Literatura marginal como projeto de resistência: uma leitura a partir de três romances de Ferréz

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5902/1679849X67523

Palavras-chave:

Literatura marginal, Resistência, Capão pecado, Manual prático do ódio, Deus foi almoçar.

Resumo

A partir do estabelecimento da literatura como campo do conhecimento, regras e valores instituídos por estudiosos passaram a indicar o que é ou não literatura. A literatura se tornou altamente seletiva e reacionária, pois se baseou no gosto de determinada classe social negando textos que não se enquadrassem em seus padrões. Passou a considerar textos e escritores fora de seu eixo como literatura marginal. Todavia, em contraposição a esse estigma negativo, nos últimos anos do século XX, surgiu uma nova modalidade literária que passa a se denominar literatura marginal em contraposição à acepção negativa empregada aos que foram classificados sob essa marca. Dentre os escritores dessa modalidade destaca-se Ferréz. Aqui será feita breve análise de seus três romances com a finalidade de demonstrar a força desse movimento, sua forma de resistência aos preceitos literários institucionalizados e seu caráter de denúncia à violência que estão submetidas comunidades periféricas e sujeitos marginalizados.

Biografia do Autor

Ricardo José dos Santos Neto, Universidade Federal de Minas Gerais

Doutorando em Literatura Brasileira (na área de pesquisa História, Cultura e Memória) pelo Programa de Pós-Graduação em Literatura da UFMG. Suas pesquisas estão relacionadas ao estudo da Literatura marginal (em especial a Literatura Marginal-periférica). Trabalha com as questões inerentes ao cânone e o marginal; representações e lugar de fala; marginalidade e resistência por meio da literatura. Se interessa na pesquisa sobre testemunho dos marginalizados brasileiros e as questões relacionadas às favelas e periferias. Mestre em Literatura Brasileira pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Graduado em Letras e Biblioteconomia pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Referências

BOURDIEU, Pierre. As regras da arte: gênese e estrutura do campo literário. Tradução Maria Lucia Machado. São Paulo: Companhia das Letras, 1996.

CANDIDO, Antonio. Formação da literatura brasileira: momentos decisivos. 6. ed. Belo Horizonte: Itatiaia, 2000. v. 1/v. 2. (Coleção Reconquista do Brasil; 2ª serie, v.177/178).

CAROS AMIGOS. Caros Amigos Literatura Marginal – A Cultura da Periferia. Organização Ferréz. São Paulo, volume único, 2001. Contém os volumes: Ato I, Ato II e Ato III. 2001, 2003, 2005.

CASTRO ORELLANA, Rodrigo de. A ética da resistência Castro. Ecopolítica, v. 2, p. 37-63, 2012. Disponível em: <https://revistas.pucsp.br/index.php/ecopolitica/article/view/9089>. Acesso em: 13 ago. 2021.

CHAVES, Luana Hordones; OLIVEIRA, Jerônimo Dantas de; SILVA, Luciana Meire da. Ódio na prática: reflexões acerca da narrativa Manual prático do ódio, de Ferréz. Baleia na Rede – Revista Eletrônica do grupo de Pesquisa em Cinema e Literatura, v. 1, n. 7, ano 7, p. 66-79, dez. 2010. Disponível em: <http://www2.marilia.unesp.br/revistas/index.php/baleianarede/article/view/1498>. Acesso em: 13 ago. 2021.

CRUZ, Adélcio de Sousa. Narrativas contemporâneas da violência: Fernando Bonassi, Paulo Lins e Ferréz. Tese (Doutorado) – Universidade Federal de Minas Gerais, Faculdade de Letras, Belo Horizonte, 2009.

FERRÉZ. Capão pecado. 2. ed. São Paulo: Planeta, 2016.

FERRÉZ. Deus foi almoçar. São Paulo: Planeta, 2012.

FERRÉZ. Deus foi almoçar. São Paulo: Planeta, 2012a. OLIVEIRA, Rejane Pivetta de; PELLIZZARO, Tiago. Marginalidade e resistência em Deus foi almoçar, de Ferréz. ANTARES, v. 6, n. 12, p. 21-25, jul./dez. 2014. Disponível em: <http://www.ucs.br/etc/revistas/index.php/antares/article/view/3177>. Acesso em: 13 ago. 2021.

FERRÉZ. Literatura e resistência. Direção e produção Ferréz. São Paulo: Selo Povo; 1 da Sul, 2009. Documentário. 1 DVD.

FERRÉZ. Manual prático do ódio. São Paulo: Planeta, 2014.

FERRÉZ. Papo reto e sem frescura com Ferréz!. Henry Bugalho, Canal do YouTube, 13 set. 2019. Entrevista concedida a Henry Bugalho. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=vzwWqns0pr8&list=PLz_9Oq37Fm_rmUUyTdl7vRxmuItKLoBdl&index=3&t=0s>. Acesso em: 13 ago. 2021.

FERRRÉZ (Org.). Literatura marginal: talentos da escrita periférica. Rio de Janeiro: Agir, 2005.

FINOTTI, Ivan. Bem-vindo ao “fundo do mundo”. Folha de São Paulo, São Paulo quinta-feira, 06 jan. 2000. Disponível em: <https://www1.folha.uol.com.br/fsp/ilustrad/fq0601200006.htm>. Acesso em: 13 ago. 2021.

GINZBURG, Jaime. Cânone e valor estético em uma teoria autoritária da literatura. Revista de Letras, São Paulo, n. 44, v. 1, p. 97-111, 2004. Disponível em: <https://periodicos.fclar.unesp.br/letras/article/view/243>. Acesso em: 13 ago. 2021.

HERNÁNDEZ ROMERO, Marissel. Has the game changed?. Veredas – Revista da Associação Internacional de Lusitanistas, n. 29, p. 212-232, jan./jun. 2018. Disponível em: <https://revistaveredas.org/index.php/ver/article/view/399>. Acesso em: 13 ago. 2021.

JOÃO GORDO. Cuscuz Vegano com Ferréz. Panelaço com João Gordo, Canal do YouTube, 04 de fev. de 2016. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=sDhREMjamH8>. Acesso em: 13 ago. 2021.

NASCIMENTO, Érica Peçanha do. Literatura marginal: os escritores da periferia entram em cena. Dissertação – (Mestrado) Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo – USP, São Paulo, 2006.

PATROCÍNIO, Paulo Roberto Tonani do. Escritos à margem. A presença de autores de periferia na cena literária brasileira. Rio de Janeiro: 7Letras ; Faperj, 2013.

ROCHA, João César de Castro Rocha. A guerra de relatos no Brasil contemporâneo. Ou: a “dialética da marginalidade”. Letras. Santa Maria, n. 32, p.23-70, jan./jun. 2006. Disponível em: <https://periodicos.ufsm.br/letras/article/view/11909/7330>. Acesso em: 13 ago. 2021

WALTY, Ivete Lara Camargos. Literatura marginal: estética, ética e política. In: WALTY, Ivete Lara Camargos; GUIMARÃES, Raquel Beatriz Junqueira (Org.). Literatura Marginal e sua crítica. São Paulo: Hucitec, 2018. (Linguagem e cultura, 57).

WILLIAMS, Raymond. Marxismo e literatura. Rio de Janeiro: Zahar, 1979.

Downloads

Publicado

2021-12-29 — Atualizado em 2022-01-13

Versões

Como Citar

dos Santos Neto, R. J. (2022). Literatura marginal como projeto de resistência: uma leitura a partir de três romances de Ferréz. Literatura E Autoritarismo, (38). https://doi.org/10.5902/1679849X67523 (Original work published 29º de dezembro de 2021)