O DISCURSO POÉTICO COMO UM “PROBLEMA LINGUÍSTICO” NAS NOTAS DE BENVENISTE: PERCURSOS METODOLÓGICOS PARA A ABORDAGEM DA SIGNIFICAÇÃO

Carolina KNACK

Resumo


Este estudo apresenta uma possibilidade de leitura das notas manuscritas de Émile Benveniste a respeito do discurso poético, notas estas que tomam a poesia de Baudelaire como corpus analítico. Resguardando a natureza inacabada e instável das reflexões nelas inscritas, objetivamos explorar possíveis percursos metodológicos delineados pelo linguista para a abordagem do mecanismo da significação do discurso poético. A leitura do conjunto das notas permite identificar apontamentos programáticos que delineiam não só categorias de análise, como também procedimentos metodológicos a serem empreendidos pelo linguista-analista, no cerne dos quais parece residir o exame das relações referentes à escolha e à combinação de palavras pelo poeta, o que leva Benveniste a postular que o linguista deve estudar uma “sintagmática particular” e “as relações significantes assim obtidas”.

Palavras-chave


discurso poético, sintagmatização, Baudelaire.

Texto completo:

PDF

Referências


ADAM, Jean-Michel. Les problèmes du discours poétique selon Benveniste. Semen, Revue de sémio-linguistique des textes et discours, n. 33, ed. temática (Les notes manuscrites de Benveniste sur la langue de Baudelaire), 2012.

BENVENISTE, Émile. A forma e o sentido na linguagem. In: BENVENISTE, Émile. Problemas de Linguística Geral II. 2. ed. Campinas, SP: Pontes Editores, 2006a.

BENVENISTE, Émile. Esta linguagem que faz história. In: BENVENISTE, Émile. Problemas de Linguística Geral II. 2. ed. Campinas, SP: Pontes Editores, 2006b.

FENOGLIO, Irène. Manuscritos de linguistas e genética textual. Quais os desafios para as ciências da linguagem? Exemplo dos “papéis” de Benveniste. In: FENOGLIO, Irène. [FLORES, Valdir do Nascimento; GALINDEZ, Verónica; ROSÁRIO, Heloísa Monteiro (Org.)]. Émile Benveniste: a gênese de um pensamento. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 2019a.

FENOGLIO, Irène. Gênese do gesto linguístico: uma complexidade heurística. In: FENOGLIO, Irène. [FLORES, Valdir do Nascimento; GALINDEZ, Verónica; ROSÁRIO, Heloísa Monteiro (Org.)]. Émile Benveniste: a gênese de um pensamento. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 2019b.

FENOGLIO, Irène. Émile Benveniste: autor de uma pesquisa inacabada sobre “O discurso poético” e não de um “Baudelaire”. In: FENOGLIO, Irène. [FLORES, Valdir do Nascimento; GALINDEZ, Verónica; ROSÁRIO, Heloísa Monteiro (Org.)]. Émile Benveniste: a gênese de um pensamento. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 2019c.

FLORES, Valdir do Nascimento. Introdução à teoria enunciativa de Benveniste. São Paulo: Parábola, 2013.

LAPLANTINE, Chloé. Émile Benveniste: poétique de la théorie. Publication et transcription des mauscrits inédits d’une poétique de Baudelaire. Thèse de Doctorat sous la direction de Gérard Dessons. Université Paris 8 – Vincennes, Saint-Denis, 2008.

LAPLANTINE, Chloé. La poétique d’Émile Benveniste. In: MARTIN, Serge. Émile Benveniste: pour vivre langage. Essais pour la poétique. Mont-de-Laval: L’Atelier du Grand Tétras, 2009.

LAPLANTINE, Chloé. Émile Benveniste: em direção a uma poética do discurso (Entrevista realizada por Valdir N. Flores e Marlene Teixeira). Calidoscópio, São Leopoldo, vol. 11, n. 2, p. 222-225, maio/ago. 2013.

ONO, Aya. La notion d’enonciation chez Émile Benveniste. Limoges: Lambert-Lucas, 2007.

VIER, Sabrina. Quando a linguística encontra a linguagem: da escrita de Émile Benveniste presente no Dossiê Baudelaire ao estudo semiológico de uma obra literária. 2016. 176 f. Tese (Doutorado em Linguística Aplicada). Programa de Pós-Graduação em Linguística Aplicada, Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS), São Leopoldo, 2016.

VIER, Sabrina. “Os perfumes, as cores, os sons se correspondem”: Benveniste e a busca pela imagem criativa em Baudelaire. Desenredo, Revista do Programa de Pós-Graduação em Letras da Universidade de Passo Fundo, v. 14, n. 3, p. 515-540, set./dez. 2018.




DOI: https://doi.org/10.5902/2179219448027

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

ISSN Versão Impressa: 1519-9894
ISSN Versão Digital: 2179-2194
DOI 10.5902/21792194
Endereço Eletrônico: www.ufsm.br/fragmentum

Fragmentum possui caráter público e gratuito, dessa forma, NÃO são cobrados custos ou taxas para submissão, processamento, publicação e leitura dos artigos.

Todo o conteúdo do periódico Fragmentum está licenciado com uma Licença Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

REDES SOCIAIS
Página da Revista no Facebook