DESNATURALIZANDO O GÊNERO E A SEXUALIDADE

Bento Manoel Jesús

Resumo


A pretensão deste trabalho é analisar teoricamente uma questão que nas últimas décadas tem sido consideravelmente discutida nas ciências sociais: a concepção de que o gênero e a sexualidade são categorias socialmente construídas, ao invés de elementos essencialmente determinados por fatores biológicos ou psicológicos.  O objetivo do texto é discutir essa questão a partir de algumas ideias defendidas pelos estudos de gênero e sexualidade nas ciências sociais, pelo pensamento feminista e pela teoria queer, destacando principalmente os argumentos que alguns autores utilizam para explicitar o caráter social das referidas categorias, especialmente no que diz respeito a aspectos de manutenção e de transformação da ordem social.


Palavras-chave


Gênero; Sexualidade; Construção social

Texto completo:

PDF




 

Revista Sociais e Humanas (ISSN online 2317-1758)

Universidade Federal de Santa Maria | Centro de Ciências Sociais e Humanas

Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil.

E-mail: revistaccsh@gmail.com | Telefone: (55) 32208522


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.