Os indicadores de trabalho decente no ambiente corporativo das mulheres na polícia civil do estado do Rio Grande do Sul.

Sergio Rossi Madruga, Marcelo Mendes Arigony, Lucia Rejane da Rosa Gama Madruga

Resumo


Este estudo aborda o trabalho da mulher na Polícia Civil do Estado do Rio Grande do Sul, sob a ótica dos critérios do Trabalho Decente da Organização Internacional do Trabalho. A pesquisa classifica-se no campo da sustentabilidade, na vertente social, relacionada à responsabilidade social corporativa, em busca da necessária gestão pública sustentável. O objetivo foi analisar o ambiente para as mulheres, com base nos critérios do trabalho decente. A coleta de dados foi realizada a partir de diversas fontes de evidência, fazendo-se uso de dados primários e secundários. O estudo tem natureza qualitativa, a partir de um roteiro de observação e um instrumento flexível composto por perguntas abertas. A interpretação foi realizada utilizando-se de procedimento de análise de conteúdo, com foco nas oportunidades que a mulher passou a encontrar a partir da década de 1970 e, atualmente, ocupa lugar destacado em paridade com os homens, não obstante, com algumas evidências de limitação de oportunidades. A percepção geral é de desconformidade com os indicadores da OIT, ressalvando-se os critérios ligados à seguridade e diálogo social, assim como estabilidade e rendimento, que foram considerados total ou parcialmente atendidos. Nos demais pontos não há adequação do trabalho policial aos vetores da OIT, especialmente segurança, igualdade, oportunidades, conciliação e jornada de trabalho.


Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.5902/1983465929930

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License.

  

Revista de Administração da UFSM. Brazilian Journal of Management

Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil, eISSN 1983-4659