ÓLEO DE UVA PARA PRODUÇÃO DE BIODIESEL

Eduardo de Rossi, Kenia Gabriela dos Santos

Resumo


http://dx.doi.org/10.5902/2236130812288

O cultivo de uva no Brasil tem se intensificado a cada ano, sendo este produto geralmente destinado à produção de bebidas como sucos e vinhos. Porém são relatados alguns problemas associados à produção destas bebidas, sendo o principal o resíduo obtido no processo de prensagem da uva que é caracterizado com elevado potencial poluidor, sendo cerca de 40% da uva processada é transformada neste resíduo. Com o objetivo de viabilizar esta produção, tem-se buscado destinações ao resíduo gerado. Geralmente, destina-se ao uso de rações animais e adubos, porém diversos trabalhos tem estudado a aplicação do óleo contido no resíduo para a produção de biodiesel. Esta forma de reutilizar o resíduo do processo tende a melhorar a produção vinícola, além de aprimorar novas tecnologias, fortalecendo a indústria e a agricultura nacional. Desta forma, o objetivo deste trabalho é descrever de forma sucinta os problemas associados à geração de resíduos da uva e o aproveitamento do óleo contido neste para a destinação para produção de biodiesel.


Palavras-chave


energia, biomassa residual, sustentabilidade

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5902/2236130812288

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.