Instagram no Facebook: uma reflexão sobre ethos, consumo e construção de subjetividade em sites de redes sociais

Fernanda Carrera

Resumo


O trabalho busca discutir de que forma o aplicativo Instagram funciona como artifício de construção de subjetividade em sites de redes sociais. Sob a perspectiva da noção de ethos e dos estudos sobre consumo e processos identitários em laços sociais, percebe-se que, embora os dispositivos tecnológicos possibilitem a criação de novas práticas de sociabilidade, é possível identificar alguns referenciais culturais que são reforçados pelo seu uso e publicização. Sendo assim, este artigo visa ao entendimento de como este aplicativo ajuda a subsidiar as relações sociais no Facebook, disponibilizando as ferramentas para o gerenciamento de impressões e para a construção do self no ambiente digital.


Palavras-chave


Instagram; Facebook; subjetividade; ethos; consumo.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5902/217549776850 ';





 

Apoio

Universidade Federal de Santa Maria

Programa de Pós-graduação em Comunicação

Animus recebe apoio financeiro do edital

PRÓ-REVISTAS 2019 nº 046/2019

 

ANIMUS - Revista Interamericana de Comunicação Midiática

e-mail: revistaanimus@ufsm.br

Classificação Qualis-CAPES: A3

Temática classificada CNPQ: Comunicação: 6.09.00.00-8

DOI: 10.5902/21754977

Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.


Indexada em:

Compartilhe Revista Animus