Quantificação de risco para doenças cardiovasculares em usuários de uma Estratégia de Saúde da Família

Marcelo Machado Sassi, Gianfábio Pimentel Franco, Sidnei Petroni, Débora Dalegrave, Gabriela de Mattos Nogueira

Resumo


http://dx.doi.org/10.5902/2179769213396

Objetivo: quantificar o risco para a ocorrência de doenças cardiovasculares em usuários de uma Estratégia da Saúde da Família. Método: estudo quantitativo, não experimental, descritivo e com recorte de tempo transversal. Para quantificação do risco utilizou-se o software Framingham General Cardiovascular Disease. Resultados: foram entrevistados 52 sujeitos, destes 6 apresentaram grau de risco adequado para a idade, 27 apresentaram grau de risco elevado para a idade e 19 grau de alto risco para a idade. Conclusão: a quantificação de risco possibilita visualizar um panorama a respeito de determinada situação, e assim, traçar planos de ações de intervenção.


Palavras-chave


Fatores de risco; Enfermagem; Atenção primária à saúde

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5902/2179769213396



Licença Creative Commons
Este site está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.