Censura, distanciamento e aproximações: a cobertura sobre o pasquim no jornal norte-americano The New York Times

Márcia Neme Buzalaf

Resumo


A história do jornalismo brasileiro durante a ditadura civil-militar vem sendo enriquecida à medida que novas fontes historiográficas são reveladas e analisadas. O objetivo deste artigo é situar o olhar estrangeiro do jornal norte-americano The New York Times sobre a publicação O Pasquim durante o período da censura, entre 1969 e 1975, quando foram publicadas cinco reportagens sobre o periódico carioca. Partindo da análise crítica em relação ao jornal como fonte historiográfica, o objetivo aqui é discutir os critérios de noticiabilidade do jornal norte-americano sobre a censura aos impressos brasileiros, bem como sobre a forma com que o Pasquim foi representado, e a relação entre as políticas dos governantes, os movimentos culturais nos Estados Unidos com o conteúdo publicado em um dos jornais mais importantes do mundo.

Palavras-chave


O Pasquim; New York Times; critérios de noticiabilidade

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5902/2175497720828 ';





 

Apoio

Universidade Federal de Santa Maria

Programa de Pós-graduação em Comunicação

Animus recebe apoio financeiro do edital

PRÓ-REVISTAS 2017 nº 11/2017

 

ANIMUS - Revista Interamericana de Comunicação Midiática

e-mail: revistaanimus@ufsm.br

Classificação Qualis-CAPES: A3

Temática classificada CNPQ: Comunicação: 6.09.00.00-8

DOI: 10.5902/21754977

Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.


Indexada em:

Compartilhe Revista Animus