ARTES PLÁSTICAS E EDUCAÇÃO AMBIENTAL: UMA REFLEXÃO E SENSIBILIZAÇÃO INTERDISCIPLINAR.

Jacira Dopcker dos Santos, Mara Lúcia Didolich de Ávila, Margarete Inês Spillari Seidel, Nádia da Costa, Sandra Eliana Vasconcellos de Moura

Resumo


Este artigo apresenta algumas noções teóricas trabalhadas em Artes e Educação Ambiental, além do desenvolvimento de atividades práticas e plásticas no processo educativo, considerando o papel do educador frente às aceleradas mudanças da sociedade, as relações pedagógicas e competências da situação de estudo, as quais exigem tanto dos educandos quanto dos professores mais dedicação e comprometimento. Trata-se de um projeto interdisciplinar que contempla as diferentes áreas do conhecimento: Artes, Educação Ambiental, Informática Educativa, Literatura e Ciências. Deste modo, ao iniciar o ano letivo, houve discussão sobre a mensagem “A lição da borboleta”, a qual despertou enorme curiosidade sobre o desenvolvimento e a vida desta. A partir desse interesse elaborou-se o projeto e consequentemente diversas atividades nas diferentes áreas do saber. Dessa forma, um dos objetivos é buscar caminhos que possibilitem uma formação consistente e adequada aos discentes no processo educativo, a fim de que possam vislumbrar novas alternativas e possibilidades de conquistas no seu cotidiano.

 


Palavras-chave


educação ambiental, pesquisa, estética, interdisciplinaridade.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5902/2236130816923

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.