RELAÇÕES VIRTUAIS DE CONSUMO: PERSPECTIVAS DE DIREITOS NO E-COMMERCE

Vinicius de Souza Jensen, Vitor Hugo do Amaral Ferreira

Resumo


O presente estudo perfaz uma abordagem crítica em face às relações de consumo atuais e a forma como interagem com a tecnologia. Sabe-se que o comércio eletrônico é um fenômeno recente e crescente decorrente da tecnologia da informação que evolui a passos largos. Neste enfoque, busca-se suprir as lacunas legislativas do Código de Defesa do Consumidor (CDC) quanto ao consumo virtual e estender a proteção aos consumidores virtuais. Neste contexto, importante a abordagem quanto ao consumo via internet e as implicações decorrentes desse novo meio de consumir em contraste com os já conhecidos elementos característicos da relação de consumo presencial e os conceitos principiológicos aplicáveis ao comércio eletrônico. Em que pese analisa-se o Anteprojeto de Atualização do CDC que propõe mudanças a este, incluindo o comércio eletrônico e suas peculiaridades à extensão do código protetivo. Por fim, o tema é enfrentado a partir da análise do entendimento e posicionamento do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul diante das decisões exaradas sobre o comércio eletrônico e a aplicabilidade do CDC.

 

http://dx.doi.org/10.5902/231630546053


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5902/231630546053

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




 

REDESG - Revista Direitos Emergentes na Sociedade Global

Vinculada ao Programa de Pós-Graduação em Direito da Universidade Federal de Santa Maria - www.ufsm.br/ppgd

 

ISSN 2316-3054      Digital Object Identifier (DOI): 10.5902/23163054

www.ufsm.br/redesg www.facebook.com/redesg

 

 

 

 

Indexações:


Início