Anatomia da madeira de duas espécies de Bacccharis, nativas no Rio Grande do Sul

Sidinei Rodrigues dos Santos, José Newton Cardoso Marchiori, Anelise Marta Siegloch, Anabela Silveira de Oliveira-Deble

Resumo


São anatomicamente descritas e ilustradas as madeiras de Baccharis cognata DC. e Baccharis uncinella DC., com base em material procedente do Rio Grande do Sul. As principais características observadas correspondem ao descrito na literatura para o gênero Baccharis e tribo Astereae: porosidade difusa; poros não solitários, muito numerosos (> 100/mm2) e de diâmetro pequeno (< 50µm); elementos vasculares curtos (< 350µm); placas de perfuração simples; vasos com espessamentos espiralados; pontoações intervasculares pequenas (< 7µm) e alternas; pontoações raio-vasculares semelhantes às intervasculares; parênquima paratraqueal fusiforme e seriado; fibras libriformes curtas (< 750µm), não septadas; e presença de cristais. As principais diferenças entre as duas espécies residem na presença ou não de estratificação no parênquima axial, bem como na largura e composição de raios, e no arranjo de poros.


Palavras-chave


Anatomia da madeira; Baccharis; Asteraceae; Astereae

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5902/2358198013967

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




ISSN: 1808-2688 (impresso)      ISSN: 2358-1980 (online)       DOI: 10.5902/23581980

Qualis: B5 (Ciências Agrárias I), B5 (Interdisciplinar), B5 (Direito), B4 (Ensino), B4 (Saúde Coletiva)

 

Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.

 

INDEXADORES: DRJI, PERIÓDICA, LATINDEX, E-JOURNALS.ORG, DIALNET, DIADORIM, SUMÁRIOS.ORG.