AVALIAÇÃO DE T&D: ANÁLISE DE UM CURSO DE CAPACITAÇÃO A PARTIR DA PERCEPÇÃO DOS PARTICIPANTES EM UMA INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR PÚBLICA

Gessica Lovato Sório, Naira Teresinha Kaus, Patrícia Nunes Pezzini, Ana Amélia Zwicker, Luis Carlos Zucatto

Resumo


O objetivo do artigo foi avaliar os resultados de um curso de capacitação em Metodologia da Pesquisa, realizado na modalidade a distância, a partir da percepção dos participantes, ofertado pela por uma Instituição Pública de Ensino Superior nos anos de 2015 e 2016 aos servidores docentes e técnico-administrativos em educação. A avaliação foi realizada por meio de uma análise dos documentos referentes ao curso, tais como projetos e relatórios, bem como pelo resultado da Avaliação de Reação aplicada ao final de cada turma com os concluintes. Os resultados sugerem que o curso foi efetivo e gerou benefícios para os servidores capacitados e para a Instituição. Por fim, foi possível identificar algumas oportunidades de melhoria e apresentar recomendações para o aperfeiçoamento das próximas edições do curso.


Palavras-chave


Treinamento e Desenvolvimento; Avaliação de Treinamento; Avaliação de Reação.

Texto completo:

PDF

Referências


ABBAD, G. Um modelo integrado de avaliação do impacto do treinamento no trabalho - IMPACT. 1999. Tese (Doutorado) - Instituto de Psicologia, Universidade de Brasília. Brasília, 1999.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO/ABTD. Manual de treinamento e desenvolvimento. 3. ed. São Paulo, SP: Makron Books, 1999

BRASIL. Decreto n. 2.794, de 1º de outubro de 1998. Institui a Política Nacional de Capacitação dos Servidores para a Administração Pública Federal direta, autárquica e fundacional e dá outras providências. Diário Oficial (da República Federativa do Brasil), Brasília, DF, 1998.

_______. Decreto n. 5.707, de 23 de fevereiro de 2006. Institui a Política e as Diretrizes para o Desenvolvimento de Pessoal da administração pública federal direta, autárquica e fundacional, e regulamenta dispositivos da Lei no 8.112, de 11 de dezembro de 1990. Diário Oficial (da República Federativa do Brasil), Brasília, DF, 24 de fev. 2006.

_______. Lei n. 11.091, de 12 de janeiro de 2005. Dispõe sobre a estruturação do Plano de Carreira dos Cargos Técnico-Administrativos em Educação, no âmbito das Instituições Federais de Ensino vinculadas ao Ministério da Educação, e dá outras providências. Diário Oficial (da República Federativa do Brasil), Brasília, DF, 13 jan. 2005.

CONTE, B. P.; CORONEL, D. A., BENDER FILHO, R. Análise de eficiência dos cursos a distância da Universidade Federal de Santa Maria (2011-2014). Revista Observatorio de la Economía Latinoamericana, Brasil, Fev/2016. Disponível em: . Acesso em: 14 dez. 2016.

DIAS, R.; MATOS, F. Políticas públicas: princípios, propósitos e processos. São Paulo: Atlas, 2012.

FORTUNA, A. D. M. C. Avaliação do impacto da pós-graduação no trabalho em uma instituição pública federal – CNPQ. 2016. Dissertação (Mestrado em Educação em Ciências). Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Porto Alegre, 2016.

HAMBLIN, A. C. Avaliação e controle de treinamento. São Paul: McGraw-Hill, 1978.

KANAANE, R.; ORTIGOSO, S. A. F. Manual de Treinamento e Desenvolvimento do Potencial Humano. São Paulo: Atlas, 2001.

KIRKPATRICK, D. L. Evaluation of training. In: CRAIG, R. L. Training and development handbook. 2. p. 18.1-18.27. Ed. New York: McGraw-Hill, 1976.

KIRKPATRICK, D. L.; KIRKPATRICK, J. D. Como Implementar Os Quatro Níveis de Avaliação de Treinamento de Equipes. Rio de Janeiro: Editora Senac, 2010.

MAGALHÃES, E. M. Política de treinamento dos servidores técnico-administrativos na Universidade Federal de Viçosa na percepção dos treinados e dos dirigentes da instituição. Dissertação (Mestrado em Administração) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2007.

MARRAS, J. P. Administração de Pessoal: do operacional ao estratégico. 3 ed. São Paulo: Futura, 2000.

MATIAS-PEREIRA, J. Manual de metodologia da pesquisa cientifica. 3. ed. – São Paulo: Atlas, 2012.

MATTAR, J. Tutoria e interação em educação a distância. São Paulo: Cengage Learning, 2012.

MOORE, M. G.; KEARSLEY, G. Educação a distância: uma visão integrada. São Paulo: Cengage Learning, 2007.

MORAES, M. C. (Org). Educação a distância: fundamentos e práticas. Campinas, SP: Unicamp / Nied, 2002.

NUNES, I. B. Noções de educação a distância. Revista Educação a Distância, Brasília, n. 4/5, p. 7-25, dez./abr. 1993-1994.

PACHECO, R. S. Política de recursos humanos para a reforma gerencial: realizações do período 1995-2002. Revista do Serviço Público, v. 53, n. 4, out./dez 2002.

PRADO, M. E. B. B.; VALENTE, J. A. A educação à distância possibilitando a formação do professor com base no ciclo da prática pedagógica. In: MORAES, M. C. (Org.). Educação à distância: fundamentos e práticas. Campinas: Unicamp/Nied, 2002. p. 27-50.

PROCOPIUCK, M. Políticas públicas e fundamentos da administração pública: análise e avaliação, governança e redes de políticas, administração judiciária. Atlas, 03/2013.

RIBEIRO, C.F.; HIRANO, F. W. P. Educação a distância. Revista Científica da AJES, v.2, n.5, p.1-19, 2011. Disponível em: . Acesso em: 26 nov. 2016.

SECCHI, L. Políticas públicas: conceitos, esquemas de análise, casos práticos. 2. ed. . São Paulo: Cengage Learning, 2013.

SPECTOR, P. E. Psicologia nas organizações. 2 ed. São Paulo, SP : Saraiva, 2006.

TERABE, C. P. A. R.; BERGUE, S. T. Gestão Estratégica de Pessoas como Política Pública: Estudo de Caso no Ministério da Ciência e Tecnologia. Caderno Estudos em gestão de pessoas no serviço público - Brasília: ENAP, 2014.




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/2317175829818

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

 

Revista Sociais e Humanas (ISSN online 2317-1758)

Universidade Federal de Santa Maria | Centro de Ciências Sociais e Humanas

Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil.

E-mail: revistaccsh@gmail.com | Telefone: (55) 32208522


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.