A VIOLÊNCIA NAS RELAÇÕES AFETIVAS DE ADOLESCENTES: UMA REVISÃO SISTEMÁTICA

Joice Laine Carvalho, Marjane Bernardy Souza, Natasha Figueiró Souza

Resumo


O presente estudo se trata de uma revisão sistemática com objetivo de identificar as causas, as formas e o agressor da violência nas relações afetivas entre adolescentes. O levantamento foi realizado no banco de dados SciELO, utilizando publicações realizadas entre 2013 e setembro de 2017. Instituídos os critérios de inclusão: (a) artigo empírico; (b) com utilização de instrumentos para coleta de dados; (c) que assinalem as causas, as formas e o agressor, oito estudos foram analisados na íntegra. Os resultados apontam que a violência nos namoros entre adolescentes sofre incontestável influência de vivências agressivas prévias, normalmente, ligadas a pais, irmãos, amigos e relacionamentos anteriores. Nos artigos analisados, não há concordância absoluta acerca de prevalência de gênero do agressor, contudo os autores entendem que a violência reflete um padrão de continuidade do comportamento agressivo e, em diversas ocasiões, relacionada à violência psicológica. Portanto, para eliminar a prática da violência e sua reprodução, determinados padrões de comportamento instituídos em nossa sociedade deverão ser objetos de questionamento e constante reflexão.


Palavras-chave


Violência; Adolescência; Namoro

Texto completo:

PDF

Referências


ABERASTURY, Arminda et al. Adolescência. Trad. por Ruth Cabral. Porto Alegre, Artes Médicas, 2. Ed. 1983, 246p, 22cm.

ABREU, Thales Oliveira; SOUZA, Marjane Bernardy. A Influência da Internet nos Adolescentes com Ações Suicidas. Revista Sociais e Humanas, [S.l.], v. 30, n. 1, jun. 2017. ISSN 2317-1758. Disponível em: . Acesso em: 13 set. 2017. doi:http://dx.doi.org/10.5902/2317175825868.

BARREIRA, A., LIMA, M., & AVANCI, J. (2013). Coocorrência de violência física e psicológica entre adolescentes namorados do Recife, Brasil: Prevalência e fatores associados. Ciência e Saúde Coletiva, 18(1), 233-243. Recuperado de http://dx.doi.org/10.1590/S1413-81232013000100024

BARREIRA, A.; LIMA, M,; BIGRAS, M,; NAJAINE, K., ASSIS, S, G. Direcionalidade da Violência Física e Psicológica no Namoro entre Adolescentes do Recife, Brasil. Revista Brasileira de Epidemiologia. Vol. 17, nº 1, São Paulo, Jan/Mar. 2014 Disponível em .

BESERRA, M. A., LEITÃO, M. N. C., FERNANDES, M. I. D., SCATENA, L., VIDINHA, T. S. S., SILVA, L. M. P., FERRIANE, M. G. C. Prevalência de Violência no Namoro entre Adolescentes de Escolas Públicas de Recife/PE – Brasil. Disponível em: .

BESERRA, M. A., LEITÃO. M. N. C., FABIÃO. J. A. S. A. O., DIXE. M. A. C. R., VERÍSSIMO. C. M. F., FERRIANI. M. G. C., Prevalência e Características da Violência no Namoro entre Adolescentes Escolares de Portugal. Esc. Anna Nery 2016; 20(1):183-191 DOI: 10.5935/1414-8145.20160024

Brancaglioni. B. C. A., Fonseca. R. M. G. S, Violência por Parceiro Íntimo na Adolescência: uma análise de gênero e geração. Rev. Bras. Enferm. Vol. 69 nº5 Brasília Sept./Oct. 2016 http://dx.doi.org/10.1590/0034-7167-2016-0408

BRASIL, Ministério da Saúde. Impacto da violência na saúde dos brasileiros. Brasília: Ministério da Saúde; 2005. (Série B. Textos Básicos de Saúde).

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria Executiva. Coordenação da Saúde da Criança e do Adolescente. Programa Saúde do Adolescente. Bases Programáticas. 2a Edição. Brasília; Ministério da Saúde, 1996. p. 32.

CAMARGO, Orson. “Violência no Brasil, outro olhar.” Brasil Escola. Disponível em . Acesso em 29.08.17.

CECCHETTO. Fátima, OLIVEIRA. Q. B. M, NJAINE.K, MINAYO. M. C. S. Violências Percebidas por Homens Adolescentes na Interação Afetivo - Sexual em dez cidades brasileiras. Interfase (Botucatu), vol.20, nº59, Botucatu, Out./Dez. 2016 Epub 28-Jun-2016. Disponível em:. Acesso em 16-09-2017.

FÁVERO, M. H. (2010). Psicologia do Gênero: Psicobiografia, sociocultural e transformações. Curitiba: Editora UFPR.

Foshee, V., Reyes, H., Gottfredson. N., Chang. LY. & Ennet, S. (2013). A longitudinal examination of psychological, behavioral, academic, and relationship consequences of dating abuse victimization among a primarily rural sample of adolescentes. Jounarl of adolescente Health, 53(6), 723-729. Doi:http:/dx.doi.org/10.1016/j.jadohealth.2013.06.o16

LEITÃO, M. N. C. Violência nas Relações de Intimidade. Unidade de Investigação em Ciências da Saúde. Enfermagem Escola. Superior de Enfermagem de Coimbra-Plano de Atividades. Coimbra: 2013, p.25-42

MINAYO, Maria Cecilia de Souza (org). Amor e violência: um paradoxo das relações de namoro e do “ficar” entre jovens brasileiros. / organizado por Maria Cecilia de Souza Minayo, Simone Gonçalves de Assis e Kathie Njaine. – Rio de Janeiro: Editora Fiocruz, 2011. 236p. ISBN: 978-857541-212-1

MOURA, Leides Barroso Azevedo; De Oliveira, Cesar; VASCONCELOS, Ana Maria Nogales. Violências e Juventude em um território da Área Metropolitana de Brasília, Brasília uma abordagem socioespacial. Revista Ciência & Saúde Coletiva, v.20, n.11, 2015.

OLIVEIRA, Q. B. M, ASSIS S. G, NJAINE K, PIRES T. O. Namoro na adolescência no Brasil: Circularidade da Violência Psicológica nos diferentes contextos relacionais. Ciência Saúde Coletiva, 28/02/2013.

OLIVEIRA Q. B. M, ASSIS S. G, NJAINE K, Pires T. O. Violência Física Perpetrada por Ciúmes no Namoro de Adolescentes: Um recorte de Gênero em Dez Capitais Brasileiras. Disponível em: Acesso em 16.09.17.

WAISELFISZ, J J. Mapa da Violência 2013: Homicídios e Juventude no Brasil. Rio de Janeiro; 2013.

WAISELFISZ, J J. Mapa da violência 2012: Crianças e Adolescentes do Brasil. Rio de Janeiro: Flacso Brasil; 2012.




DOI: https://doi.org/10.5902/2317175831406



 

Revista Sociais e Humanas (ISSN online 2317-1758)

Universidade Federal de Santa Maria | Centro de Ciências Sociais e Humanas

Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil.

E-mail: revistaccsh@gmail.com | Telefone: (55) 32208522


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.