Análise da produção de estudos com métodos mistos na avaliação de serviços de saúde mental

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5902/2179769238739

Palavras-chave:

Pesquisa, Métodos, Avaliação em Saúde, Enfermagem

Resumo

Objetivo: analisar os desenhos de pesquisa de métodos mistos produzidos sobre avaliação de serviços de saúde mental. Método: estudo de análise documental, realizado nos meses de abril a junho de 2019, o qual analisou os desenhos de pesquisas de métodos mistos de avaliação de serviços de saúde mental, realizadas entre 2006 e 2016, por um grupo de pesquisa em enfermagem. Resultados: são apresentados três estudos de métodos mistos de avaliação de serviços de saúde mental da região sul do Brasil, todos desenvolvem-se a partir de uma dinâmica de integração similar. São apresentadas as etapas de integração, os objetivos, a metodologia e os eixos analíticos. Considerações finais: a realização de estudos de métodos mistos possibilitou a identificação de pontos de integração e convergência entre as abordagens quantitativas e qualitativas. Ressalta-se o potencial da metodologia para estudos avaliativos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Guilherme Emanuel Weiss Pinheiro, Universidade Federal de Santa Maria

Professor do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico no Colégio Politécnico da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Enfermeiro, especialista em Estratégia Saúde da Família (UFPel) e em Atenção Psicossocial (UFSC), mestre em Ensino na Saúde pelo Programa de Pós-Graduação em Ensino na Saúde (Mestrado Profissional) da Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA), doutorando em Enfermagem no Programa de Pós-Graduação em Enfermagem na UFPel. e-mail: guilhermeewp@politecnico.ufsm.br Santa Maria - RS

Angela Maria Pereira dos Santos, Universidade Federal de Santa Maria

Psicóloga, Estudante do Curso Técnico em Enfermagem do Colégio Politécnico da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Bolsista de Iniciação Científica do Programa Especial de Incentivo à Pesquisa para o Servidor Mestre (PEIPSM) da UFSM. e-mail: angelacooplantio@hotmail.com Santa Maria - RS.

Luciane Prado Kantorski, Universidade Federal de Pelotas

Enfermeira. Doutora em Enfermagem. Professora Titular da Universidade Federal de Pelotas (UFPEL). e-mail: kantorski@uol.com.br Pelotas - RS.

Referências

Creswell JW. Investigação qualitativa e projeto de pesquisa: escolhendo entre cinco abordagens. Porto Alegre (RS): Penso; 2014.

Creswell JW, Clark VLP. Pesquisa de métodos mistos. Porto Alegre (RS): Penso; 2013.

Paranhos R, Figueiredo Filho DB, Rocha EC, Silva Júnior JA, Freitas D. Uma introdução aos métodos mistos. Sociologias [Internet]. 2016 maio-ago [acesso em 2019 jun 20];42(18):384-411. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1517-45222016000200384&script=sci_abstract&tlng=pt doi:10.1590/15174522-018004221

Ozawa S, Pongpirul K. 10 best resources on... mixed methods research in health systems. Health Policy Plan [Internet]. 2013 abr [acesso em 2019 jun 18];29(3):323-7. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/23564372 doi:10.1093/heapol/czt019

Schoonenboom J, Johnson RB. How to construct a mixed methods research design. Kolner Z Soz Sozpsychol [Internet]. 2017 [acesso em 2019 jun 18];69:107–31. Disponível em: https://link.springer.com/article/10.1007/s11577-017-0454-1 doi:10.1007/s11577-017-0454-1

Guetterman TC, Fetters MD, Creswel JW. Integrating quantitative and qualitative results in health science mixed methods research through joint displays. Ann Fam Med [Internet] 2015 nov-dez [acesso em 2019 jun 20];13(6):554-61. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/26553895 doi:10.1370/afm.1865

Sá-Silva JR, Almeida CD, Guindani JF. Pesquisa documental: pistas teóricas e metodológicas. Rev Bras Hist Ciênc Soc [Internet]. 2009 jan-jun [acesso em 2019 maio 11];1(1):1-15. Disponível em: https://www.rbhcs.com/rbhcs/article/view/6/pdf

