Transformações na instância da recepção: a construção do leitor coprodutor em redes sociais digitais

Carlos Sanchotene

Resumo


Objetivamos compreender a construção do leitor coprodutor no contexto do jornalismo em redes sociais digitais. Para tanto, faremos uma retomada sobre a problemática da recepção para situarmos a transformação da posição do sujeito-receptor. A partir da percepção de que os receptores são ativos, a análise sobre a circulação passa a ser vista como o espaço do reconhecimento e de maiores possibilidades de ocorrência interacional, na prática social e de descobertas na investigação. Veremos como o avanço da tecnologia foi significativo para esse processo identificando distintos tipos de leitores. Por fim, concluímos que as redes sociais digitais possibilitaram a democratização das competências desses leitores que manejam com desenvoltura linguagens hipertextuais reconfigurando atos de leitura.


Palavras-chave


Leitor coprodutor; Recepção; Redes sociais digitais

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5902/2175497724968 ';



Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

 

Apoio

Universidade Federal de Santa Maria

Programa de Pós-graduação em Comunicação

Animus recebe apoio financeiro do edital

PRÓ-REVISTAS 2019 nº 046/2019

 

ANIMUS - Revista Interamericana de Comunicação Midiática

e-mail: revistaanimus@ufsm.br

Classificação Qualis-CAPES: A3

Temática classificada CNPQ: Comunicação: 6.09.00.00-8

DOI: 10.5902/21754977

Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.


Indexada em:

Compartilhe Revista Animus