A estrutura da hesitação: análise do conto “Eveline”, de James Joyce, segundo conceitos de Anthony Giddens

Daniella Paez Coelho, Vera Lucia Lenz Vianna

Resumo


No conto de James Joyce, “Eveline”, da obra Dubliners (1914), desenvolve-se o conflito de uma jovem frente à tomada de uma decisão que lhe pode ditar o destino. Construída predominantemente por fluxo de consciência, a narrativa centra-se no espaço interior da protagonista. A condição de Eveline assemelha-se aos conflitos reais, estudados e diagnosticados pelo sociólogo Anthony Giddens, em sua obra Modernidade e identidade (2002). Aplicando conceitos-chave da obra de Giddens, este trabalho objetivou analisar a protagonista, entendendo sua situação como um exemplo do desafio de como o “projeto reflexivo do eu”, a que Giddens chama a constante elaboração da auto-identidade, move, nos indivíduos modernos, sensações de “medo”, “ansiedade”, “insegurança”, “isolamento”. Sob esta perspectiva, a relação entre ficção e realidade revela-se ainda mais estreita neste conto, em que o realismo descritivo, característica marcante de Joyce, faz de Eveline uma “quase pessoa”.

Texto completo:

PDF

Referências


AUERBACH, Erich. Mimesis: a representação da realidade na Literatura Ocidental. São Paulo: Perspectiva, 2004.

BROW, Terrence. Introduction. In: JOYCE, James. “Eveline”. In:______.Dubliners. Penguin Books, 1992. pp. vii-xlix.

FORSTER, Edward Morgan. Aspects of the Novel. London: Penguin Books, 1976.

GIDDENS, Anthony. Modernidade e identidade. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 2002.

JOYCE, James. Eveline. In:______.Dubliners. London: Penguin Books, 1992. pp. 29-34.




DOI: https://doi.org/10.5902/1679849X27271

 

CONTATO:

E-mail: revista.la.ufsm@gmail.com

Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
Prédio 16 - Centro de Educação - PPG Letras
Av. Roraima, 1000 - Cidade Universitária
97105-900 - Santa Maria - RS, Brasil.
Telefone: +55 55 3220 8477

Link: https://periodicos.ufsm.br/LA


ISSN: 1679-849X

DOI: http://dx.doi.org/10.5902/1679849X

Qualis/Capes: Linguística e Literatura B2


Periodicidade – Semestral

O recebimento de artigos caracteriza-se por fluxo contínuo sem que seja possível prever a data de sua publicação.

 

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

 

     

 

http://mjl.clarivate.com/cgi-bin/jrnlst/jlresults.cgi?PC=EX&Full=*Literatura%20e%20Autoritarismo

Resultado de imagem para DOAJ

https://doaj.org/toc/1679-849X

https://www.latindex.org/latindex/ficha?folio=19485

http://diadorim.ibict.br/handle/1/1018

 

 

http://oaji.net/journal-detail.html?number=6577

http://ezb.uni-regensburg.de/searchres.phtml?bibid=AAAAA&colors=7&lang=de&jq_type1=QS&jq_term1=Literatura+e+Autoritarismo

 

https://dbh.nsd.uib.no/publiseringskanaler/erihplus/periodical/info.action?id=491293

BASE Logo

https://www.base-search.net/

http://journalseeker.researchbib.com/view/issn/1679-849X

https://www.worldcat.org/title/literatura-e-autoritarismo/oclc/1002237522&referer=brief_results

https://scholar.google.com.br/citations?user=cnXbenUAAAAJ&hl=pt-BR

 

https://www.tib.eu/en/search/id/TIBKAT%3A894744321/Literatura-e-autoritarismo/

https://thekeepers.org/journals/1679-849X?page=1&query=Literatura+e+Autoritarismo

 

http://www.i2or.com/8.html (Nr. 763)

https://index.pkp.sfu.ca/index.php/browse/index/2374

http://miar.ub.edu/issn/1679-849X

https://clasificacioncirc.es/resultados_busqueda?_pag=1&_busqueda2=Literatura%20e%20Autoritarismo

https://reseau-mirabel.info/revue/6394/Literatura_e_autoritarismo