Garcia Junior EF, Medeiros S, Augusta C. Análise documental: uma metodologia da pesquisa para a Ciência da Informação. Temática [Internet]. 2017 jul [acesso em 2019 maio 11];13(7):138-50. Disponível em: http://www.periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/tematica/article/view/35383/18042

Silva HCC, Siqueira AO, Araújo MAV, Dornelas JS. Sejamos pragmáticos: pesquisas em sistemas de informação com relevância e rigor. iSys Rev Bras Sist Inf [Internet]. 2017 dez [acesso em 2019 jun 24];10(4):66-79. Disponível em: http://www.seer.unirio.br/index.php/isys/article/view/6664/6252

Dal-Farra RA, Fetters MD. Recentes avanços nas pesquisas com métodos mistos: aplicações nas áreas de Educação e Ensino. Acta Sci [Internet]. 2017 maio-jun [acesso em 2019 jun 15];19(3):466-92. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/325090710_Recentes_avancos_nas_pesquisas_com_metodos_mistos_aplicacoes_nas_areas_de_Educacao_e_Ensino_Recent_advances_in_mixed_methods_research_Applications_in_the_fields_of_Education_and_Teaching

Halcomb E, Hickman L. Mixed methods research. Nurs Stand [Internet]. 2015 [acesso em 2019 maio 20];29(32):41-7. Disponível em: https://ro.uow.edu.au/cgi/viewcontent.cgi?article=3676&context=smhpapers doi:10.7748/ns.29.32.41.e8858

Sautu R. Todo es teoría: objetivos y métodos de investigación. Buenos Aires: Lumiere; 2005.

Cardano M. Métodos qualitativos para pesquisa em saúde. J Nurs Health [Internet]. 2017 set-dez [acesso em 2019 jun 18];7(3):e177306. Disponível em: https://periodicos.ufpel.edu.br/ojs2/index.php/enfermagem/article/view/12847/8061

Galvão MCB, Pluye P, Ricarte ILM. Métodos de pesquisa mistos e revisões de literatura mistas: conceitos, construção e critérios de avaliação. InCID Rev Ciênc Inf Doc [Internet]. 2017 set-fev [acesso em 2019 jun 2018];8(2):4-24. Disponível em: http://www.revistas.usp.br/incid/article/view/121879/133611 doi: 10.11606/issn.2178-2075.v8i2p4-24

Almalk S. Integrating quantitative and qualitative data in mixed methods research: challenges and benefits. J Educ Learn [Internet]. 2016 jul [acesso em 2019 jun 2018];5(3):288-96. Disponível em: https://files.eric.ed.gov/fulltext/EJ1110464.pdf doi:10.5539/jel.v5n3p288

Pires DEP, Machado RR, Soratto J, Schere MA, Gonçalves ASR, Trindade LL. Cargas de trabalho da enfermagem na saúde da família: implicações no acesso universal. Rev Latinoam Enferm [Internet]. 2016 mar [acesso em 2019 jun 21];24:e2677. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rlae/v24/pt_0104-1169-rlae-0992-2682.pdf doi:10.1590/1518-8345.0992.2682

Paes LG, Bellato TMS, Machado BP, Lima SBS. O uso de indicadores como ferramenta de gestão na estratégia saúde da família. Rev Enferm UFSM [Internet]. 2015 jan-mar [acesso em 2019 jun 21];5(1):40-9. Disponível em: https://periodicos.ufsm.br/reufsm/article/view/14150/pdf doi:10.5902/2179769214150

Publicado

2019-12-02

Como Citar

Pinheiro, G. E. W., Santos, A. M. P. dos, & Kantorski, L. P. (2019). Análise da produção de estudos com métodos mistos na avaliação de serviços de saúde mental. Revista De Enfermagem Da UFSM, 9, e3. https://doi.org/10.5902/2179769238739

Edição

Seção

Artigos Originais

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

Artigos Semelhantes

1 2 3 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.