O grão e a palha do ser: vida e sacralidade

Linda Maria de Jesus Bertolino, Rogério Silva Lima

Resumo


Resumo: O presente estudo tem por objetivo refletir sobre a noção de vida e sacralidade, na segunda narrativa que compõe o romance Um homem é muito pouco (2010), do escritor maranhense Ronaldo Costa Fernandes. Nele buscarei verificar como o sacro abre possibilidades para pensar o enquadramento do corpo (o grão), a partir da condição trágica do ser (a palha). Para falar do sagrado, pensado aqui apenas como um artificio retórico de enquadramento da vida, partirei da noção de cidadania - termo que visualizo como uma estratégia de controle sobre o corpo. Assim, é sob essa perspectiva que me aproximo das categorias: sacro e profanação, para mostrar como os personagens conseguem rebelar-se à embriaguez do poder, o que os tornam sujeitos facilmente matáveis. Para falar dessas categorias, recorro aos discursos teóricos de Giorgio Agamben em Homo Sacer: o poder soberano e a vida nua (2010) e O uso dos corpos (2017).


Palavras-chave


Vida; Sagrado; Profano; Matável

Texto completo:

PDF

Referências


AGAMBEN, Giorgio. O que é o contemporâneo? E outros ensaios. Trad. Vinicius N. Honesko. Chapecó: Argos, 2009.

AGAMBEN, Giorgio. O uso dos corpos. Trad. Selvino. São Paulo: Boitempo Editorial. 2017.

AGAMBEN, Giorgio. Homo sacer: o poder soberano e a vida nua I. Trad. Henrique Burigo. 2ª ed. Belo Horizonte: UFMG, 2010.

AGAMBEN, Giorgio. Estado de exceção: homo sacer II, I. São Paulo: Boitempo, 2004.

AGAMBEN, Giorgio. Profanações. São Paulo: Boitempo Editorial, 2007.

FERNANDES, Ronaldo Costa. Um homem é muito pouco. São Paulo: Nankin, 2010.

FOUCAULT, Michel. Em defesa da sociedade. São Paulo: Martins Fontes, 2005.

SLOTERDIJD, Peter. Regras para o parque humano: uma proposta à carta de Heidegger sobre o humanismo. Trad. José de A. Marques. São Paulo: Estação Liberdade, 2000.




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/1679849X34341

 

CONTATO:

E-mail: revista.la.ufsm@gmail.com

Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
Prédio 16 - Centro de Educação - PPG Letras
Av. Roraima, 1000 - Cidade Universitária
97105-900 - Santa Maria - RS, Brasil.
Telefone: +55 55 3220 8477

Link: https://periodicos.ufsm.br/LA


ISSN: 1679-849X

DOI: http://dx.doi.org/10.5902/1679849X

Qualis/Capes: Linguística e Literatura A3


Periodicidade – Semestral

O recebimento de artigos caracteriza-se por fluxo contínuo sem que seja possível prever a data de sua publicação.

 

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

 

     

 

http://mjl.clarivate.com/cgi-bin/jrnlst/jlresults.cgi?PC=EX&Full=*Literatura%20e%20Autoritarismo

Resultado de imagem para DOAJ

https://doaj.org/toc/1679-849X

https://www.latindex.org/latindex/ficha?folio=19485

http://diadorim.ibict.br/handle/1/1018

 

 

http://oaji.net/journal-detail.html?number=6577

http://ezb.uni-regensburg.de/searchres.phtml?bibid=AAAAA&colors=7&lang=de&jq_type1=QS&jq_term1=Literatura+e+Autoritarismo

 

https://dbh.nsd.uib.no/publiseringskanaler/erihplus/periodical/info.action?id=491293

BASE Logo

https://www.base-search.net/

http://journalseeker.researchbib.com/view/issn/1679-849X

https://www.worldcat.org/title/literatura-e-autoritarismo/oclc/1002237522&referer=brief_results

https://scholar.google.com.br/citations?user=cnXbenUAAAAJ&hl=pt-BR

 

https://www.tib.eu/en/search/id/TIBKAT%3A894744321/Literatura-e-autoritarismo/

https://thekeepers.org/journals/1679-849X?page=1&query=Literatura+e+Autoritarismo

 

http://www.i2or.com/8.html (Nr. 763)

https://index.pkp.sfu.ca/index.php/browse/index/2374

http://miar.ub.edu/issn/1679-849X

https://clasificacioncirc.es/resultados_busqueda?_pag=1&_busqueda2=Literatura%20e%20Autoritarismo

https://reseau-mirabel.info/revue/6394/Literatura_e_autoritarismo