O universo das HQs como uma nova apropriação do gênero do cinema de ação

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5902/2175497763510

Palavras-chave:

Gêneros cinematográficos. Filmes de ação. HQs.

Resumo

A década de 1980 contou com o desenvolvimento de uma indústria fílmica do gênero da ação que ocupava parte das grandes produções e bilheterias cinematográficas. No cenário contemporâneo, esse holofote blockbuster parece ser ocupado pelos filmes de heróis baseados em histórias em quadrinhos. Assim, os grandes orçamentos e bilheteiras do cinema de ação, passam por uma transição que dá lugar ao atual fenômeno de extrema popularidade das transposições de histórias em quadrinhos. Além disso, percebemos que vários elementos da linguagem do cinema de ação foram apropriados nos filmes de super-heróis. Em contrapartida, o cinema de ação parece ocupar um espaço cada vez mais de nicho. Esse artigo pretende analisar essa transição através de um recorte temporal e do levantamento de alguns elementos linguísticos. Armas de fogo, soldados e explosões deram lugar a uma nova ação, onde os elementos de fantasia se misturam na linguagem criando um produto intenso e popular para o público.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Yuri Piedade Garcia, Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ); Universidade Estácio de Sá (UNESA)

Doutor em Comunicação Social na linha de Tecnologias da Comunicação e Cultura do Programa de Pós Graduação em Comunicação da Universidade do Estado do Rio de janeiro (UERJ). Mestre em Comunicação Social na linha de Tecnologias da Comunicação e Cultura do Programa de Pós Graduação em Comunicação da Universidade do Estado do Rio de janeiro (UERJ). Possui pós-graduação em Docência do Ensino Superior pela Universidade Cândido Mendes (UCAM-IAVM) e graduação em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda pelas Faculdades Integradas Hélio Alonso (FACHA). Coordenador do grupo de pesquisa "Transposições das Narrativas de Histórias em Quadrinhos no Cinema". Pesquisador de pós-doutorado pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Pesquisador bolsista do programa de Pesquisa e Produtividade da Universidade Estácio de Sá (UNESA). Também atua no grupo de pesquisa "Culturas Tecnológicas: medialidades, materialidades e temporalidades"coordenado pelo prof. Dr. Erick Felinto. Membro da ACCRJ - Associação de Críticos de Cinema do Rio de Janeiro e curador do Cineclube Silvia Oroz da Universidade Estácio de Sá, campus Tom Jobim. Autor do livro "Drácula: o vampiro camaleônico" (2014), realiza pesquisas sobre transposições cinematográficas de obras literárias, assim como de HQs e videogames. Atualmente é professor da Universidade Estácio de Sá (UNESA) nas graduações em Comunicação Social, Cinema, Produção Audiovisual, Publicidade e Jornalismo.

Referências

Direção: Zack Snyder. Produção: Warner Bros. Pictures. Burbank: Warner Bros. Pictures, 2006.

A GATA e o Rato. Criador: Glenn Gordon Caron. Produção: ABC Circle Films; Picturemaker Productions. Estados Unidos, 1985-1989.

ACTION Heroes: A History of Kicking Ass, Part 2 - Film School'd. [S. l.:s. n.], 2016. 1 vídeo (10:05 min). Publicado pelo Canal CineFix - IGN Movies and TV. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=dM71hI-0CQk. Acesso em: 3 jun. 2023.

ADORNO, Theodor W.. “A indústria Cultural”. In: COHN, Gabriel (org). Comunicação e Indústria Cultural: leituras de análise dos meios de comunicação na sociedade contemporânea e das manifestações de opinião pública, propaganda e cultura de massa nessa sociedade. 4 ed., São Paulo: Editora Nacional, 1978.

ADORNO, Theodor W.; HORKHEIMER, Max. Dialética do esclarecimento: fragmentos filosóficos. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1985.

AIR America. Direção: Roger Spottiswoode. Produção: Daniel Melnick e Mario Kassar. Culver City: Tri-Star Pictures, 1990.

ANOTHER 48 Hrs. Direção: Walter Hill. Produção: Lawrence Gordon e Robert D. Wachs. Los Angeles: Paramount Pictures Corporation, 1990.

