PAPEL SEMENTE: UMA ALTERNATIVA PARA INSERÇÃO DA EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA ESCOLA

Cadidja Coutinho, Thaís do Canto Dorow

Resumo


http://dx.doi.org/10.5902/2236130812641

A Educação Ambiental é herdeira direta do debate ecológico e está entre as alternativas que visam construir novas maneiras de os grupos sociais se relacionarem com o meio ambiente. O presente trabalho teve como objetivo demonstrar a importância do reaproveitamento do papel como uma atividade vinculada ao processo de ensino e aprendizagem da Educação Ambiental, proporcionando a transversalidade e buscando desenvolver cidadãos conscientes da sua ação sobre o ambiente natural. A atividade consistiu em uma oficina de reciclagem de papel, realizada com alunos de oitava série do Ensino Fundamental, e produção de papel-semente através do reaproveitamento do material descartado numa escola pública de Santa Maria, RS. Para coleta de dados foi utilizado um questionário e a análise consistiu na aplicação da técnica do Discurso do Sujeito Coletivo. As ideias centrais apresentadas pelos estudantes revelaram suas concepções sobre Educação Ambiental e reciclagem, além da relevância da aplicação do projeto como mecanismo de incentivo à sensibilização ambiental. Dessa forma, a construção de práticas inovadoras não se dá pela reprodução, mas pela criação, pela readaptação e, sobretudo, no caso do papel-semente, por novas relações na organização do trabalho pedagógico.


Palavras-chave


Educação Ambiental, Reciclagem, Discurso do Sujeito Coletivo, Escola, Oficina.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5902/2236130812641

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.