NÍVEL DE CULPABILIDADE EM ADOLESCENTES EM CONFLITO COM A LEI

Amanda Gleiciane de Lima Oliveira, Landerson Carlos Martins de Souza, Tainá Maia Barros, Palloma Linhares Medeiros, Thatiane Maria Barboza da Silveira Batista, Ismael Ferreira da Costa, Camila Yamaoka Mariz Maia

Resumo


Resumo: Problemáticas voltadas ao adolescente autor de ato infracional são bastante recorrentes. Questões como perspectivas de vida, motivações e eficácia de medidas são deveras discutidas. Em uma nova perspectiva, contudo, o presente artigo objetiva esclarecer acerca do nível de culpabilidade desses jovens internos da medida prevista no 121° artigo do Estatuto da Criança e do adolescente. Para tanto utilizou-se de uma pesquisa de campo, descritiva, correlacional e quantitativa baseada na ESCA (Escala de Culpa Para Adolescentes) e em respostas proporcionadas por 80 internos. A partir das respostas obtidas e das análises estatísticas realizadas contatou-se uma forte ascensão positiva nos escores, dessa forma apresentando um alto nível de culpabilidade nos entrevistados e divergindo da literatura consulta.


Palavras-chave


Adolescente; Culpa; Adolescente Institucionalizado

Texto completo:

PDF

Referências


AQUINO, Thiago Antônio Avellar; MEDEIROS, Bruno. Escala de culpabilidade:

Construção e validação de construto. Aval. Psicol. Porto Alegre: vol.8, n.1, 2009.

BRASIL, Estatuto da criança e do adolescente: Lei federal nº 8069, de 13 de julho de

Rio de Janeiro: Imprensa Oficial, 2002.

CAMPOS, D. M. S. – Psicologia da Aprendizagem, 19º ed., Petrópolis: Vozes, 1986.

FEIJÓ, Maria Cristina; ASSIS, Simone Gonçalves. O contexto de exclusão e de vulnerabilidade de jovens infratores e de suas famílias. Estudos de Psicologia, Natal, v. 9, n. 1, 2004.

GUILHARDI, Hélio José. Análise comportamental do sentimento de culpa. Ciência do comportamento: conhecer e avançar, 2002.

HOLTGRAVES, Thomas. Social Desirability and the Interpretation of Uncertainty Terms in Self‐Report Questions. Applied Cognitive Psychology, v. 31, n. 6, 2017.

IRWIN, Charles E.; MILLSTEIN, Susan G. Biopsychosocial correlates of risk-taking behaviors during adolescence: Can the physician intervene?. Journal of Adolescent Health Care, 1986.

KOLLER, Silvia Helena; BERNARDES, Nara M G. Desenvolvimento moral pró- social: semelhanças e diferenças entre os modelos teóricos de Eisenberg e Kohlberg. 1997

LAPSLEY, Daniel K.; STEY, Paul C. Id, Ego, and Superego. Encyclopedia of Human Behavior, 2nd Edition. Ramachandran VS (ed): Elsevier, 2011.

LASKOSKI, Lorena Maria; NATIVIDADE, Jean Carlos; HUTZ, Claudio Simon. Development of Instruments to Assess Shame and Guilt in Adolescents: Empirical Differences Between the Constructs. Ribeirão Preto, 2013.

LIMA, Felipe Fernandes et al. Evidências de validade para as escalas de culpa e vergonha em uma amostra de estudantes universitários. Encontro: Revista de Psicologia, v. 16, n. 25, 2015.

LUCENA, Elis Formiga. Desenvolvimento e criminalidade: Um estudo do perfil de adolescentes em conflito com a lei penal internos no lar do garoto-pb. Campina Grande-PB, 2015.

MINISTÉRIO DA SAÚDE (BR); CONSELHO NACIONAL DE SAÚDE. Resolução nº 466, de 12 de dezembro de 2012. Diretrizes e normas regulamentadoras de pesquisas envolvendo seres humanos. Diário Oficial da União [da] República Federativa do Brasil, v. 150, n. 112, 2013.

MUNIZ, Adriano Sampáio. O adolescente infator. Universidade Federal de Santa Catarina, 2009,

PROENÇA, Cátia Sofia Reis. Práticas educativas parentais e comportamentos de risco na adolescência. 2018. Tese de Doutorado.

SÁ, Arthur Luiz Carvalho. As medidas socioeducativas do ECA e a reincidência da delinquência juvenil. 2009. 71 f. Monografia (Graduação) – Curso de Direito, Centro Universitário do Distrito Federal, Brasília, 2009.

SHAUGHNESSY, John J.; ZECHMEISTER, Eugene B.; ZECHMEISTER, Jeanne S. Metodologia de pesquisa em psicologia. AMGH Editora, 2012.

SANTOS, Andreia da Silva. Diferenças individuais na tendência para a vergonha e culpa: antecedentes motivacionais.2009. 100 f. Tese (Doutorado) - Curso de Psicologia, Universidade de Lisboa, Lisboa, 2009.

WINNICOTT, Donald W. Psicanálise do sentimento de culpa. ______. O ambiente e os processos de maturação: estudos sobre a teoria do desenvolvimento emocional. Porto Alegre: Artmed, 1983




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/2317175832516

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

 

Revista Sociais e Humanas (ISSN online 2317-1758)

Universidade Federal de Santa Maria | Centro de Ciências Sociais e Humanas

Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil.

E-mail: revistaccsh@gmail.com | Telefone: (55) 32208522


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.