Ainda AIDA? - Uma revisão histórico-crítica da hierarquia dos efeitos publicitários

Rodolfo Rorato Londero

Resumo


O objetivo deste artigo é realizar uma revisão histórico-crítica do modelo AIDA (Atenção-Interesse-Desejo-Ação), bastante conhecido por explicar os efeitos da publicidade. Pretende-se também revisar outras hierarquias dos efeitos publicitários, consideradas desenvolvimentos ou modificações radicais do modelo AIDA. Procura-se entender porque esse modelo perdura por mais de um século, constatando que isto se deve não por causa da confirmação de dados empíricos, mas porque o modelo se ajusta à visão cultural e organizacional dominante. Por fim, sugere-se alternativas ao modelo AIDA, como a fenomenologia e a semiótica.


Palavras-chave


Modelo AIDA; Hierarquia dos efeitos publicitários; Fenomenologia

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5902/2175497721084 ';



 

Apoio

Universidade Federal de Santa Maria

Programa de Pós-graduação em Comunicação

Animus recebe apoio financeiro do edital

PRÓ-REVISTAS 2017 nº 11/2017

 

ANIMUS - Revista Interamericana de Comunicação Midiática

e-mail: revistaanimus@ufsm.br

Classificação Qualis-CAPES 2015: B1

Temática classificada CNPQ: Comunicação: 6.09.00.00-8

DOI: 10.5902/21754977

Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 


Indexada em:

Compartilhe Revista Animus