ARIAAANREX. IMDb - International Movie Database. Rating all MCU movies. [S.l.]. IMDb, 2019. Disponível em: https://www.imdb.com/list/ls026374365/?st_dt=&mode=detail&page=1&sort=release_date,desc. Acesso em: 5 set. 2019.

AVENGERS: Endgame. Direção: Anthony Russo, Joe Russo. Produção: Kevin Feige. Burbank: Walt Disney Studios Motion Pictures, 2019.

BAD Boys. Direção: Michael Bay. Produção: Don Simpson e Jerry Bruckheimer. Culver City: Sony Pictures Releasing, 1995.

BARB Wire. Direção: David Hogan. Produção: Todd Moyer, Mike Richardson e Brad Wyman. Los Angeles: Gramercy Pictures, 1996.

BATMAN. Criador: William Dozier. Produção: Howie Horwitz. Los angeles: 20th Century Fox Television, 1966-1968.

BATMAN. Direção: Tim Burton. Produção: Jon Peters e Peter Guber . Burbank: Warner Bros, 1989.

BATMAN Begins. Direção: Christopher Nolan. Produção: Charles Roven, Emma Thomas, Larry Franco. Burbank: Warner Bros. Pictures, 2005.

BATMAN e Robin. Direção: Joel Schumacher. Produção: Peter MacGregor-Scott. Burbank: Warner Bros, 1997.

BATMAN Forever. Direção: Joel Schumacher. Produção: Tim Burton e Peter MacGregor-Scott. Burbank: Warner Bros, 1995.

BATMAN Returns. Direção: Tim Burton. Produção: Denise Di Novi e Tim Burton. Burbank: Warner Bros, 1992.

BLADE. Direção: Stephen Norrington. Produção: Peter Frankfurt, Wesley Snipes, Robert Engelman. Burbank: Warner Bros. Pictures, 1998.

BONNIE and Clyde. Direção: Arthur Penn. Produção: Warren Beatty. Burbank: Tatira-Hiller Productions, Warner Bros, 1967. Disponível em: https://www.primevideo.com/dp/amzn1.dv.gti.e2bb278f-38f4-8905-b6cd-

c7bab?autoplay=0&ref_=atv_cf_strg_wb. Acesso em: 3 jun. 2023.

BORDWELL, David. “O cinema clássico hollywoodiano: normas e princípios narrativos”. In. RAMOS, Fernão P. (org). Teoria Contemporânea do Cinema. volume II. São Paulo: editora Senac, 2005.

BRAUDY, Leo. The World in a Frame: What We See in Films, 25th Anniversary Edition. Chicago: University of Chicago Press, 2002.

BRITO, João Batista de. O Ponto de Vista em Cinema. Graphos. v.9. n.1, jan/jul, 2007.

BURKE, Liam. The comic book film adaptation: exploring modern Hollywood’s leading genre. Jackson: University Press of Mississippi, 2015.

CAPTAIN America: The First Avenger. Direção: Joe Johnston. Produção: Kevin Feige. Hollywood: Paramount Pictures, 2011.

CASINO Royale. Direção: Martin Campbell. Produção: Michael G. Wilson e Barbara Broccoli. Culver City: Sony Pictures Releasing, 2006.

CATWOMAN. Direção: Jean-Christophe "Pitof" Comar. Produção: Denise Di Novi, Edward L. McDonnell. Burbank: Warner Bros. Pictures, 2004.

CAWELTI, John G. “Chinatown and Generic Transformation in Recent American Film”. In: MAST, Gerald; COHEN, Marshall; BRAUDY, Leo. Film Theory and Criticism: Introductory Readings. New York: Oxford University Press, 1992. p. 498-511.

CHARLIE'S Angels. Direção: Joseph McGinty Nichol. Produção: Drew Barrymore Leonard, Goldberg Nancy, Juvonen. Culver City: Columbia Pictures, 2000.

CHARLIE'S Angels: Full Throttle. Direção: Joseph McGinty Nichol. Produção: Drew Barrymore, Leonard Goldberg, Nancy Juvonen. Culver City: Columbia Pictures, 2003.

