Educação ambiental e destino dos resíduos em Gijón/Espanha

Darlize Déglan Borges Beulck Bender

Resumo


Atualmente o mundo tem presenciado e se preocupado mais com os problemas decorrentes do mau uso dos recursos naturais e do destino dos resíduos procedentes da urbanização. Em função disto, iniciativas que desenvolvam a Educação Ambiental tornam-se vitais para uma melhor administração do meio ambiente.

Este estudo tem como objetivo mostrar as formas de ensinar Educação Ambiental e o destino dos resíduos sólidos urbanos na Espanha, mais especificamente na cidade de Gijón. Tem como metodologia pesquisas locais, descritivas e exploratórias, e os resultados obtidos ratificam que a principal ação na conservação, preservação e na sustentabilidade da cidade são os programas de Educação Ambiental. O Governo usa métodos adequados e contextualizados com a realidade local e a complexidade dos problemas ambientais.

Por fim, constata-se que a Educação Ambiental é uma relevante estratégia de mudança para obter uma cidade conservada e, por que não, um planeta conservado, que possa proporcionar mais qualidade de vida aos seus habitantes.


Palavras-chave


Palavras-chave: Educação Ambiental. Meio Ambiente. Resíduos Sólidos Urbanos.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5902/2236130817665

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.