Apoio social ao doente oncológico com base na escala do Medical Outcomes Study

Clediane Rita Portalupi da Trindade, Giselda Veronice Hahn

Resumo


Objetivo: mensurar o apoio social disponível aos doentes oncológicos e verificar se os resultados apresentam diferença entre os sexos.  Método: estudo quantitativo, do tipo transversal. Para a coleta e análise dos dados utilizou-se a escala do Medical Outcomes Study. Foram entrevistados 80 participantes de ambos os sexos. Os dados foram submetidos à análise estatística. Resultados: os homens manifestaram ter maior apoio material e emocional, acesso à informação e interação social positiva. Entre as mulheres somente a manifestação de Apoio Afetivo apresentou maior destaque. A falta de companheiro e o surgimento do câncer em mulheres mais jovens foram fatores que reduziram o nível de apoio social. Conclusão: a maioria dos participantes revelou ter apoio social disponível, o que permite avaliar que esses indivíduos suprem suas necessidades básicas de apoio. Considera-se importante os profissionais da saúde estarem atentos às necessidades de apoio manifestadas pelas mulheres, pois estas apresentaram menor disponibilidade de apoio.


Palavras-chave


Apoio social. Oncologia. Relações interpessoais

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5902/2179769218770



Licença Creative Commons
Este site está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.