CONSTANTINE. Direção: Francis Lawrence. Produção: Lauren Shuler Donner, Benjamin Melniker, Et Al. Burbank: Warner Bros. Pictures, 2005.

COSTA, Flávia Cesarino. O Primeiro Cinema: espetáculo, narração e domesticação. Rio de Janeiro: Azogue Editorial, 2005.

DAREDEVIL. Direção: Mark Steven Johnson. Produção: Arnon Milchan, Gary Foster, Avi Arad. Los Angeles: 20th Century Fox, 2003.

DAVID WHITE. Urban Dictionary. Lonewolf. [S.l.]. Urban Dictionary, 2012. Disponível em: https://www.urbandictionary.com/define.php?term=Lonewolf. Acesso em: 3 jun. 2023.

DIE Hard. Direção: John McTiernan. Produção: Lawrence Gordon e Joel Silver. Los Angeles: 20th Century Studios, 1988.

ECO, Umberto. Apocalípticos e Integrados. São Paulo: Perspectiva, 2006.

ELEKTRA. Direção: Rob Bowman. Produção: Arnon Milchan, Gary Foster, Avi Arad. Los Angeles: 20th Century Fox, 2005.

FANTASTIC Four. Direção: Tim Story. Produção: Avi Arad, Bernd Eichinger, Ralph Winter. Los Angeles: 20th Century Fox, 2005.

FIRST Blood. Direção: Ted Kotcheff. Produção: Buzz Feitshans. Los Angeles: Orion Pictures, 1982.

GARCIA, Yuri. Comic Books in Silver Screens: um mapeamento das transposições de HQs no Cinema hollywoodiano. Comunicação & Informação, Goiânia, Goiás, v. 26, p. 115–139, 2023.

GARCIA, Yuri. Transposições Fílmicas de Histórias em Quadrinhos: Uma teorização da relação entre duas linguagens. Revista Aniki. vol.8, nº2, 2021

GARCIA, Yuri; CÁNEPA, Laura Loguercio. Fanged Super-Heroes: reconfigurações contemporâneas do vampiro em Blade e Underworld. In: ANAIS DO 31° ENCONTRO ANUAL DA COMPÓS, 2022, Imperatriz. Anais eletrônicos... Campinas, Galoá, 2022.

GEADA, Eduardo. Os Mundos do Cinema: modelos dramáticos e narrativos no período clássico. Editorial Notícias, 1998.

GHOST Rider. Direção: Mark Steven Johnson. Produção: Avi Arad, Steven Paul, Et Al. Culver City: Sony Pictures Releasing, 2007.

GORDON, Ian. Comic Strips and Consumer Culture: 1890-1945. Washington: Smithsonian Institution Press, 1998.

HELLBOY. Direção: Guillermo del Toro. Produção: Lawrence Gordon, Mike Richardson, Lloyd Levin. Culver City: Sony Pictures Releasing, 2004.

HOSTAGE. Direção: Florent-Emilio Siri. Produção: Mark Gordon, Arnold Rifkin, Et Al. Los Angeles: Miramax Films, 2005.

IMDB. IMDb - International Movie Database. Batman & Robin. [S.l.]. IMDb, 1997. Disponível em: https://www.imdb.com/title/tt0118688/?ref_=nv_sr_7?ref_=nv_sr_7. Acesso em: 1 set. 2019.

IMDB. IMDb - International Movie Database. IMDb Top 250 Movies. [S.l.]. IMDb, 2020. Disponível em: https://www.imdb.com/chart/top?ref_=nv_mv_250. Acesso em: 23 nov. 2020.

ITO, Robert Fantastic Faux!. Los Angeles Magazine, Los Angeles. p. 106-111, 218-219, março, 2005. Disponível em: http://robert-ito.com/FantasticFauxO.pdf. Acesso em: 3 jun. 2023.

JACK Reacher. Direção: Christopher McQuarrie. Produção: Tom Cruise, Don Granger, Et Al. Hollywood: Paramount Pictures, 2012.

