Fisioterapia na disfunção temporomandibular

Roberta Simões Nogueira Vasconcelos, Lidia Audrey Rocha Valadas Marques, Maria Cymara Pessoa Kuehner, Karoline Sampaio Nunes Barroso, Camila Costa Dias, José Ronildo Lins do Carmo Filho, Ana Cristina de Mello Fiallos, Mariana Lima Fernandes

Resumo


OBJETIVO: Avaliar os resultados do tratamento fisioterapêutico em pacientes com disfunção temporomandibular (DTM). MATERIAS E MÉTODOS: Foram coletados dados dos prontuários de uma Clínica Universitária de Fisioterapia na cidade de Fortaleza. Os itens avaliados nos prontuários foram idade, gênero, ocupação, queixa principal, doenças associadas e tratamentos prévios. RESULTADOS: A predominância dos pacientes foi do gênero feminino (76,5%) e estudantes universitários da instituição. Entre as principais queixas encontram-se dor na ATM e músculos mastigatórios, ruídos da ATM, limitação para abertura bucal e cefaléia. Em associação à DTM, foram encontradas principalmente alterações posturais e fibromialgia. Correções ortodônticas e uso de placas foram os tratamentos odontológicos mais realizados pelos pacientes. Mais da metade dos pacientes obtiveram melhoras significativas, como: redução da dor muscular e na ATM, aumento da amplitude de movimento, ajustes posturais, diminuição dos estalidos e da cefaleia. CONCLUSÃO: A intervenção fisioterapêutica foi decisiva para o controle dos sintomas e prevenção de agravos, proporcionando uma melhora da funcionalidade.

 


Palavras-chave


Disfunção temporomandibular; Etiologia; Fisioterapia

Texto completo:

PDF

Referências


Amaral AP, Politti F, Hage YE,Arruda EEC, Amorin CF, Biasotto-Gonzalez DA. Efeito imediato da mobilização mandibular inespecífica sobre o controle postural em indivíduos com disfunção temporomandibular: ensaio clínico controlado, simples cego, randomizado. Brazilian Journal Of Physical Therapy. 2013; 17(2):121-7.

Andrade TNC, Frare J. Estudo comparativo entre os efeitos de técnicas de terapia manual isoladas e associadas à laserterapia de baixa potência sobre a dor em pacientes com disfunção temporomandibular. RGO. 2008; 56(3):287-95.

Assis TO, Soares MS, Victor MM. O uso do laser na reabilitação das desordens temporomandibulares. Fisioter. Mov. 2012; 25(2):453-9.

Basso D, Correa E, Silva AM. Efeito da reeducação postural global no alinhamento corporal e nas condições clínicas de indivíduos com disfunção temporomandibular associada a desvios posturais. Fisioterapia e Pesquisa. 2010; 17(1):63-8.

Carrara SV, Conti PCR, Barbosa JS. Termo do 1º Consenso em Disfunção Temporomandibular e Dor Orofacial. Dental Press J Orthod. 2010; 15(3):114-20.

Catao MHCV. et al. Avaliação da eficácia do laser de baixa intensidade no tratamento das disfunções têmporo-mandibular: estudo clínico randomizado. Rev. Cefac. 2012. volume

Consalter E, Sanches ML, Guimarães AS. Correlação entre disfunção temporomandibular e fibromialgia. Rev Dor. 2010; 11(3):237-41.

Damasceno FM, Barbieri LG. O tratamento fisioterapêutico nas disfunções da articulação temporomandibular: uma revisão integrativa. Revista Digitar. 2014;1(5):03-15.

Donnarumma MC, Muzilli AC, Ferreira C, Nemr K. Disfunções Temporomandibulares: sinais, sintomas e abordagem multidisciplinar. Rev. Cefac. 2010;12(5):788-94.

Freitas DG; Pinheiro ICO; Vantin K, Meinrath NCM, Carvalho NAA. Os efeitos da desativação dos pontos-gatilho miofasciais, da mobilização articular e do exercício de estabilização cervical em uma paciente com disfunção temporomandibular: um estudo de caso. Fisioter Mov. 2011; 24(1):33-8.

Furlan RMMM. O uso da crioterapia no tratamento das disfunções temporomandibulares. Rev. Cefac. 2015; 17(2):648-55.

Garcia JD; Oliveira AAC. A fisioterapia nos sinais e sintomas da disfunção da articulação temporomandibular (ATM). Revista Hórus. 2011; 5(1): 113-24.

Grossmann E et al. O uso da estimulação elétrica nervosa transcutânea na disfunção temporomandibular. Rev Dor. 2012; 13(3): 271-6.

Ilibio GBM. Tratamento funcional das disfunções temporomandibulares: uma revisão sistematica. 2011. 42 f. Monografia (Especialização) - Curso de Curso de Pós-graduação Especialização em Traumato Ortopedia e Esportiva, Universidade do Extremo Sul Catarinense - Unesc, Criciuma, 2011.

Mourão NLA, Mesquita VT. A Importância da Fisioterapia no Tratamento das Disfunções da Atm. Revista Terapia Manual: Fisioterapia Manipulativa. 2006; 4(16):66-9.

Santos LFS, Pereira MCA. A efetividade da terapia manual no tratamento de disfunções temporomandibulares (DTM): uma revisão da literatura. Rev. Aten. Saúde. 2016;14(49):72-7.

Sartoretto SC, Bello YD, Della Bona A. Evidências científicas para o diagnóstico e tratamento da DTM e a relação com a oclusão e a ortodontia. RFO Passo Fundo. 2012; 17(3):352-9.

Tenreiro M, Santos R.Terapia manual nas disfunções da ATM. Rio de Janeiro: Rubio, 2011.

Torres F, Campos LG, Fillipini HF, Weigert KL, Vecchia GFD. Efeitos dos tratamentos fisioterapêutico e odontológico em pacientes com disfunção temporomandibular. Fisioter Mov. 2012; 25(1):117-25.

Tosato JP; Caria PHF. Prevalência de DTM em diferentes faixas etárias. RGO. 2006; 51(1):211-224.




DOI: https://doi.org/10.5902/2236583427266

Direitos autorais 2019 Saúde (Santa Maria)

______________________________________________________________

Peridiocidade: Fluxo Contínuo.


Qualis:


Interdisciplinar e Educação Física - B3

Ciências Ambientais, Enfermagem, Odontologia e Saúde Coletiva - B4

Medicina Veterinária - B5

Biotecnologia e Ciências Biológias II - C

  

 Licença Creative Commons 

Saúde (Santa Maria) ∴ revistasaude.ufsm@gmail.com

eISSN 2236-5834 ∴ DOI 10592/22365834

 

Acessos desde 08/08/2013.