in environment and plant responses due to forest fragmentation in central Amazonia. In: LAURANCE, W. F. & BIERREGAARD-JR, R. O. (Ed). Tropical Forest Remnants: ecology, management, and conservation of fragmented communities. Chicago University Press. Chicago., 1997. p. 33-44.

KELLMAN, M. C. Some environmental components of shifting cultivation in upland Mindanao. Journal of Tropical Geography., v. 28, p. 40-56, 1969.

LARCHER, W. Ecofisiologia Vegetal. São Carlos, Rima. 2000. 531 p.

LAURANCE, W. F. et al. Rain forest fragmentation and the dynamics of Amazonian tree communities. Ecology., p. 2032-2040, 1998.

LIMA, J. A. S. et al. Biomassa radicular fina em fragmentos da Mata Atlântica Fluminense. Floresta (UFPR. Impresso). , v. 41, p. 27 - 38, 2011.

LIMA, J. A. S.; VILLELA, D. M., MANZATTO, C.V. Biomassa arbórea em fragmentos da mata Atlântica fluminense. Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (Embrapa Solos. Online). , v. 127, p. 1 - 24, 2008.

MARTINELLI LA. et al. Variation in Nutrient distribution and Potential Nutrient Losses by Selective Logging in a Humid Tropical Forest of Rondônia, Brazil. Biotropica., v. 32, n. 4ª, p. 597-613, 2000.

MORAES, R. M.; DOMINGOS, M. Elementos minerais em folhas de espécies arbóreas de Mata Atlântica e Mata de Restinga, na Ilha do Cardoso, SP. Revista Brasileira de Botânica., v. 20, n. 2, p. 133-138, 1997.

NASCIMENTO, A. C. P. Produção e aporte de nutrients da serrapilheira produzida em um fragmento de Mata Atlântica da Reserva Biológica União, RJ. Dissertação (Mestrado em Biociências e Biotecnologia). UENF,Campos dos Goytacazes, RJ, 2005.

PORTELA, R. D. E. C. Q.; SANTOS, F. A. M. Produção e espessura da serapilheira na borda e interior de fragmentos florestais de mata atlântica de diferentes tamanhos. Revista Brasileira de Botânica., v. 30, n. 2, p. 271-280, 2007.

PRIMO, P. B.; VOLKER, C. M. Bacias hidrográficas dos rios São João e das Ostras: águas, terras e conservação ambiental. Rio de Janeiro, Consórcio Intermunicipal Lagos São João, 2003.

PROCÓPIO-DE-OLIVEIRA, P. et al. Qualidade do habitat na área de ocorrência do mico-leão-dourado. In: PROCÓPIO-DE-OLIVEIRA P., GRATIVOL A. D., MIRANDA C. R. (Ed). Conservação do mico-leão-dourado., 2008. p. 14-39.

PROCTOR, J. Mineral nutrients in tropical forest and savana ecosystems. Blackwell Scientific Publications. Oxford London Edinburgh. 1989. p. 473 p.

RODRIGUES P. J. F. P.; NASCIMENTO M. T. Fragmentação florestal: Breves Considerações teóricas sobre efeito de borda. Rodriguésia., v. 57, n. 1, p. 63-74, 2006.

RUBINSTEIN, A.; VASCONCELOS, H. L. Leaf-litter decomposition in Amazonian forest fragments. Journal of Tropical Ecology., v. 21, p. 699-702, 2005.

SILVA, A. P. Ciclagem de nutrientes na Mata Atlântica de baixada na APA da bacia do rio São João, RJ: efeito do tamanho do fragmento. Tese (Doutorado). UENF,Campos dos Goytacazes, RJ.

THOMPSON, J. et al. Ecological studies on a lowland evergreen rain forest on Maracá Island,Roraima, Brazil. I. Physical environment, forest structure and leaf chemistry. Journal of Ecology., v. 80, p. 689-703, 1992.

VASCONCELOS, H. L.; LUIZÃO F. J. Litter production and litter-nutrient concentrations in fragmented Amazonian Landscape: Edge and soil effects. Ecologycal Applications., v, 14, n. 3, p. 884-892, 2004.

VIDAL, M. M. et al. Produção de serapilheira em floresta Atlântica secundária numa paisagem fragmentada (Ibiúna, SP): importância da borda e tamanho dos fragmentos. Revista Brasileira de Botânica., v. 30, n. 3, p. 521-532, 2007.

VILLELA, D. M.; PROCTOR, J. Leaf decomposition and monodominant in the Peltogyne Forest of Maracá Island, Brazil. Biotropica., v. 34, p. 334-347, 2002.

VILLELA, D. M. et al. Effect of selective logging on forest structure and nutrient cycling in a seasonally dry brazilian Atlantic forest. Journal of Biogeography., v. 33, p. 506-616, 2006.

VITOUSEK, P. M. Nutrient cycling and limitation: Hawai’I as a model system. Princeton: Environmental Institute series. 2004. 223 p.

YUAN, Z. L. I. L. et al. Soil characteristics and nitrogen resorption in Stipa krylovii native to northern China. Plant and Soil., v. 273, p. 257-268, 2005.

ZAR, J. H. Biostatistical analysis. NewJersey: Prentice Hall International, 1984. 718. p.




DOI: https://doi.org/10.5902/1980509818449

Licença Creative Commons