JAWS. Direção: Steven Spielberg. Produção: David Brown e Richard D. Zanuck. Los Angeles: Universal Pictures, 1975.

JENKINS, Henry. Cultura da Convergência. São Paulo: Aleph, 2009.

JOHN Wick. Direção: Chad Stahelski. Produção: Basil Iwanyk, David Leitch, Et Al. Santa Monica: Summit Entertainment, 2014.

JUDGE Dredd. Direção: Danny Cannon. Produção: Charles Lippincott e Beau E. L. Marks. Burbank: Buena Vista Pictures Distribution, Inc., 1995.

KILL Bill. Direção: Quentin Tarantino. Produção: Lawrence Bender. Los Angeles: Miramax Films, 2003.

KILL Bill: Volume 2. Direção: Quentin Tarantino. Produção: Lawrence Bender. Los Angeles: Miramax Films, 2004.

LIVE Free or Die Hard. Direção: Len Wiseman. Produção: Michael Fottrell. Los Angeles: 20th Century Fox, 2007.

MAD Max. Direção: George Miller. Produção: Byron Kennedy. Sydney: Roadshow Entertainment, 1979.

MARTIN, Marcel. A Linguagem Cinematográfica. São Paulo: Brasiliense, 2011.

MASCARELLO, Fernando. “Film Noir”. In: MASCARELLO, Fernando (org.). História do cinema mundial. Campinas: Papirus Editora, 2006.

MATTOS, A. C. Gomes de. O outro lado da noite: film noir. Rio de Janeiro: Rocco, 2001.

MATTOS, A. C. Gomes de. Do Cinetoscópio ao cinema digital: breve história do cinema americano. Rio de Janeiro: Rocco, 2006.

MINORITY Report. Direção: Steven Spielberg. Produção: Gerald R. Molen, Bonnie Curtis, Et Al. Los Angeles: 20th Century Fox, 2002.

MISSION: Impossible II. Direção: John Woo. Produção: Tom Cruise e Paula Wagner. Los Angeles: Paramount Pictures Corporation, 2000.

MISSION: Impossible III. Direção: J. J. Abrams. Produção: Tom Cruise e Paula Wagner. Los Angeles: Paramount Pictures Corporation, 2006.

NEALE, Steve. Genre and Hollywood. Londres e Nova York: Routledge, 2000.

NOGUEIRA, Luís. Manuais de Cinema II: Géneros Cinematográficos. LabCom, 2010.

O’BRIEN, Harvey. Action Movies: The Cinema of Striking Back. New York: Wallflower Press Book, 2012.

ROBOCOP. Direção: Paul Verhoeven. Produção: Arne Schmidt. Los Angeles: Orion Pictures, 1987.

ROBOCOP 2. Direção: Irvin Kershner. Produção: Jon Davison. Los Angeles: Orion Pictures, 1990.

RUSH Hour. Direção: Brett Ratner. Produção: Roger Birnbaum, Jonathan Glickman e Arthur M. Sarkissian. Burbank: New Line Productions, Inc, 1998.

RÜDIGER, Francisco. A Escola de Frankfurt. In: HOHLFELDT, Antônio; MARTINO, Luiz C; FRANÇA, Vera Veiga (orgs.). Teorias da Comunicação: Conceitos, escolas e tendências. Petrópolis, RJ: Vozes, 2010.

SHOOT 'Em Up. Direção: Michael Davis. Produção: Susan Montford, Don Murphy, Rick Benatta. Burbank: New Line Cinema, 2007.

SPAWN. Direção: Mark A.Z. Dippé. Produção: Clint Goldman. Burbank: New Line Productions, Inc, 1997.

SPEED. Direção: Jan de Bont. Produção: Mark Gordon. Los Angeles: 20th Century Studios, 1994.

SPIDER-MAN. Direção: Sam Raimi. Produção: Laura Ziskin, Ian Bryce. Culver City: Columbia Pictures, 2002.

STEEL. Direção: Kenneth Johnson. Produção: David Salzman, Quincy Jones e Joel Simon. Burbank: Warner Bros, 1997.

SUPERMAN. Direção: Richard Donner. Produção: Pierre Spengler. Burbank: Warner Bros. Pictures, 1978.

