A Hora Cívica nas Escolas e o Dilema de Ser Brasileiro

Mauro Gaglietti

Resumo


O artigo apresenta alguns aspectos em torno dos quais são evidenciados o dilema de ser brasileiro. Para tanto, são observados os sentimentos ambivalentes presentes nas comemorações das datas cívicas. Em primeiro lugar analisa o sentimento coletivo de ilegitimidade de ser brasileiro tendo referencia a mestiçagem. Em segundo lugar, mostra como o parâmetro historiográfico hegemônico prioriza as guerras em detrimento de outros marcos de enorme significado para as populações da América Latina. Em seguida são apresentados os significados dos feriados nacionais em contraposição ao cotidiano. Por fim, apresentam-se sugestões para redescobrir o Brasil em sala de aula, tendo como foco central as músicas de Caetano Veloso.


Palavras-chave


Datas cívicas; Brasil; Cultura

Texto completo:

PDF




 

Revista Sociais e Humanas (ISSN online 2317-1758)

Universidade Federal de Santa Maria | Centro de Ciências Sociais e Humanas

Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil.

E-mail: revistaccsh@gmail.com | Telefone: (55) 32208522


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.