Da tolerância festiva às intolerâncias contemporâneas: sagrados desafios do patrimônio religioso no urbano

Rômulo Artur Alves da Silva, Larisse Freitas Soares, Christian Dennys Monteiro de Oliveira

Resumo


Este trabalho propõe uma discussão sobre as representações da tolerância cultural diante da promoção das festas religiosas como bens patrimoniais nas cidades. Dessa forma o patrimônio, em escala estadual, ganha aparato jurídico das políticas públicas de fortalecimento da cultura de diversidade. Entretanto, essas políticas também sofrem por iniciativas limitadas e posturas de intolerância no uso do espaço público. A pesquisa apresentada desenvolveu-se como estudo qualitativo e documental, complementado por observações de campo, na cidade de Fortaleza (CE) e suas festividades de 15 de agosto.   O patrimônio imaterial religioso, objeto central do estudo, foi demarcado pelas representações midiáticas dos grupos direta e indiretamente envolvidos nos festejos de capitais do Norte, Sul e Centro-Oeste do país. O que completou um levantamento já realizado sobre grandes cidades do nordeste e sudeste do Brasil em outra etapa do estudo patrimônio festivo das festas marianas. Como resultado desse percurso, observa-se as fragilidades do reconhecimento da festa religiosas como patrimônio. E confirma-se a percepção de que as estratégias da tolerância religiosa, diante das intolerâncias institucionais e culturais, ampliam-se conforme se efetivam os registros de salvaguarda.

Palavras-chave


Cidades capitais; Espaço público; Festa; Patrimônio intangível; Tolerância

Texto completo:

HTML PDF

Referências


ANDRADE, M. O. de. A Religiosidade Brasileira: o pluralismo religioso, a diversidade de crenças e o processo sincrético. Revista Eletrônica de Ciências Sociais. Número 14 – Setembro de 2009. Disponível em: http://www.cchla.ufpb.br/caos/n14/6A%20religiosidade%20brasileira.pdf. Acesso em: 10 abr. 2018.

BOTELHO, ISAURA. Dimensões da cultura e políticas públicas. São Paulo em perspectiva, 15(2) 2001. Disponível em: http://www.guiacultural.unicamp.br/sites/default/files/botelho_i_dimensoes_da_cultura_e_politicas_publicas.pdf. Acesso em: 18 abr. 2018.

BURITY, J. A. Cultura Política Democrática e Atores Religiosos. Recife, Fundaj, 1997.

CABRAL, Clara Bertrand. Património Cultural Imaterial: Convenção da Unesco e seus Contextos. Lisboa: Edições 70, 2011.

CASSIRER, Ernst. Ensaio Sobre o Homem. São Paulo: Martins Fontes, 1994.

DEBRAY, R. Deus, um itinerário. São Paulo: Companhia das Letras, 2004. ok

ELIADE, Mircea. O sagrado e o profano. São Paulo: Martins Fontes, p.17, 1992.

FIGUEIREDO, Silvio Lima (org). Círio de Nazaré, festa e paixão. Belém: EDUFPA, 2005.

FONSECA, M. C. L. O patrimônio em processo: trajetória da política federal da preservação no Brasil. 2. ed. Rio de Janeiro: Editora UFRJ; MinC - Iphan, 2005.

GIL FILHO, Sylvio Fausto. Geografia da Religião e Espaço Sagrado: diferenças entre as noções de lócus material econformação simbólica. Curitiba, Revistas UFG, 2012. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/atelie/article/view/18760. Acesso em: 18 abr. 2018.

IPHAN. Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. Círio de Nazaré. Rio de Janeiro: IPHAN, 2006.

LOCKE, J. Carta acerca da Tolerância. Os Pensadores. São Paulo, Abril Cultural, 1973.

MARANDOLA, E.; HOLZER, W; OLIVEIRA, L.de. (org). Qual o Espaço do Lugar? São Paulo: Ed. Perspectiva, 2012.

