Características sociodemográficas maternas e perfil das crianças internadas em um hospital do sul do Brasil

José Aparecido Granzotto, Denise Marques Mota, Amilcare Angelo Vecchi, Elitiele Ortiz dos Santos, Eduardo Rodrigues Gonçalves, Joana Beatriz Younan da Silva, Marina de Moura Umpierre, Sandra Mara Caetano Moraes

Resumo


Objetivo: conhecer as características sociodemográficas maternas e o perfil epidemiológico dos pacientes pediátricos internados em um Hospital Universitário. Método: estudo transversal descritivo realizado entre janeiro de 2008 a dezembro de 2010. A coleta de dados foi realizada através de questionário aos familiares, incluindo informações socioeconômicas maternas e características das crianças. As variáveis foram analisadas através do programa Data Analysis and s Statistical Software (Stata C11). Resultados: constatou-se um predomínio de mães jovens, fumantes, com mais de quatro anos de estudo, renda familiar entre um e dois salários mínimos e que desenvolvem atividades no lar. A maioria das crianças era do sexo masculino menores de um mês de idade com diagnóstico de doenças respiratórias e período de internação inferior a uma semana. Conclusão: notou-se uma melhora nas condições socioeconômicas e escolaridade entre as mães e um aumento de mães fumantes. Entre as crianças houve um predomínio do sexo masculino e de recém nascidos com problemas respiratórios.


Palavras-chave


Pediatria; Hospitalização; Doenças respiratórias

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5902/217976928466



Licença Creative Commons
Este site está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.