Características comportamentais empreendedoras: um estudo com acadêmicos de administração de uma universidade brasileira

Italo Fernando Minello, Rafaela Escobar Bürger, Cristiane Krüger

Resumo


Com a finalidade de explorar o panorama de empreendedorismo acadêmico, propôs-se a realização deste estudo, que objetiva analisar as características comportamentais empreendedoras (CCE’s) em alunos do curso de graduação em administração de uma instituição de ensino superior. Para isso, estabeleceram-se os seguintes objetivos específicos: traçar o perfil dos acadêmicos de administração da instituição estudada; mapear as características comportamentais empreendedoras dos referidos acadêmicos; e propor ações para aprimorar tais características. A pesquisa realizada, com abordagem metodológica quantitativa e descritiva, obteve uma amostra de 374 alunos respondentes do questionário de CCE’S de McClelland, permitindo identificar carências nas características “persistência”, “correr riscos calculados”, “estabelecimento de metas” e “persuasão e redes de contato”. Assim, sugere-se que os órgãos gestores da referida universidade incentivem a criação de programas e projetos que estimulem o desenvolvimento do comportamento empreendedor dos seus alunos, tendo em vista a relevância do papel do empreendedor na sociedade. 


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5902/1983465924894

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License.

Revista de Administração da UFSM. Brazilian Journal of Management

Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil, eISSN 1983-4659