MIRANDA, A. P. M. Entre o privado e o público: considerações sobre a (in) criminação da intolerância religiosa no Rio de Janeiro. Anuário Antropológico/2009 - 2, 2010: 125-152. Disponível: http://www.ineac.uff.br/sites/default/files/library/files/06-anuarioantropologico-anapaulamiranda1.pdf. Acesso: 21 maio 2018.

OLIVEIRA, C. D. M. de. Turismo Religioso: uma Breve Apresentação. Revista turismo e Hospitalidade, São Paulo, p. 1 - 3, 01 set. 2003.

OLIVEIRA, C. D. M. de. Carnavalização e complexidade turística: Formação de paisagens rituais em Eventos no Estado do Ceará. RA’EGA (UFPR), v. 16, p. 1-17, 2008.

PANTOJA, Vanda; MAUÉS, Raymundo Heraldo. O Círio de Nazaré na constituição e expressão de uma identidade regional amazônica. Espaço e Cultura, n. 24, p. 57-68, 2008.

PAVIS, Patrice. Análise dos Espetáculos: Teatro, Mímica, Dança, Dança-Teatro, Cinema. S. Paulo: Perspectiva, 2008.

PEREIRA, J. C. A. “Linguagem do Corpo na Devoção Popular do Catolicismo”. In: REVER. Revista de Estudos da Religião. Nº 3 / 2003 / pp. 67-98. ISSN 1677-1222. Disponível em: http://www.pucsp.br/rever/rv3_2003/p_pereira.pdf. Acesso em: 7 maio 2018.

PEREIRA, Ilaina Damasceno. Performance e visibilidade da Umbanda em Fortaleza-CE: por uma utopia do direito à cidade. In: XIV Colóquio Internacional de Geocrítica, 2016, Barcelona. Actas del XIV Colóquio Internacional de Geocrítica, 2016. v. 1. p. 1-23

ROCHA, M. S. POLÍTICA PÚBLICA E (IN)TOLERÂNCIA CULTURAL: DESAFIOS DA GESTÃO POLÍTICO-GEOGRÁFICA DO PATRIMÔNIO RELIGIOSO NOS ESTADOS BRASILEIROS (NE/SE). In: I Congresso Internacional de Diversidade no Seminário, 2016, Campina Grande - PB. Anais I CONIDIS. Campina Grande - PB: Realize Eventos & Editora, 2016. v. V. 1.

ROSENDAHL, Z. ESPAÇO, SIMBOLISMO E RELIGIÃO: RESENHA DO SIMPÓSIO TEMÁTICO. Revista Brasileira de História das Religiões – ANPUH. Maringá (PR) v. 1, n. 3, 2009. ISSN 1983-2859. Disponível em: http://www.dhi.uem.br/gtreligiao/pub.html. Acesso em: 7 jul. 2018.

SDH, 2016. Relatório sobre intolerância e violência religiosa no Brasil (2011- 2015): resultados preliminares. Ministério das Mulheres, da Igualdade Racial, da Juventude e dos Direitos Humanos; organização, Alexandre Brasil Fonseca, Clara Jane Adad. – Brasília: Secretaria Especial de Direitos Humanos, SDH/PR, 2016. Disponível em: http://www.sdh.gov.br/sobre/participacao-social/cnrdr/pdfs/relatorio-de-intolerancia-e-violencia-religiosa-rivir-2015. Acesso em: 15 mar. 2018.

SILVA, A. O Reflexões sobre Intolerância. Disponível em: http:www.espacoacademico.com.br/2004.

SILVA, L. R. T. da; OLIVEIRA, C. D. M. de. A conquista da metrópole profana: uma análise da territorialidade religiosa como instrumento da patrimonialização imaterial em Fortaleza (CE). Revista Brasileira de Ecoturismo, v. 6, p. 65-80, 2013.

SIQUEIRA, J.P.S. A Gestão do Espaço Turístico do Círio de Nazaré de Vigia- (PA). Dissertação de Mestrado. UFPA. 2013. Disponível em: http://repositorio.ufpa.br/jspui/bitstream/2011/8215/1/Dissertacao_GestaoTuristicoCirio.pdf. Acesso: em out. 2018.




DOI: https://doi.org/10.5902/2236499439799

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Indexações e Bases Bibliográficas