Da filosofia da ciência à crise da epistemologia: contribuição à consciência reflexiva da área de comunicação

Francisco Rudiger

Resumo


Quer-se com o artigo apresentar elementos históricos e filosóficos que possam contribuir para o esclarecimento das teses e discussões que, há alguns anos, travam-se no que, por vezes, se chama de “campo epistemológico da comunicação”. Na primeira seção, fala-se das origens e tarefas da filosofia da ciência - ou epistemologia. Em seguida, examina-se a maneira como as ciências humanas se tornaram seu objeto de estudo, apontado os principais estágios reflexivos da matéria. No final, chama-se a atenção para a crise do discurso epistemológico que tem lugar na pós-modernidade, paradoxalmente época de explosão das ciências da comunicação.


Palavras-chave


filosofia da ciência; epistemologia das ciências humanas; ciências da comunicação

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5902/2175497726177 ';



 

Apoio

Universidade Federal de Santa Maria

Programa de Pós-graduação em Comunicação

Animus recebe apoio financeiro do edital

PRÓ-REVISTAS 2017 nº 11/2017

 

ANIMUS - Revista Interamericana de Comunicação Midiática

e-mail: revistaanimus@ufsm.br

Classificação Qualis-CAPES 2015: B1

Temática classificada CNPQ: Comunicação: 6.09.00.00-8

DOI: 10.5902/21754977

Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 


Indexada em:

Compartilhe Revista Animus