ANÁLISE CRÍTICA: UM ESTUDO DA CONVERSAÇÃO DO FANDOM DO GRUPO DE K-POP BTS NO TWITTER

Autores

  • Carlos Renan Samuel Sanchotene Universidade do Estado de Minas Gerais
  • Camila Almeida e Silva Universidade do Estado de Minas Gerais

DOI:

https://doi.org/10.5902/2175497744720

Palavras-chave:

Análise Crítica, Fandom, Twitter.

Resumo

Busca-se estudar de que forma ocorre a conversação entre o fandom brasileiro do grupo de k-pop BTS na rede social Twitter. A pesquisa enquadra-se na categoria de hashtag studies e seu processo metodológico foi realizado a partir da Análise Crítica (ROGERS, 2018), que busca identificar o engajamento nas redes sociais digitais a partir de métricas que se baseiam nas seguintes categorias: voz dominante, preocupação, comprometimento, posicionamento e alinhamento. Observou-se a conversação entre o fandom brasileiro tendo como base a análise da hashtag #ArmyHelpthePlanet impulsionada pelos fãs no segundo semestre de 2019. Constatou-se que o fandom utiliza o Twitter como uma rede que promove a informação, a divulgação de conteúdos e a interação entre os mesmos.

Biografia do Autor

Carlos Renan Samuel Sanchotene, Universidade do Estado de Minas Gerais

Pós-doutor em Comunicação pela UFSM. Doutor em Comunicação e Cultura Contemporâneas pela UFBA. Professor de Comunicação Social da UEMG.

Camila Almeida e Silva, Universidade do Estado de Minas Gerais

Bacharel em Jornalismo pela Universidade do Estado de Minas Gerais

Downloads

Publicado

2021-11-18

Como Citar

Samuel Sanchotene, C. R., & Almeida e Silva, C. (2021). ANÁLISE CRÍTICA: UM ESTUDO DA CONVERSAÇÃO DO FANDOM DO GRUPO DE K-POP BTS NO TWITTER. Animus. Revista Interamericana De Comunicação Midiática, 20(44). https://doi.org/10.5902/2175497744720

Edição

Seção

Artigos Livres