O discurso ideológico-nacionalista em cartilha distribuída pelo exército do RS durante o período ditatorial no brasil

João Paulo Massoti, Silvia Niederauer

Resumo


Este artigo se propõe a pensar a Ditadura Militar brasileira e a reprodução do seu pensamento ideológico através do estudo do discurso na Carta a um recruta entregue aos jovens em idade para o alistamento militar no ano de 1968 no Estado do Rio Grande do Sul. Escrita pelo Ten. Cel. Jonas Correia Neto e expedida pelo Ministério do Exército sob a supervisão e coordenação da Secretaria de Educação e Cultura - Coordenação de Educação Moral e Cívica do RS, a carta possui uma voz paternal que se propõe a mostrar ao jovem que o melhor caminho a seguir é o da ordem e da obediência. Para pensar ideologia será elaborada uma construção conceitual baseada no estudo das realidades vividas pela sociedade no contexto histórico geral (a ditadura), visando compreender as inúmeras incoerências presentes na carta (discurso militar), a fim de atenuar ou minimizar as arbitrariedades cometidas em nome do Estado. O estudo proposto apresenta aporte teórico a partir da concepção de ideologia de autores como Slavoj Zizek e Sigmun Freud que discorrem sobre o modo inconfesso de servir algum interesse particular de poder.

Texto completo:

PDF

Referências


ALTHUSSER, Louis. Aparelhos ideológicos de estado: Nota sobre os aparelhos ideológicos de estado. 3 ed. Rio de Janeiro: Graal, 1985.

CORREIA NETO, Jonas. Carta a um recruta. Rio Grande do Sul, Secretaria de Educação e Cultura, 1967.

FICO, Carlos. Espionagem, polícia política, censura e propaganda. Os pilares básicos da repressão. In: FERREIRA, Jorge & DELGADO, Lucilia de Almeida Neves (Org.). O Brasil Republicano. O tempo da ditadura. Regime militar e movimentos sociais em fins do século XX. 1. ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2003.

FREUD, Sigmund. Duas massas artificiais: igreja e exército [1921]. In: Psicologia das massas e análise do eu e outros textos (1920-1923). Tradução e notas Paulo César de Souza. São Paulo, Companhia das Letras, 2011.




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/1679849X27977

 

CONTATO:

E-mail: revista.la.ufsm@gmail.com

Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
Prédio 16 - Centro de Educação - PPG Letras
Av. Roraima, 1000 - Cidade Universitária
97105-900 - Santa Maria - RS, Brasil.
Telefone: +55 55 3220 8477

Link: https://periodicos.ufsm.br/LA


ISSN: 1679-849X

DOI: http://dx.doi.org/10.5902/1679849X

Qualis/Capes: Linguística e Literatura A3


Periodicidade – Semestral

O recebimento de artigos caracteriza-se por fluxo contínuo sem que seja possível prever a data de sua publicação.

 

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

 

     

 

http://mjl.clarivate.com/cgi-bin/jrnlst/jlresults.cgi?PC=EX&Full=*Literatura%20e%20Autoritarismo

Resultado de imagem para DOAJ

https://doaj.org/toc/1679-849X

https://www.latindex.org/latindex/ficha?folio=19485

http://diadorim.ibict.br/handle/1/1018

 

 

http://oaji.net/journal-detail.html?number=6577

http://ezb.uni-regensburg.de/searchres.phtml?bibid=AAAAA&colors=7&lang=de&jq_type1=QS&jq_term1=Literatura+e+Autoritarismo

 

https://dbh.nsd.uib.no/publiseringskanaler/erihplus/periodical/info.action?id=491293

BASE Logo

https://www.base-search.net/

http://journalseeker.researchbib.com/view/issn/1679-849X

https://www.worldcat.org/title/literatura-e-autoritarismo/oclc/1002237522&referer=brief_results

https://scholar.google.com.br/citations?user=cnXbenUAAAAJ&hl=pt-BR

 

https://www.tib.eu/en/search/id/TIBKAT%3A894744321/Literatura-e-autoritarismo/

https://thekeepers.org/journals/1679-849X?page=1&query=Literatura+e+Autoritarismo

 

http://www.i2or.com/8.html (Nr. 763)

https://index.pkp.sfu.ca/index.php/browse/index/2374

http://miar.ub.edu/issn/1679-849X

https://clasificacioncirc.es/resultados_busqueda?_pag=1&_busqueda2=Literatura%20e%20Autoritarismo

https://reseau-mirabel.info/revue/6394/Literatura_e_autoritarismo