SUPERMAN II. Direção: Richard Lester. Produção: Film Export AG, Warner Bros. Burbank: Warner Bros, 1980.

SUPERMAN III. Direção: Richard Lester. Produção: Pierre Spengler. Burbank: Warner Bros, 1983.

SUPERMAN IV: The Quest for Peace. Direção: Sidney J. Furie. Produção: Menahem Golan e Yoram Globus. Burbank: Warner Bros, 1983. son. Color.

TAKEN. Direção: Pierre Morel. Produção: Luc Besson. Saint-Denis: EuropaCorp, 2008.

TASKER, Yvonne. Spectacular Bodies: Gender, Genre and the Action Cinema. Londres e Nova York: Routledge, 1993.

TAXI. Direção: Gérard Pirès. Produção: Luc Besson, Michele Petin e Laurent Petin.. Paris: TF1 Group, 1998.

TERMINATOR 2: Judgment Day. Direção: James Cameron. Produção: James Cameron. Culver City: TriStar Pictures, Inc., 1991.

THE AVENGERS. Direção: Joss Whedon. Produção: Kevin Feige. Burbank: Walt Disney Studios Motion Pictures, 2012.

THE BOURNE Identity. Direção: Doug Liman. Produção: Doug Liman, Patrick Crowley, Richard N. Gladstein. California: Universal Pictures, 2002.

THE CHASE. Direção: Adam Rifkin. Produção: 20th Century Studios. Los Angeles: 20th Century Studios, 1994.

THE DARK Knight. Direção: Christopher Nolan. Produção: Emma Thomas, Charles Roven, Christopher Nolan. Burbank: Warner Bros. Pictures, 2008.

THE EQUALIZER. Direção: Antoine Fuqua. Produção: Todd Black, Jason Blumenthal, Et Al. Culver City: Columbia Pictures, 2014.

THE FAST and the Furious. Direção: Rob Cohen. Produção: Neal H. Moritz. California: Universal Pictures, 2001.

THE PUNISHER. Direção: Jonathan Hensleigh. Produção: Avi Arad, Gale Anne Hurd. Santa Monica: Lionsgate Films, 2004.

THE TERMINATOR. Direção: James Cameron. Produção: Gale Anne Hurd. Los Angeles: Orion Pictures, 1984.

THE TRANSPORTER. Direção: Cory Yuen. Produção: Luc Besson, Stephen Chasman. Saint-Denis: EuropaCorp, 2002.

THOR. Direção: Kenneth Branagh. Produção: Kevin Feige. Hollywood: Paramount Pictures, 2011.

TOTAL Recall. Direção: Paul Verhoeven. Produção: Buzz Feitshans e Ronald Shusett. Culver City: TriStar Pictures, Inc, 1990.

VERGUEIRO, Waldomiro. “A contribuição de Antonio Luiz Cagnin aos estudos sobre a linguagem dos quadrinhos no Brasil”. In: VERGUEIRO, Waldomiro; SANTOS, Roberto Elísio. A linguagem dos quadrinhos: estudos de estética, linguística e semiótica. São Paulo: Criativo, 2015.

WANTED. Direção: Timur Bekmambetov. Produção: Marc Platt, Jim Lemley, Et Al. California: Universal Pictures, 2008.

WIKEPEDIA. Wikepedia. One Man Army. [S.l.]. Wikepedia, 2021. Disponível em: https://en.wikipedia.org/wiki/One_Man_Army. Acesso em: 3 jun. 2023.

X-MEN. Direção: Bryan Singer. Produção: Lauren Shuler Donner, Ralph Winter. Los Angeles: 20th Century Studios, 2000.

XXX. Direção: Rob Cohen. Produção: Neal H. Moritz. Los Angeles: Revolution Studios, 2002.

Downloads

Publicado

01-12-2023

Como Citar

Garcia, Y. P. (2023). O universo das HQs como uma nova apropriação do gênero do cinema de ação. Animus. Revista Interamericana De Comunicação Midiática, 22(49). https://doi.org/10.5902/2175497763510

Edição

Seção

Artigos Livres