ATRIBUTOS BIOCLIMÁTICOS URBANOS UMA ANÁLISE SOBRE O PONTO DE VISTA QUALITATIVO

Marta Crista de Jesus Albuquerque Nogueira, Fernanda Miguel Franco, Carlo Ralph de Musis, Luciane Cleonice Durante, José de Souza Nogueira

Resumo


http://dx.doi.org/10.5902/223613087175

As discussões mais recentes apontam a sustentabilidade como medida obrigatória para odesenvolvimento técnico e cientifico. As cidades seguem um padrão de crescimento e organizaçãoque envolve interesses econômicos, políticos e sociais, sendo assim a malha urbana possuipadrões diversos de formação. A capital do Mato Grosso Cuiabá é uma cidade do início do séculoXVIII, sua formação inicial constituía-se da região central cruzada pelo córrego da Prainha e aregião do Porto as margens do rio Cuiabá. O bairro Porto possui uso e ocupação do solo misto,residencial, comercial, prestadoras de serviços e institucional. As características de ocupaçãopodem definir que o bairro possui pouca densidade construída, notando-se uma grandequantidade de área verde preservada. O objetivo do presente trabalho é fazer uma análise atravésda ficha bioclimática em vários pontos localizados em regiões diferentes do bairro Porto, ametodologia adotada foi de Romero (2001), a mesma trata das constantes bioclimáticasjuntamente com os elementos formais do edifício e do espaço urbano. Na analise geral temoscondições de verificar qual o padrão geométrico urbano, assim como sugerir qual a melhor opçãopara o direcionamento do desenvolvimento de espaços mais sustentáveis.


Palavras-chave


Sustentabilidade Urbana, Conforto Ambiental, Bioclimatologia

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5902/223613087175

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.