Cinzas de madeira na produção de mudas de eucalipto

Cristiane Ramos Vieira, Oscarlina Lúcia dos Santos Weber

Resumo


A cinza de madeira, embora pouco utilizada na composição de substrato para produção de mudas, pode conter nutrientes prontamente disponíveis e, por conseguinte, aumentar as condições de fertilidade do substrato. Por isso, foi realizado experimento com o objetivo de verificar a combinação de: solo, substrato comercial (Plantmax®) e cinzas de madeira, mais adequada para a produção de mudas de Eucalyptus camaldulensis. As mudas foram produzidas em tubetes com capacidade para 160 cm³, com uso de sementes germinadas em areia e vermiculita. Ao atingirem 15 cm de altura, as plantas foram transplantadas para os tratamentos: 100% solo; 75% solo + 25% cinzas; 75% Plantmax® + 25% cinzas; 50% solo + 50% cinzas; 50% Plantmax® + 50% cinzas; 50% solo + 25% Plantmax® + 25% cinzas, dispostos em delineamento inteiramente casualizado, com 10 repetições. A avaliação do crescimento ocorreu 90 dias após o transplante, com a medição da altura da parte aérea, diâmetro de colo, biomassa de folhas, biomassa de caule, biomassa de raízes e concentrações de nutrientes nas folhas. As combinações de substratos que proporcionaram o maior crescimento das mudas de E. camaldulensis foram 50% solo + 50% cinzas e 50% Plantmax® + 50% cinzas.


Palavras-chave


Eucalyptus camaldulensis; Matéria Orgânica; Substrato; Produção de Mudas.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5902/2316980X28216

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

>>>
Ecologia e Nutrição Florestal/Ecology and Forest Nutrition
enflo@ufsm.br / Fone: (55) 3220-8641.

Creative Commons License

Ecologia e Nutrição Florestal/Ecology and Forest Nutrition by www.ufsm.br/enflo is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License.

_____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

INDEXADORES:

AGRIS/CARIS, AGROBASE/BINAGRI, LATINDEX, REDE CARINIANA, DOAJ, EZB, PERIÓDICOS CAPES, TIB, CAB ABSTRACT.

_____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________


DOI Geral: 10.5902/2316980X (os especificos estão nos RESUMOS - clique sobre o titulo do trabalho, no sumário) 

"Os trabalhos publicados na revista Ecologia e Nutrição Florestal/Ecology and Forest Nutrition são de responsabilidade dos seus autores e não representam, necessariamente, a opinião dos editores. A reprodução dos trabalhos é permitida, mediante citação da fonte."