GEOGRAFIAS INVISÍVEIS: A CIDADE NA CONSCIÊNCIA E A CONSCIÊNCIA DA CIDADE. PRODUÇÃO E REPRODUÇÃO DA (IN) JUSTIÇA SOCIAL

Alexandre Eslabão Bandeira

Resumo


O artigo apresenta a proposta de estudo/pesquisa com o objetivo de perquirir sobre as contribuições, limites e contradições da teorização acadêmica relacionados à cidade. Portanto, em decorrência da minha trajetória, e da atualização do propositor, e das transformações na/da cidade, é que se faz pertinente, e necessário tal estudo e reflexão. Para tanto, o trabalho permeia sobre a produção e a re-produção da (in) justiça social da consciência da/ na escala local/cidade. Portanto, a cidade do Rio Grande-RS no geral e no específico é o palco deste movimento, dada a sua gênese e suas conseqüentes transformações, junto com a sua incerteza ao futuro, mediante a indissociabilidade entre o social e o econômico, refletir sobre o individuo da/na urbe, é preciso e necessário para um planejar crítico dentro e fora da cidade.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5902/223649947368

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Indexações e Bases Bibliográficas